domingo, outubro 23, 2011

Ciao!!!




- Batalhão, seeeeeeeeentido!
- Sim, Senhora!
- Temos mais um dos trigêmeos Reilly no Literatura de Mulherzinha!
- Sim, Senhora!
- Este ainda está naquela aposta idiota! Querem saber o que aconteceu com Connor?
- Sim, Senhora!
- Não ouvi direito! Querem saber o que aconteceu com Connor?
- SIM, SENHORA!
- Simples, então, vamos ler agora!
- Sim, Senhora!

Seus desejos, uma orden – Maureen Child – Desejos 153 (Aposta com o coração 2/3)
(Whatever Reilly wants... – 2005 – Silhouette Desire)
Personagens: Emma Jacobsen e Connor Reilly

Connor estava penando com as conseqüências da aposta com os irmãos. Noventa dias sem sexo não estavam sendo fáceis... Ele não sabia que um desabafo com um camarada complicaria ainda mais a sua difícil missão. É que o “camarada” era Emma, sua amiga mecânica, que ele se esqueceu (tamanha a cumplicidade da relação deles) de que era uma garota. Agora, Emma estava indignada, com o orgulho ferido e querendo mostrar ao “amigo” que ela era muito mulher, sim, senhor!

Comentários:

- Recomeçamos a acompanhar as desventuras dos três meses da abstinência dos rapazes Reilly uma semana depois do fim da participação de Brian (como vimos em Ao Alcance do Coração). Agora é a vez de Connor ter o limite da resistência – que está forte como um fio de cabelo – testado. E o que seria pior: por um “fogo amigo”: afinal de contas, ele recorria à oficina mecânica de Emma como um refúgio porque ela era uma parceira.

- “Podemos conversar sobre carros e coisas afins. Você não espera que eu lhe traga flores, nem que abra a porta para você. Você não é uma mulher, é uma mecânica.” (p.12) Esta frase assinou a sentença de morte da participação de Connor na aposta. Afinal de contas, Emma pensava que o fuzileiro bonitão a via como uma mulher e uma amiga – a descoberta de que isso não acontecia ofendeu profundamente o orgulho dela. Logo, Emma teve uma idéia brilhante: mostrar na prática que Connor estava errado. Fazer com que ele a desejasse tanto que não tivesse outra alternativa a não ser perder a aposta.

- Como sempre, é previsível que qualquer plano elaborado quando o orgulho ferido é aconselhado pela raiva tenha consequencias imprevisíveis. E ninguém assume o risco de pular na cama com um dos irmãos Reilly e sair de lá sem se importar, sem um “beijo, me tuita”. E garanto para vocês, as complicações para ambos os lados são mais interessantes para nós, que estamos do lado de cá, só se divertindo com as trapalhadas deles. E cá entre nós, se Emma o rejeitasse, não faltariam candidatas a pegar senha. Connor é tão fofo e confuso que você tem uma necessidade urgente de adotar e ajudá-lo a perder a aposta muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuitas vezes por dia...

*Para quem está lendo este post, sem ter lido o outro, ou quem está com neurônios assanhados pelos hormônios saltitantes, eis a ordem da série organizadinha (e a boa notícia: TODOS JÁ FORAM LANÇADOS, portanto, à caça!!!)

Three-Way Wager (Segundo o Fantastic Fiction) ou The Reilly’s (Segundo o site da autora) ou Aposta com o coração (como foi batizada no Brasil)

1. The Tempting Mrs. Reilly (2005) – Ao alcance do coração – Desejo 151
2. Whatever Reilly Wants... (2005) – Seus desejos, uma ordem – Desejo 153
3. The Last Reilly Standing (2005) – Vencedor do coração – Desejo 155
* E em 2010, toda a série foi relançada em edição única chamada Desiring the Reilly Brothers.*
- Série links: A autora tem site oficial, com lista dos livros publicados e blog.

Bacci!!!

Beta
Reações:

9 comentários :

  1. “Podemos conversar sobre carros e coisas afins. Você não espera que eu lhe traga flores, nem que abra a porta para você. Você não é uma mulher, é uma mecânica.” (p.12)

    De mexer com todos os genes vingativos essa frase mesmo!

    Vou querer ler essa série com certeza!

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Gosto da série. Mas tenho de admitir que meu gêmeo preferido (pelo senso de humor e dedicação às pessoas) é exatamente o padre Liam.

    Renan.

    ResponderExcluir
  3. Hahahha! Comprei esse livro hoje, pelo visto ele não vai nem esquentar lugar na pilha!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Beta!

    Essa série é muito boa, a cena de quando ela se produz e ele a vê no bar, então? Queria ir até lá fechar a boca dele! kkkkkk (com todo o respeito, meninas, sou uma senhora casada!) mas concordo com o Renan: o melhor personagem de todos é o Padre Liam e no último livro tem um bônus: finalmente descobrimos a razão do Liam ser padre.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Beta, comprei a semana passada o primeiro livro, como tudo demora muito para chegar onde moro, devo comprar o segundo livro daqui a duas semanas e terceiro somente pelo final de novembro...
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu estou começando a querer mesmo ler esta série depois dessa frase infeliz e ordinária desse irlandês confuso !

    ResponderExcluir
  7. Só li o primeiro dessa série mas pretendo ler o resto, achei bem leve e divertida a história dos irmãos ^^

    teh mais

    ResponderExcluir
  8. Sil,

    Que ódio deu da criatura quando ele disse isso!!! Mas ela deu o troco bonitinho! kkkk

    Leia que vale a pena.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Andrea, eu até estava com dó desses trigêmeos por conta dessa aposta safada com seu irmão padre, mas agora quero que eles pulem miudinho com um garrote no pescoço ! Por que eles tinham de ter um irmão padre ?! Desperdício !

    ResponderExcluir