sexta-feira, março 12, 2010

Ciao!!!

Um resumo para quem pegou o trem andando: na semana passada, o Literatura de Mulherzinha começou a exorcizar o seu carma-mor: a resenha dos 12 livros da 1ª. Parte da série da Família Fortune. Para não matar ninguém de tédio, dividi o texto original (completo – são 13 páginas, haja paciência para ler tudo) em 4 posts que serão publicados neste mês. O primeiro está aqui e vamos aos três livros de hoje:

Dublê de Noiva – Bárbara Boswell - Harlequin Destinos 4
(Stand in bride – 1996 - Harlequin)
Personagens: Julia Chandler e Michael Fortune

Estar na lista dos dez solteiros mais cobiçados da América enlouqueceu a vida de Michael Fortune. Agora ele estava sendo caçado por todas as mulheres do país, a começar pelas potenciais candidatas de Minneapolis e Saint Paul. Sem contar a marcação cerrada da imprensa, atrás de uma exclusiva com o executivo recluso. Para evitar novo colapso no sistema de comunicação da empresa, eis a idéia salvadora: um noivado de mentirinha. E ninguém melhor para a missão do que a fiel, dedicada e confiável Júlia, a discreta e eficientíssima secretária de Michael. O fato de ela ter uma quedinha por ele era um problema, apenas menor do que a total descrença dele na instituição do matrimônio e considerar todas as mulheres interesseiras e “compráveis”. Talvez o anel de rubi deixado pela avó fizesse algum milagre...

Comentários:

- Ay, caramba... O resumo da contracapa entrega uma situação que vai acontecer apenas na reta final do livro!!! O herói é um complexado pela riqueza que faz um contrato absurdo pré-nupcial para humilhar a secretária que ele pensa ser interesseira como todas as outras mulheres. Como é um livro super-açúcar nem preciso dizer que ele nem sofre tanto assim quando descobre que a interesseira, na verdade, é uma abnegadíssima candidata ao Nobel da Paz e Fofura... (queimou a língua, mas nem doeu... nha, tédio)

* Trama principal: A reestruturação na empresa corrói o já não sólido casamento de Erica e Jake. E a separação do herdeiro que está no comando abala ainda mais as empresas Fortune. Kate continua se divertindo acompanhando como que os netos lidam com os seus presentes – no caso de Michael, um anel de rubi – e resolvem os seus problemas, enquanto que as encrencas da empresa só aumentam... E Mônica Malone (ex-rosto dos Cosméticos Fortune e antiga modelo e atriz de televisão) começa a se aproveitar da crise para comprar as ações dos interessados em pular fora do barco Fortune que parece estar afundando...

Nas asas do amor – Linda Turner - Harlequin Destinos 5
(The wolfe and the dove – 1996 – Silhouette Books)
Personagens: Rachel “Rocky” Fortune e Luke/Lucas Greywolf

Herdeira de helicópteros e aviões e preparada para trabalhar com resgate em montanhas, esta era a herança de Kate para a neta Rocky, que se mudou para uma cidade do Wyoming para ser independente. Só precisaria de um hangar para ser base de operações e teria que alugar o que pertencia ao médico-cidadão honorário do local Luke Greywolf. Orgulhoso de suas origens indígenas, o médico não foi com a cara da recém-chegada, a considerava uma garota mimada que voltaria para a cidade grande ao primeiro sinal de trabalho duro a ser feito. Quando isso não aconteceu, ele ficou impressionado. E ao unirem esforços para salvar uma vida em perigo, eles acabam mudando para sempre o próprio destino...

Comentários:

- AFFE. AFFE. AFFE. Por onde começo? Outra história de “quero ser eu e sou mais que meu sobrenome” – desta vez Rocky Fortune tem que lidar com a desconfiança dos moradores da cidade, em especial, do médico Luke/Lucas Greywolf - que está com a mente presa ao rótulo “sei tudo sobre meninas ricas e fúteis” e não perde uma chance de pensar isso em voz alta. Como Rocky herdou a língua afiada e o temperamento da avó, as faíscas não demoram a aparecer entre os dois bicudos. A história segue o caminho de sempre, paixão, bebê e “você não me respeita como eu sou”, “você tem um bebê pra pensar”, “você quer que eu seja outra pessoa” até que uma circunstância mais grave os obriga a rever as opiniões...

- E vamos ao que interessa: Luke Greywolf: o mutante da série! O resumo da contracapa diz que o nome dele é Lucas. No primeiro capítulo ele é Luke. A partir daí, ele é Lucas. Também há os casos que ele é chamado de Luke e Lucas na mesma página, com poucas linhas de diferença. E nem venham com a desculpa de que Luke pode ser apelido para Lucas, porque são dois nomes totalmente diferentes... Como se isso não bastasse, aqui, ele é apresentado como um médico de origens indígenas dedicados às causas sociais... Não se esqueçam disso: origens indígenas (a herança orgulhosa Shoeshone). Daqui a pouco, explico o motivo...

* Trama principal – Mônica Malone chantageia Jake, ameaçando divulgar que ele não é um Fortune. Ele era filho de Kate com um soldado que morreu na guerra e foi adotado por Ben. Para não divulgar a notícia, Mônica obriga Jake a vender ações para ela. Kate e Sterling continuam as investigações para descobrir quem está causando mal à família, mas ainda seguem sem pistas claras e a matriarca deve continuar “morta”.

Pai Solteiro – Arlene James – Harlequin Destinos 6
(Single with children – 1996 – Silhouette Books)
Personagens: Laura Beaumont e Adam Fortune

O ex-militar e viúvo Adam Fortune tinha problemas em dose tripla: os filhos se recusavam a serem domesticados e expulsavam todas as babás que tentavam cuidar deles. A indisciplina chegou ao ponto de causar a demissão de uma garçonete e, por desencargo de consciência (e por vê-la interagir tão bem com os pestinhas), ela foi convidada a ser a nova babá. E Laura se adapta rapidamente na rotina da família, se tornando imprescindível até mesmo na solução de conflitos históricos entre Adam e a família e fazendo com que ele percebesse que estava repetindo erros alheios. Só que Laura teme que o passado a encontre e coloque em risco toda a felicidade que está vivendo e as pessoas a quem aprendeu a amar.

Comentários:

- Dio Santo... Outro herói perdido e oprimido pelo peso do nome Fortune, incapaz de controlar uma filha que comandava os irmãos gêmeos. A chegada de Laura permite que elos sejam construídos, que pais e filhos se entendam e não só naquela jovem família. Só a babá entendeu o que significou a herança de Kate: os dois álbuns de fotografias.

- E aqui tem o probleminha que me estressa: por causa dos problemas familiares, estava complicado organizar uma recepção para Luke (não Lucas) o marido de Rocky. E na página 157, Adam comenta ao responder uma dúvida da mãe: “Luke é um homem de origem negra e com um profundo sentido de responsabilidade social.”. Finalmente, acontece a festa e aí temos a seguinte descrição: “Elas estavam com Rachel Fortune Greywolf e seu marido, um negro alto e de beleza rude, Luke Greywolf.” Peraí, negro? Ele não era índio? o.O Confesso que fiquei com medo do que iria acontecer com ele até o final da série...

* Trama principal: Ainda na briga contra Mônica Malone e a gana de Nate de tomar a empresa do irmão, Jake. No entanto, os filhos dele (Caroline, as gêmeas Allison e Rachel, Natalie e Adam) organizam na re-cepção para Rocky uma manifestação clara de apoio ao pai, seja lá ao que ele estiver fazendo. O problema é que a festa é invadida por um casal e a mulher, Tracy Dupont, alega ser o bebê Fortune seqüestrado 30 anos antes. Kate sabe que ela é uma impostora, não importa a semelhança dela com Lindsay, mas ainda não pode aparecer para desmascará-la...

Chegamos ao meio da série! E na próxima semana com mais três livros da série Família Fortune!

Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. De mocinho que muda assim, de etnia/cor, eu só conheço o Rudolf da Patricia GRasso (era loiro de olhos azuis e virou moreno de olhos e cabelos negros).

    ResponderExcluir