quarta-feira, dezembro 28, 2016

Ciao!!!!



Dependendo do dia, sou o pior ser humano para fazer escolhas.  De arrumar a mala a definir o que entra nas listas de melhores do ano. Fico querendo colocar tudo e mais um pouco que estiver ao alcance dos olhos.


Mesmo fazendo a seleção ao longo do ano, não consegui fechar como uma "lista normal", com uma escolha por posição. Até que me manquei de que a lista é minha, então eu estou livre pra fazer o que bem entender, uai! 

Enfim, vocês vão ver – e entender – a minha sofrência, já que dei a sorte de encontrar e ler muitas boas histórias neste ano!

Começando pelas tradicionais menções honrosas: Sorria, você está sendo iluminado!, Felipe Guga; Enquanto Bela Dormia, Elizabeth Blackwell; A maleta da sra. Sinclair, Louise Walters; Vamos Juntas?, Babi Souza; As relações perigosas, Choderlos de Laclos; Apenas um garoto, Bill Konigsberg; Clube da Meia-Noite, Marianna Leão; As letras dos Beatles, Hunter Davies; Renato Russo: o filho da revolução, Carlos Marcelo; O voo da Bailarina, Michaela DePrince, Editora BestSeller; Um amor, um café & Nova York 2, Augusto Alvarenga; Confissões de uma garota excluída, mal-humorada e (um pouco) dramática; A Rebelde do Deserto, Alwyn Hamilton, Editora Seguinte. 

Vamos à lista (ou algo vagamente parecido com uma)?



16 – Movido pela maré (Bertrand Brasil) e Um novo amanhã (Arqueiro), Nora Roberts
Bonito, doído, cru, mal, sincero, confuso, paixão, amor, família, amante à moda antiga. Nora fazendo a festa e a gente se divertindo com isso. Vai perder? 


15 – O Chamado do Cuco, Robert Galbraith,  Editora Rocco:
A contestação da morte de uma supermodelo foi o ponto de partida do romance policial que prendeu a minha atenção. Sim, pretendo ler as sequências o quanto antes!
 



14 – Quando o amor bater à sua porta, Samantha Holtz, Editora Arqueiro
Para acreditar que o amor chega a qualquer momento e vira tudo do avesso, para que finalmente tudo e todos encontrem seus lugares. 

13 - Magnus Chase e os deuses de Asgard: A espada do verão, Rick Riordan, Intrínseca e O Evangelho de Loki, Joanne M. Harris, Bertrand Brasil 
Seja na jornada de Magnus Chase ou narrando a versão dele da história desde o início ao Ragnarök, se tem Loki, é garantia de diversão (pra gente que não é alvo dele)


12 – O gerente noturno, John Le Carré, Record
Acabou com as minhas unhas mas valeu a pena cada minuto! Agora sim posso ver a minissérie! (Sim, não vi até agora. Culpa da minha nada mole vida!!!)


11 Encantada por Você, A.C.Meyer, Universo dos Livros:
É o representante da série After Dark porque encerra a jornada dos personagens com os quais você se encanta e se apaixona no primeiro livro!


10 – O Garoto quase atropelado, Vinicius Grossos, Faro Editorial 
Mais que um livro, uma experiência. Aliás, eu recomendo – os dois. Pode ajudar você também.


09 – Indomável Sofia, Georgette Heyer, Record
Detalhe: heroína assertiva, proativa e independente de uma trama do século 19 em um livro escrito na década de 1950.  É pra muita protagonista pamonha e panguá chorar de vergonha por existir.





08 – Um beijo inesquecível e A caminho do altar, Julia Quinn & Ligeiramente Pecaminosos e Ligeiramente Maliciosos, Mary Balogh  Editora Arqueiro
Os caçulas dos Bridgertons e dos Bedwyns não ficariam de fora desta lista, né? A independente Hyacinth e o romântico Gregory vieram reforçar o meu amor por tudo ligado à família deles. Depois das desventuras e aventuras de Morgan e Alleyne, estou mais ansiosa ainda para comprovar que bate um coração no peito do Wulfric Bedwyn!



07 – A Sombra do Passado e A Transformação de Raven, Sylvain Reynard Editora Arqueiro 
Sim, não gosto de história de vampiros, mas o Príncipe é de uma complexidade que encanta e
não consigo parar de ler a série Noites em Florença

06 – Mentira Perfeita, Carina Rissi, Verus
Marcus e Julia vão embarcar em uma jornada de onde sairão pessoas melhores, porque a aparência não os define, que estão longe de serem perfeitos e que isso os torna atraentes. 



05 – Pecados no Inverno, Lisa Kleypas & Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, Sarah MacLean, Editora Arqueiro (Quatro Estações do Amor #3)
Sim, Era uma vez no Outono e Dez formas de fazer um coração se derreter são muito bons, mas eu amo profundamente patinhos feios e anti-heróis, o par inusitado que tanto Lisa quanto Sarah reuniram neste livro. A lição? Qualquer pessoa é muito mais que aparenta.


04 – Corte de Espinhos e Rosas, Sarah J. Maas, da Galera Record:
Eu queria muito ler este livro e não me decepcionei. Tem amor, tem aventura, tem suspense. Tem beleza. Tem maldade. Uma história que te captura até o fim. 


03 – O menino feito de blocos, Keith Stuart, Record:
E quando achei que a lista estava fechada, surpresa! A jornada de um pai para entender a forma como o filho diagnosticado no espectro do autismo vê o mundo é linda, emocionante, singela, verdadeira. Imperdível.




02 – As Sete Irmãs; A Irmã da Tempestade; A Irmã da Sombra, Lucinda Riley, Editora Arqueiro​:
Perfeitos e emocionantes, me permitiram o dilema de não conseguir eleger um favorito numa série onde todos os livros são ótimos à sua maneira.

Lembram o que disse que não consigo escolher um por posição? Então...

01 – EMPATE ENTRE SEIS LIVROS. Simples assim.
(Colocados aqui em ordem de leitura)







A Garota Dinamarquesa, David Ebershoff, Fábrica 231
Bonito, sensível, intenso, confuso, instigante, emocionante. É ficção, mas foi real para Lili e é real para muitas pessoas por aí neste mundo, vasto mundo.











O amor nos tempos do ouro, Marina Carvalho, GloboAlt:
Sim, teve
A Menina dos Olhos Molhados, mas O amor nos tempos do ouro é uma pérola. Todo o cuidado, o respeito, o desvelo quase artesanal nos mínimos detalhes fazem o amor de Céci e Fernão ser o ouro que enriquece quem lê e que não vou hesitar em recomendar a todo mundo. 





 


1 + 1 = A Matemática do Amor, Augusto Alvarenga e Vinícius Grossos, Faro Editorial:
Apaixonei antes do fim da segunda linha da sinopse. É o que eu sempre fico rezando aos céus pra ler, agradeço profundamente quando minhas preces são atendidas e depois indico para todo mundo: pegue e leia. Não vai se arrepender.




 





Veneno, Mia Sheridan, Editora Arqueiro (Signos do Amor #3): Mia era certeza na lista, porque teve O leão ferido, mas eu sabia que ela faria a história perfeita inspirada por Escorpião! Fugindo das saídas fáceis, mostrou as diferentes camadas de Carson, um homem que não teve medo de se transformar em alguém melhor e nos fez apaixonar irremediavelmente por ele. Sorte de Grace.










O ar que ele respira, Brittainy C. Cherry, Editora Record:
Não consegui parar de ler e até levei um susto quando o livro acabou. Porque é muito bom. É bom demais. É de uma sinceridade, simplicidade, delicadeza e cru ao detalhar como as pessoas lidam (ou não) diante de perdas precoces e traumáticas e como aprendem a viver novamente após isso.




  






A livraria mágica de Paris, Nina George, Editora Record
Ainda não consigo explicar com objetividade o que foi ler este livro. Despertou uma gama de sensações e por isso recomendo a qualquer um a jornada de um homem perdido, que ganhou companhia, reviravoltas e novos capítulos na própria vida.











Ufa! Quer saber o que vem pela frente?
Não perca amanhã: os Melhores Livros de Banca!
Na sexta-feira: As Melhores Heroínas de 2016!
E no sábado, na saideira de 2016, a esperada Top Piriguetagem 2016!!!

Bacci!!!

Beta
Reações:

9 comentários :

  1. Vamos lá - senta que lá vem história... kkkkk
    Adorei a seleção de livros, mas se a fizesse com toda a certeza, não entraria Pecados no Inverno, amo a Lisa Kleypas, não me entenda mal, mas esse foi o pior livro que li dela nos últimos tempos - Muita raiva da Annabelle.
    Nove Regras - é muito legal, mas com certeza teria Loretta Chase na minha escolha em vez da Sarah... kkkk... Não me entenda mal,novamente, o livro é bom, mas puts! A Loretta ainda é minha queridinha no quesito balançar as emoções... kkkkk
    Amei saber que mais alguém gostou dos dois livros de Noites em Florença - Amo o William, anjo vingador e vampiro sexy ♥
    Mary Balogh é genial também, ainda não li o Ligeiramente Pecaminosos, amei Ligeiramente Seduzidos ♥ Mas meu melhor ainda é Ligeiramente Escandalosos (Sim, ele está nos meus favoritos de 2015 - Amo o temperamento da Freyja)
    E quero muito, mas muito mesmo, ler Indomável Sofia e o Ar que ele Respira ♥

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  2. Olá
    É mesmo dificil fazer lista dos melhores, sofri fazendo a minha, e muito livro bom acabou de fora.
    Das suas leituras ainda não tive o prazer de ler nehuma, mas tem várias na lista, como o Chamado do Cuco e Garota Dinamarquesa

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Quantos livros maravilhosos hein!!
    Alguns já estavam na minha lista de desejos/leituras, porém anotei mais algumas dicas rsrs
    Os dois que mais quero ler que você citou aqui são O ar que ele respira e Veneno!!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. É, bem que você avisou que a lista ia ser um pouquinho diferente do esperado, mas como você bem disse, a lista é sua e você faz o que quiser, rsrsrs. Também sou assim algumas vezes.
    É tanto livro que temos em comum que nem sei por qual começar.
    Que alegria ver esses romances de época aí, já li a maioria. E que bom ver O voo da bailarina sendo citado, gostei demais dele.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo ver O Chamado do Cuco na sua seleção :D Eu amooo essa série, e espero que você leia logo e goste também das sequências :) Também li Nove Regras ano passado e adorei!! A Cal foi uma das personagens mais legais de 2016. Quero MUITO ler Veneno e A Livraria Mágica de Paris. E várias dicas foram anotadas <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Beta,
    O Chamado do Cuco é um livro que já coloquei em minhas metas de compra para a Bienal do Ceará. Adoro o enredo envolvendo os personagens. Tantos livros bons nesta lista, que vou anotar.

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Menina como você conseguiu fazer essa lista? Sério, eu não tenho capacidade de fazer uma lista dos meus livros lidos porque vai ter tanto empate que os 35 livros que li em 2016, no mínimo uns 30 vão aparecer na lista! Eu não tenho capacidade de escolha nenhuma!
    Mas adorei a sua lista, tem vários dela que eu li e colocaria na minha junto com outros tantos!

    Talita - Viciados em Leitura

    ResponderExcluir
  8. Oi Beta, sua linda, tudo bem?
    É muito difícil escolher entre tantos. Da sua lista os que li e como você gostei muito de Apenas um garoto e Confissões de Uma Garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, os três livros da série das Sete Irmãs, Pecados no Inverno. Sou louca pela série After Dark, a autora é minha Diva Literária. Você escolheu tantos livros bons, que fica difícil não querer todos. Mas vou destacar um deles: Corte de Espinhos e Rosas, não vi nenhuma resenha que diga menos do que maravilhoso. Adorei essa premiação!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?

    Eu também já fiz minha lista e escolhi 14 livros, haha, e foi muito difícil escolher 14 de 140 lidos, foi um ano de boas leituras. Da sua lista tenho vontade de ler O menino feito de blocos, pois me interesso pela temática, já li vários livros sobre autismo e quero ver se este surpreende também. Feliz 2017.

    beijos

    ResponderExcluir