sábado, maio 27, 2017

Ciao!!! 


Gente, este livro quase me enganou. Por um momento, imaginei que ele iria destoar da premissa que notei nos livros anteriores. Mas ele tem algumas coisinhas diferentes, sim.

O Jogo – Elle Kennedy – Paralela (Amores Improváveis 3)
(The Score: An Off-Campus Novel – 2016)
Personagens: Allie Hayes e Dean di Laurentis

Allie estava lidando com o rompimento definitivo com o ex-namorado. Por decisão dela após se convencer de que não teriam futuro juntos. E para fugir de Sean, ela se escondeu na casa onde moravam os jogadores do time de hóquei – por tabela, interrompeu uma das atividades favoritas de Dean di Laurentis. O pegador oficial, o cara que parece não ligar para nada surge como o ombro (e mais outras coisas) amigo para ajudar a garota que só sabia namorar a superar o rompimento. Com um relacionamento fadado a dar errado, só restava esperar para saber como o previsível iria acontecer.

Comentários:

- Uma das coisinhas diferentes: ao contrário dos anteriores, onde o casal me ganhou de cara, aqui tinha algo que não dava liga. Passei boa parte do livro com a quase certeza de que os dois estavam juntos por razões erradas, mas não conseguia entender o lado dele no descompasso, só conseguia enxergar as razões dela – que se sentia desconfortável com uma relação descompromissada, baseada no sexo casual e, ao mesmo tempo, não conseguia conter a atração pelo Dean.

- Aliás, o jogador de hóquei parecia não ter preocupação com nada – jogava por prazer e não tinha ambição em seguir carreira no esporte porque iria fazer Direito em Harvard, como o irmão e os pais. Ele tinha dinheiro de sobra, uma família feliz que teve pais que soube criar os filhos sem deixá-los mimados. E sabia que, mesmo não gostando, os sobrenomes dele abriam porta. O que poderia haver de errado na “Vida de Dean”? Espero que vocês não se iludam com isso, porque eu demorei um tanto pra enxergar que haviam rachaduras na aparente perfeição. O que a gente – e boa parte dos amigos – viam como despreocupação e até desleixo - a forma como ele dava impressão de não ser inteligente, de não se apegar em relações sérias e de deixar isso claro, de usar álcool e drogas de forma “sob controle” (ele diz) - eram sintomas de algo que demorei a entender. Dean fugia de tudo que poderia confrontá-lo consigo mesmo, com o peso de não decepcionar os que ama. Por isso age como não se importasse com nada – sem perceber que está o tempo todo a um cisco de cair em um abismo.

- Allie quer ser atriz e sofre o tempo todo com uma consciência implacável que a julga. Confesso que fiquei um pouco estressada com ela no início pela quantidade de auto-recriminação após empolgar na bebida, descumprir o juramento de atacar Dean e ter com e dar a ele a melhor noite da vida (afinal de contas, os dois se descobriram nitroglicerina erótica juntos). Ah, tenha dó: se fez, se divertiu (porque ela se divertiu muito), assuma as consequências. Ninguém morreu por causa disso. Enquanto isso, reorganiza os sonhos para estar perto do pai, que convive com um problema sério de saúde, o que tornou a meta da vida dela não ir muito longe em caso de necessidade. 

- E outra das coisas que achei diferentes em relação aos anteriores: este livro é bem mais sexual que os outros. Por boa parte da trama, você vê Dean e Allie agindo como reféns de uma atração sexual incontrolável – independente de cederem ou não a ela. Nos anteriores, havia a atração, mas a gente percebia mais da vida dos personagens fora de quatro paredes.

- Reencontramos os outros personagens do time de hóquei da Briar, que está passando por uma temporada horrorosa. Reencontramos alguns atletas de outras modalidades que apareceram antes. A vida na universidade mostra mais uma vez como os jovens protagonistas amadurecem. Em alguns casos é um processo gradual. Aqui está mais para os casos onde isso vem na base da porrada – e do pior tipo: a inesperada, que pode causar consequências muito sérias para os dois. 

- O livro é bom, tem momentos engraçados (tem um que só de lembrar – como agora – eu fico rindo sozinha. Sério. Marmota demais), segue a toada da série.

- Ah, uma última coisa diferente: ao contrário dos anteriores, onde temos vislumbre do futuro dos protagonistas, aqui a gente termina com um gancho descarado para o próximo livro. Ainda bem que o desfecho – A Conquista foi lançado nesta semana para a gente não sofrer tanto esperando como umas e outras séries aí (Sim, HarperCollins estou falando de você e dos Senhores do Mundo Subterrâneo – cadê Amunzinho de Betinha!?).

Série Off-Campus/Amores Improváveis
1 – The Deal – O acordo Hannah Wellis e Garrett Graham
2 - The Mistake - O erro - Grace Ivers e John Logan
3 - The Score – O jogo - Allie Hayes e Dean di Laurentis
4 - The Goal - A conquista - Sabrina James e John Tucker


Bacci!!!

Beta
Reações:

13 comentários :

  1. Beta, a Harlequin também nos deve as continuidades das séries "Homens que andam no limite da honra" e "Barely undercover", sem mencionar a de Linda Lael Miller.

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem?

    Eu amei esse livro, foi o primeiro da série que li e amei demais! Me matei de rir sozinha também, perdi a conta de quantas vezes meu pai me pediu o que eu tinha! kkkk Agora estou ansiosa para realizar a leitura dos outros volumes, espero amar tanto quanto amei esse!

    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Oi, Becca.
    Já li os três livros da série e esse foi o que menos gostei por causa do excesso de bebido e do uso de drogas. Fora isso estou amando essa série e devo começar o quarto livro agora!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu vi que a bloggosfera ficou louca com essa série, porque tipo, vi centenas de resenhas sobre os livros e confesso que não tenho nenhum pingo de curiosidade em começar anão leitura. Não sou muito fã do gênero e ao contrário de você, não tenho empolgação alguma. Até mais ver
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oie Beta!
    Eu adorei esse livro!
    Assim como os outros, eu devorei a história. Adorei cada um dos volumes e não vejo a hora de ler o último, que com certeza vou amar a trama.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Eu amei esse livro! Não sei dizer qual o meu favorito dessa série, mesmo eu tendo algumas ressalvas. Dean é um personagem que merece ser observado com atenção, o cair dele foi barra pesada e difícil de lidar. Realmente, a Allie da nós nervos mesmo haha, mas eu acho que sei de onde vinha isso. Mal estou me aguentando de tanta ansiedade para ler A Conquista, mas estou com tanta coisa pra ler, que tá complicado :/

    ResponderExcluir
  7. Eu só li o segundo volume e adorei, agora eu preciso ler todos para completar a série. Esse me parece ser bom mas se tiverem muitas cenas hot eu fico cansada da leitura.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Beta
    Estou doida para continuar a série, pois só li o primeiro. Fico contente que seja bom e que tenha algumas coisas diferentes. Já tinha escutado sobre isso. E acho que o mocinho vai me conquistar só pra metade do livro rs.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  9. Oi Beta,
    Adorei sua analise do livro. Já li um pouquinho dele, mas quero começar a série certinha, pois a narrativa muito me agrada.
    Acredito que esse não será um de meus preferidos nessa série. Quando você fala que a relação e baseada na atração sexual, me desanima, e olha que curto livro assim também.
    Ahh já li o último e apesar de achar lento gostei muito.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Sou doida pra iniciar essa série mas os valores altos dos livros não colaboram. Pelas resenhas que leio a autora conseguiu manter o ritmo em todos os volumes lançados até agora, criando uma série que tem agradado a todos, mesmo nesse volume que, pelo o que tenho visto, é o menos querido pelos leitores.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Estou com muita curiosidade para ler esta série, porque li outros livros da autora (Him / Us) e adorei fortemente. Só leio elogios da serie então tenho que conferir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Ola lindona adoro essa série, preciso ler esse, pelo visto nosso protagonista carrega mais problemas do que aparenta em sua vida acomodada sem ambições. Estou muito curiosa com esse casal, adorei a resenha. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  13. Olá.
    Tenho pouca experiencia com livros do gênero, acho que li apenas 3 ou 4. De dois eu gostei, mas não é minha praia.
    Admito que só leria a série por estar em alta, muitas blogueiras falando muito e tal.
    Saber que nesse livro o lado sexual é mais explorado realmente não ajuda... Mas eu arriscaria sim.
    ótima resenha.

    ResponderExcluir