sábado, janeiro 07, 2012

Ciao!!!






Sim, eu me apaixonei pela capa. Disse isso no post sobre os lançamentos de dezembro da Harlequin Brasil. Inspirada pelo tema de abertura (ou pela versão debochada que o Casseta & Planeta fazia dele) de Caminho das Índias, fiquei muito curiosa sobre o livro. Some o fato de eu ser uma viajante frustrada: adoraria viajar, mas falta dinheiro e superar a fobia de ficar trancada horas em qualquer meio de transporte (o que basicamente causa sustos no desembarque: ao invés de me contrar, a pessoa recebe um genérico da Fiona)!!! Então, enquanto isso, viajo através dos livros :D

Um sonho de amor – Nicola Marsh – Harlequin Special 59 (Paraísos do Amor)
(A trip with the tycoon – 2009 – Mills & Boon Romance)
Personagens: Tamara Rayne e Ethan Books

Finalmente Tamara estava pronta para romper o marasmo em que estava vivendo. Era hora de recomeçar, de voltar a ter uma vida: o que incluía trabalhar e realizar uma jornada de redescobrimento de si mesma. Para isso, era necessário realizar um sonho antigo – e agora, um tanto incompleto: viajar até a Índia e entrar em contato com suas raízes indianas. Ela só não contava que teria uma companhia que se convidou: Ethan, o milionário amigo de seu falecido marido. Ele era lindo e charmoso como um pirata, despertava sentimentos que ela pensava não ser mais capaz de ter. No entanto, Tamara poderia arriscar?

Comentários:

- Tamara era uma mulher na fronteira: meio australiana, meio indiana. Uma viúva que tinha sido anulada pelo finado marido (que o inferno o tenha em péssimo lugar) e que demorou para encontrar forças para romper a redoma onde foi confinada (e se confirnou). E com a perda da mãe, não tinha mais ninguém. Por isso, a viagem à Índia, um projeto das duas, era uma forma de iniciar este resgate de si mesma.

- Tamara estava tão imersa em si mesma que não percebeu que há muito tempo Ethan estava de olho nela. Só a respeitou porque ela era casada com o chefs do principal restaurante dele. Agora ela estava viúva e por que não investir em algo – que, de preferência, não fosse duradouro. Algo que pessoas adultas e sensatas pudessem ter sem se comprometer. Nem que, para isso, ele ficasse um tempo longe do trabalho e fosse atrás dela na viagem à Índia (com a desculpa de estar ali a trabalho). A companhia constante poderia ajudá-lo nesta empreitada.

- Claro que a viagem se revela muito mais do que Tamara e Ethan esperavam. Além de descobrirem as cores, os sabores e as imagens de um país – que estava no DNA de Tamara e era um ambiente desconhecido para Ethan. A sedução entre eles se torna mais que um jogo, é quase uma necessidade tão atrativa quanto assustadora. Portanto, acompanhamos uma relação que se constrói – em muitos momentos, à revelia dos dois, ainda presos às dúvidas e medos. Mas é uma história bonita, sobre um homem e uma mulher que não têm a real noção do que querem, ainda não se libertaram das amarras e traumas do passado e temem dar aquele passo rumo a algo que pode ser o melhor das suas vidas. Pode ser que esteja em um dia meloso, mas achei a história tão bonita que não hesito em recomendar.

- Adoro visitar o site da Nicola Marsh, porque ela dá detalhes de bastidores... Por exemplo: o livro foi indicado pelo RT Reviewers’ Choice Award como finalista a Best Harlequin Romance 2009. Outro exemplo? Ela conta que recebeu as seguintes recomendações do editor: a história deveria acontecer na Índia e em Melbourne e um ou os dois protagonistas deveria ser Indiano. A partir daí, era por conta dela. E o mais legal: ela sempre revela as inspirações para os personagens. Sabe quem ela imagina como Tamara? E adivinha quem foi a inspiração da autora para o papel do Ethan? Ok, não vou falar. Visitem a página do livro no site da autora (devo dizer que vi a inspiração antes de ler o livro e posso garantir que combina perfeitamente kkk).

- Ah, o livro também foi publicado na coletânea Destination: Summer Weddings! com histórias da Lucy Gordon (And the bride wore red) e da Jessica Hart (Honeymoon With The Boss – Cenário de Sedução).

- Ah, caso queira saber mais sobre o Taj Mahal, um dos cenários do livro (tanto que está presente na capa):
visite o site oficial, ou leia mais sobre ele aqui e aqui.

E o livro ainda veio com uma história de presente! Mais perto do céu, da Rebecca Winters. Em breve no LdM!

Bacci!!!

Beta

ps.: Este livro abre o fim de semana da Índia no Literatura de Mulherzinha. Inté manhã!!! :D
Reações:

6 comentários :

  1. A capa é encantadora mesmo, e a história parece boa também. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Oh, mas que personagem masculino principal safado sem-vergonha !!! Não bastava ela ter ficado viúva embotada de um chef maldito que deveria queimar pelo inferno como nossa anfitriã escorpiana descreveu ?! Ele tinha de querer tirar uma casquinha muito íntima dessa mulher sem comprometer-se justamente quando ela estava tentando reencontrar-se para reequilibrar-se, principalmente após perder sua mãe ?! Tudo com aquela justificativa egoísta e fominha masculina de "podemos divertir-nos como adultos sem problemas porque somos adultos para esfregar-nos sem envolver-nos um com outro" ???!!! BAH !!! Mas que sujeito desgraçado !!! Tomara que ponham sal grosso em seu chá !!! Eu fui fã, sendo fã ainda, dessa capa maravilhosa com Taj Mahal ao fundo, diga-se de passagem !!!

    ResponderExcluir
  3. Noosssaaa!!! Que revolta é essa, Sil? A Beta me deixou com vontade de ler pelo lado positivo e agora você me deixou com mais vontade de ler ainda para saber se o mocinho vai pro céu ou pras profundezas... kkkkk

    Esse livro tá lá em casa, esperando na fila, pois meti na cabeça que acabo com uma série da Madeline Hunter antes da primeira quinzena de janeiro e são 4 livros!

    Já devorei 3 e o 4º não passa dessa semana! kkkk É a série Rothwell Brothers, que a Tonks resenhou no blog dela e me deixou tão doida que encomendei os livros pelo Wook, lá de Portugal! Mas estão valendo a pena cada centavinho!!! kkkkk

    Bem, tão logo eu terminar de ler as histórias dessa família incomum, vou atacar o livro da Nicola Marsh e dar meu veredito. Gostei das inspirações da autora. Vou considerá-las durante a leitura.

    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  4. Thank you, this is one of my favourite books I've written.

    If you enjoyed the setting, I have another set in India, BUSTED IN BOLLYWOOD, a mainstream contemporary romance/romantic comedy/chicklit/women's fiction novel. (released in December 2011, with Entangled Publishing.)

    There is more information on my website, similar to the inspirations you saw for A Trip with the Tycoon.

    ResponderExcluir
  5. Gente, é isso mesmo que eu li aí em cima? A própria comentou no blog da Beta?!

    Ela está agradecendo e dizendo que foi um dos livros que ela mais gostou de escrever e que se a gente gostou, ela avisa que escreveu outro livro ambientado na Índia. Quando será que vai chegar aqui?

    Também nos remete ao site dela, onde há informações.

    Uau!!! Beta, tá podendo, hein???!!!! Parabéns e desculpe ter me metido e feito a traduçãozinha, mas achei que seria útil.

    Assim que acabar os Pecados de Lord Easterbrook vou passar esse na frente da fila para poder comentar melhor.

    Beijos!!!!

    PS.: Dá-lhe, Beta!!!!

    ResponderExcluir
  6. Ah, Andrea, esse post de Beta foi tão espontâneo e interessante e simpático que eu fiquei com raiva desse sujeito sem sequer ter lido esse romance porque não gostei nadinha daquelas razões que ele tinha para ir atormentar aquela mulher. Além de que ele está em frente àquela maravilha arquitetônica que é Taj Mahal, para onde eu nunca fui fazer uma visitinha, porém ele tem essas idéias imbecis naquela cabeça oca naquele lugar lindo, o que foi um sacrilégio !!!

    ResponderExcluir