domingo, janeiro 06, 2013


Ciao!!!



Neste mês, excepcionalmente, consegui ler os dois livros selecionados para a Maratonade Banca. A meta para abrir 2013, era livro com a palavra AMOR no título. Encontrei aqui em casa um livro da Rebecca Winters, autora que gosto, sobre o qual falei no post dos Lançamentos da Harlequin em setembro de 2011. E temos um título que tem muito a ver com a história!

Amor Perdido – Rebecca Winters – Harlequin Special 53 (Paraísos do Amor)
(The Greek’s long-lost son – 2009 – Mills & Boon Romance)
Personagens: Stella Athas e Theo Panteras

Parecia cena digna de pesadelo: o ex-namorado, que a abandonara na igreja, ressurgia na vida de Stella, exigindo reencontrá-la e o direito de conhecer o próprio filho. Pelo bem do menino, ela aceitou o reencontro, com todas as reservas possíveis. Theo queria a família que foi arrancada dele anos antes, mas precisava convencer Stella de suas boas intenções. E os motivos que os separaram antes ainda poderiam interferir e causar mais sofrimento. Quem disse que as coisas que realmente importam na vida são fáceis de conseguir?

Comentário:

- Theo e Stella se apaixonaram perdidamente quando eram jovens. Ela era de família rica e poderosa. Ele era pobre, mas disposto a trabalhar para abrir o próprio caminho. No entanto, Theo não apareceu no dia em que combinaram de se casar. Chateada por ter sido abandonada, Stella se muda para Nova York, onde teve o filho que estava esperando e se tornou uma mulher independente, trabalhando e cuidando de Ari.
Seis anos depois, durante uma visita à terra natal, recebe uma carta de Theo, agora supermilionário, estabelecido na vida e com condições de brigar, exigindo reencontrá-la para ter o direito de conhecer o filho.

- Ok, quem já é “velha de guerra” deduz por que eles se separaram e, imediatamente, tira um mundo de conclusões. Pois bem, algumas até vão estar certas, mas não do jeito que vocês estão imaginando. Rebecca Winters tem mãos ótimas para o drama – já li outros livros dela desse mesmo estilo. Ela gosta de lidar com crises familiares – neste caso, uma família que não se formou por uma interferência brutal. E, ao contrário de outros livros onde o “grego/italiano” em questão adotaria uma versão MMA do “entra na minha casa, entra na minha vida”, Theo deixa claro que não é a primeira opção dele. Por ter uma consciência de vários fatores envolvidos, Theo acredita que precisa se aproximar do filho e reaproximar da namorada de adolescência com tranquilidade, com calma, mas com firmeza. Ele é o pai que quer conhecer o filho e assumir a família que deveria ter sido dele. E, agora, com possibilidade de se impor contra quem não concorda com isso. É o recomeço de um processo que não terá fim. Não é uma história fácil, não é uma história fofa, mas é uma história que, guardadas as devidas proporções, pode estar acontecendo aí na vida real.

- Este é um livro da série Paraísos do Amor (lá fora faz parte da série Escape around the World) e, como disse antes, tem uma capa linda – do tipo “hum, queria taaaaanto estar ali!!!” (pelo conjunto da obra: cenário + companhia do moço bonito). A Rebecca Winters foi responsável por um grego inesquecível – no bom sentido (Raios de Sol). Então, nada como arriscar, só pela esperança de ela ter mantido essa boa linha de grego “normal”.

- Outros links: Goodreads; FictionDB; Fantastic Fiction e outros livros da autora no Literatura de Mulherzinha.

Bacci!!!

Beta
Reações:

4 comentários :

  1. Oi, Beta!!!

    Finalmente você conseguiu ler esse livro!!!!

    Adorei ele, embora tenha ficado muito irada com o que fizeram com o casal... Danos irreparáveis...

    Realmente, ela segue a linha grego normal de Raios de Sol (sem esquecer o italiano normal de "Nosso Amor" continuação de Raios de Sol, lembra?) e cria uma história que não é fácil, mas é muito bem trabalhada.

    Altamente recomendado. Se é Rebecca Winters, me atrevo a dizer que se pode ler sem susto! kkkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Uma maldade muito grande foi feita contra esse casal para que não houvesse matrimônio como havia sido planejado, correto ? Oh, mais uma anotação de compra !

    ResponderExcluir
  3. Aww, quero ler! Já vai pra listinha de desejados!

    bjos!

    ResponderExcluir
  4. É uma estória bonitinha, mas sem grandes emoções, muito parada só narrando o reencontro de pai e filho, quase não teve romance entre o casal, no geral conteúdo bem fraquinho. Nem parece livro da Rebecca Winters que normalmente são mais intensos!

    ResponderExcluir