sábado, novembro 12, 2016

Ciao!!!


Fim do pique-esconde! Depois de procurar bem – e pedir ajuda – encontrei a segunda parte da série do Augusto! Estava bem curiosa para saber como continua a saga de Camila e só não terminei tão rápido quando pretendia porque tive que ler nos intervalos de trabalho e outras pendengas.

Um amor, um café & Nova York 2 – Augusto Alvarenga – D’Plácido
(2014)
Personagem: Camila Borges

Nem nos sonhos mais insanos, Camila esperava se tornar uma cantora de renome mundial, com hits atrás de hits, fãs, paparazzi e tudo mais. Vivendo em Nova York, ao lado dos amigos Pedro e Marina, ela se dedicava a estabelecer a jornada iniciada dois anos antes durante a viagem de férias. Mas nem tudo eram flores. Ela e Guilherme não estavam mais juntos, o que ainda a fazia sofrer. E uma viagem de férias – desta vez, de volta para casa, em Belo Horizonte – pode trazer novas perspectivas pessoais e profissionais.

Comentários:

- Uma vez, perguntaram ao Loco Abreu (pra quem não sabe, jogador uruguaio que defendeu a seleção em na Copa de 2010 e o meu Botafogo, ganhando para sempre um cantinho especial na minha vida) se ele achava que era um cara de sorte. A resposta foi algo do tipo: “Eu trabalho muito para estar pronto quando a sorte me chama”. A frase pode explicar a jornada de Camila nos dois primeiros livros. Tudo acontece em um estalo e muito rápido, parece mágica de conto de fadas, mas ela sabia que poderia fazer. Querer eram outros quinhentos, porque, ao mesmo tempo, ela sabia de quem teria que abrir mão: Guilherme, o namorado que, ao levá-la para Nova York, tornou tudo possível. Apesar de ele ter sido o maior incentivador e prometido que eles dariam um jeito de funcionar.

- Mas não deu. Ele não aguentou segurar a marimba do relacionamento à distância e, em momento de intensa confusão sentimental, terminou tudo. Sofrência para ela em Nova York, que mergulhou na carreira como forma de não lidar com isso. Agora com a carreira bem encaminhada, reconhecimento e tudo de bom e de ruim que vem no embalo, ela caiu na “armadilha” de amigos e dos pais para fazer uma viagem de férias a Belo Horizonte. Tudo que ela não queria, não por não estar com saudades de casa, mas porque numa dessas stalkeadas básicas em redes sociais alheias (péssima ideia, mas atire a primeira pedra quem nunca fez isso?), descobriu que a fila do Guilherme tinha andado.

- Adivinha o que vai acontecer? Pois é, passado o “tratamento de choque” e a fase seguinte de autopiedade à la “Meu mundo caiu”, Camila se volta mais uma vez para o que faz melhor: cantar. Eis que surge Phelipe Müller, cantor que também estava despontando no cenário mundial e que era fã dela. Uma parceria inusitada rende uma apresentação que surpreende a ambos e muito além do que esperavam.

- Então voltamos a tal da sorte, que consegue ser bem ingrata quando deseja. Todos sabemos – e quem ainda não sabe, lamento informar, mas há grandes chances de aprender isso – que é difícil seguir em frente por mais bonito, reluzente, próspero que pareça o caminho quando deixamos sem solução definitiva pontas soltas (e desencapadas). Muitas vezes isso acontece porque a gente não quer resolver ou porque não sabe como solucionar ou, pior, porque teme a hora do adeus definitivo. Enquanto esperamos que a vida resolva, a tendência é terminar mais embolado que gato quando resolve brincar no cesto de novelos de lãs. Isso quando, pra não facilitar (creiam, a vida não facilita), ainda surgem fatores complicadores com os quais você nem consegue atinar como lidar diante de tudo que podem oferecer e representar.

- É o livro de transição, teremos muitas perguntas e poucas respostas, porque Camila está aprendendo sobre si mesma, sobre o que deseja e sobre como conduzir a própria vida (a pressão dos amigos e parentes me estressou um pouquinho, parecia que ninguém teve a sensibilidade de entender o tempo dela em vários momentos). Ainda está encontrando em si mesma os elementos que vão trazer para a vida pessoal e sentimental o mesmo sucesso que encontrou nos palcos. O que não quer dizer que ela precise de alguém – seja o apaixonado-confuso-madalena-arrependida Guilherme ou o potencial-futuro-mais-que-parceiro-de-palco Phelipe – para ser feliz. Mas que Camila saiba onde a felicidade dela está e, se for ao lado de um deles, que assuma e viva isso plenamente.

- Agora quem quiser acompanhar a terceira parte da jornada de Camila, a dica é visitar o Wattpad do Augusto. Ele está publicando os capítulos lá. Estamos na torcida pela publicação do livro físico (sim, sou do tipo que precisa de papel nas mãos e livro ao lado dos outros na futura estante).

Um amor, um café & Nova York 2
Um amor, um café & Nova York 3


Bacci!!!


Beta
Reações:

13 comentários :

  1. Nossa! Que livro legal, quero muito ler!
    www.lendocomdaniel.blogsppot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode procurar, Daniel! Vai valer a pena!

      Excluir
  2. Interessante o enredo e sua busca pelo segundo volume rsrs Também sou desses que precisa de sentir o livro em minhas mãos. Mas acho que não resistiria ao Wattpad para ler a sequencia. rsrs Adorei a dica.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou lendo a terceira parte no Wattpad, mas vou torcer profundamente para que seja publicada no formato físico. E depois dê uma chance, é fofinho, do jeito que a gente precisa de vez em quando!

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?
    Confesso que desconhecia o livro. Obrigada pelo post e informação da disponibilidade do mesmo.
    Eu também prefiro os livros físicos rs

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, que bom que o post te ajudou a apresentar o trabalho do Augusto!
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Olá,
    Já tinha visto alguma coisa sobre essa série, mas ainda não tinha parado para ler nenhuma resenha.
    Adorei a forma como a fez e a premissa do livro me interessou bastante.
    Quero muito saber como Camila irá lidar com as notícias em relação ao seu ex e também conferir mais sobre essa oportunidade de cantar com Phelipe. Será que teremos romance?
    Também sou dessas que precisa do livro em papel então vou torcer para que venha a terceira parte em livro físico em breve.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michele. Como disse, o livro é bem fofo e a gente precisa disso na vida! Vale a pena!

      Excluir
  5. OOi!!
    Tenho bastante vontade de ler os livros do autor, já vi algumas resenhas dos livros da série e parecem ótimos! Sua postagem só aumentou minha vontade de realizar as leituras. Espero ter a oportunidade! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Catrine, se tiver oportunidade, invista! É muito fofo!

      Excluir
  6. Bela que resenha mais amorzinho é essa? Já conhecia a obra que tu trouxeste a resenha e fiquei apaixonada pelo livrinho, fiquei feliz de ver que é nacional, super quero ler.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Oi, Morgana! É que o livro é tão amorzinho que me deixou inspirada!

    ResponderExcluir
  8. Oh, sucesso de carreira não sendo acompanhado por sucesso pessoal ! Eu não invejaria essa posição dessa garota em momento algum, atada a dois homens apaixonados por ela, mas que são cargas a resolver sem ela saber como, além de amigos e parentes que não têm timing de palpite ! Eu seguiria minha vida, mandando todos catar coquinhos, se eu fosse ela e tivesse meus sentimentos em seu lugar. Cantar é dom divino !

    ResponderExcluir