segunda-feira, dezembro 24, 2018

Ciao!

Sabe quando você precisa de uma história leve que mostra que a gente sempre consegue seguir em frente quando deixamos o que pesa para trás?
Foi o que encontrei neste conto. Com direito a gostinho de quero mais.

Presente de Natal – A. C. Meyer – Amazon
(2018)
Personagens: Samuca e Gabriela

Samuca estava sofrendo com um bloqueio para concluir o novo livro. Ele não admitia que precisava de ajuda. Até que o editor trouxe uma jovem, Gabriela, que o ajudaria a cumprir o prazo e entregar o livro até o Natal. Para Gabriela, a missão era uma chance de se recuperar de um problema no trabalho anterior e talvez ser promovida. Só que ela poderia conseguir mais do que estava esperando.

Comentários:

- Samuca tinha perdido o sentido e o foco na vida após uma decepção muito grande. Uma daquelas porradas que a gente leva e fica tão desorientado que não percebe a bola de neve de coisas ruins que se acumula. Nada está bom, ninguém o compreende e ele se afasta até de quem o ama e sofre por vê-lo sofrer. E depois fica difícil romper o círculo e redescobrir o caminho para uma visão mais positiva e otimista de tudo.

- Não foi à toa que ele não conseguia escrever o livro. Agora tinha até o Natal para terminar e nada indicava que conseguiria. O editor JP decidiu intervir: trouxe Gabriela para dar jeito no ambiente em torno de Samuca, para ver se ele conseguia criar e concluir o texto.

- A trama fala do embate entre o rapaz que não acreditava em mais nada e em mais ninguém – inclusive nele mesmo – e da garota que se encantava com tudo na vida e pulsava otimismo. Como que, aos pouquinhos, Gabriela mostra para Samuca que há formas de seguir em frente, deixando pra trás os sentimentos desnecessários e ficando apenas com o que poderia levar a própria vida por melhores caminhos.   
— Não posso. Não posso passar por cima de tudo o que aconteceu. Não posso deixá-los seguir em frente como se nada tivesse acontecido — ele elevou o tom de voz, mas ela não perdeu a calma. 
— Você pode e deve perdoar. Não porque eles mereçam perdão, mas porque você merece paz.
- Uma história rápida sobre decepção, perdão, recomeços, paz, redescobrir a magia do Natal (na linda Gramado). Que muitas vezes a gente segue um caminho errado, mas o amor sempre é a melhor corda para nos trazer de volta para os melhores sentimentos. Eu adorei e fiquei com gostinho de quero mais, não só na ficção, mas na vida real. 

A A. C. Meyer indicou a playlist que a inspirou durante o processo de escrever a trama. Eu indico um vídeo (e o álbum no Spotify) com Il Volo cantando músicas natalinas – só eles (e o Michael Bublé) para me fazerem ouvir e gostar (geralmente fico muito triste no Natal por isso corro das músicas).



Bacci!!!

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário