sábado, dezembro 24, 2016

Ciao!!!






E a Mulherzinha continua – devagar e sempre – relendo toda a série MacGregor para que cada livro tenha um post no Literatura de Mulherzinha (afinalde contas alguns já constam no Cap. 20).
Agora posso tirar mais um da lista!

Destino Tentador – Nora Roberts –  BestSeller 11
(Tempting Fate – 1985 - Silhouette)
Personagens: Diana Blade e Caine MacGregor

Caine foi incumbido pela irmã, Serena, com a missão de buscar a cunhada no aeroporto. Diana estava longe de ser o que ele imaginava. Ela estava em busca de algumas respostas sobre a própria vida antes de virar a página, mas nada saiu como previa. Além do reencontro com Justin a forçar a rever alguns conceitos, Diana não estava preparada para as sensações que Caine despertaria nela. E muito menos sobre o que fazer com isso.

Comentários:

- Está diretamente ligado a Jogo de Sedução, tanto que as duas tramas formam a edição que tenho Os MacGregors. Afinal de contas, Destino Tentador promove o encontro entre os irmãos dos protagonistas da história anterior. Se antes acompanhamos como Serena e Justin se conheceram e se apaixonaram, aqui vamos ver a trajetória que uniu Diana a Caine.

- Diana tinha que colocar a própria história em dia: após a morte dos pais, foi entregue pelo irmão à tia materna que fez o possível e o impossível para apagar qualquer vestígio do “sangue ruim” do pai indígena e transformá-la em uma dama Grandeau. Foi ensinada a controlar o temperamento, a se conter e a não se rebelar. Agora, adulta, estava começando a querer romper estes laços e buscar sua própria identidade. Reencontrar o irmão marcaria o encerramento de uma fase da vida. Ela pretendia por uma pedra em cima do assunto e seguir em frente.

- Caine não estava preparado para o impacto que sentiu ao conhecer Diana e nem para o interesse em descobrir o que havia por trás da fachada. Havia uma sintonia inexplicável entre eles. Só não sabia como superar a desconfiança que Diana tinha de todos em geral. E o destino deu uma mãozinha: eles estudaram na mesma faculdade (ok, não ajuda quando se tem uma fama de mulherengo), moravam na mesma cidade – Boston –  e eram ambos advogados. Foi justamente uma tentadora proposta de trabalho a estratégia encontrada por Caine para se aproximar dela.

- Olha, o moço sofreu. Diana tinha motivos para ser desconfiada, mas houve momentos que pensei que ela não teria ido longe demais. E transferir para Caine “crimes” que ela sofreu de outras pessoas, especialmente dos parentes, era um tanto injusto. Ela precisava resolver todos os “fantasmas” que a assombravam, consciente ou inconscientemente para seguir a vida, finalmente livre deles, de si mesma e disposta a ser feliz. O rapaz MacGregor não fez nada de errado - exceto fumar (creio que na época ainda era chique fumar e cabe como forma de extravasar o estresse da profissão) – e, se fosse vida real, não sei se eles terminariam juntos. Mas é ficção e é Nora. Então temos um pouco de sofrimento e angústia por decisões que precisam ser tomadas até o happy end.

- Ah, você quer saber se teve dedo, mão, cabeça, ombro, joelho e pé de Daniel MacGregor neste casal? Não vou contar, vai precisar descobrir por conta própria o papel do casamenteiro mais descarado que a Nora já criou.

Série Os MacGregors (The MacGregors)
1. Jogo da Sedução - Playing the Odds (1985) – Serena MacGregor e Justin Blade 
2. Destino Tentador - Tempting Fate (1985) – Caine MacGregor e Diana Blade 
3. Orgulho e Paixão - All the Possibilities (1985) – Alan MacGregor e Shelby Campbell 
4. Encanto da Luz - One Man's Art (1985) – Genevieve Grandeu e Grant Campbell, 
5. Hoje e sempre - For Now, Forever (1987) – Anna Whitfield e Daniel MacGregor 
6. RebeldeRebellion (1988) – Serena MacGregor e Brigham Langston
7. Um mundo novo - In From the Cold (1990)
 – Allanna Flynn e Ian MacGregor 
8. Instinto do amor - The MacGregor Brides (1997) - Julia, Gwen e Laura 
9. Beijos que conquistam - The Winning Hand (1998) – Darcy Wallace e Robert MacGregor Blade 
10. Amor nunca é demais - The MacGregor Grooms (1998) – D.C., Duncan e Ian 
11. Um vizinho perfeito - The Perfect Neighbor
 (1999) – Cybil Campbell e Preston McQuinn


Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Um romance muito interessante, sendo muito atrativo para mim porque eu gosto muito de herói que batalha, batalha, batalha e persiste, persiste, persiste para conquistar sua heroína até tê-la em seus braços mui saborosamente, sem tornar-se um impositor maldito de sua vontade (pois sentimento não tem como ser forçado). Coitadinha dessa heroína por ter cortado um dobrado e vivido um inferno pelas mãos daquela tal tia !!!

    ResponderExcluir