sábado, maio 19, 2018

Ciao!!!



Uma princesa “quebrada” propõe um casamento de conveniência a um sheik que se considera incapaz de amar. Eis o par que Annie West une neste livro.

Amor Desvendado – Annie West – Paixão Ardente 10
(The sheikh’s princess bride – 2015 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: princesa Samira de Jazeer e o sheik Tariq

Samira tinha sido muito magoada e ferida em um relacionamento que terminou muito mal e rendeu a ela uma indesejada perseguição dos inconvenientes paparazzi. Tariq era o soberano viúvo pai de dois garotinhos gêmeos que não se apegava a nenhum relacionamento. Amigos na adolescência, agora ele tinha o que ela desejava. E ela era quem ele desejava. Portanto um casamento de conveniência atenderia aos dois. No entanto, há muito mais sobre eles que ambos desconhecem. E isso pode complicar uma aparente convergência de interesses.

Comentários:

- A desafortunada e sofrida história da princesa Samira é mencionada em Descoberta no Harém, porque é um dos motivos pelo qual o sheik Asim é tão obcecado com a privacidade e a proteção da família – o que o coloca supostamente em rota de colisão com Jacqui. Também acompanhamos a virada da situação e o início da recuperação dela – se não total, pelo menos, ela começa a enxergar a chance de um recomeço.

- No início deste livro, a encontramos estabelecida na jornada iniciada na trama anterior, vendo a carreira profissional prosperar. No entanto, ela ainda se sente incompleta, por saber que nunca seria plenamente feliz por causa de uma “herança maldita” do relacionamento com o astro bonitão e cafajeste de Hollywood. Imaginando-se condenada ao mesmo sofrimento da mãe – se descontrolar e se entregar à paixão – tem sentimentos conflitantes ao reencontrar Tariq, a quem conheceu ainda adolescente porque era amigo de seu irmão. Samira percebe que um poderia ajudar o outro. Ela seria uma esposa ideal para um governante de um reino no Oriente Médio e ele poderia dar a ela a chance de ter uma família. Tudo isso sem amor e sem sexo, porque ela não queria mais voltar ao fundo do poço do sofrimento de jeito nenhum.

- Apesar de saber que os gêmeos precisariam de uma mãe, Tariq não se imaginava casando novamente. E foi surpreendido com a proposta de Samira de que um casamento de conveniência e a devida atitude respeitosa publicamente atenderia aos desejos de ambos. Ele reparou que ela propôs, por tabela, condições inaceitáveis, por desconhecer que ele a desejava desde a adolescência.

- Este casamento se torna uma surpresa para ambos, que vão entender que nem sempre o que a gente deseja, quando conquistado, traz a tranquilidade e a paz de espírito idealizada. Samira vai se deparar com uma realidade que ela não esperava – sentir intensa atração pelo marido “por acordo”. Tariq vai se sentir preterido por ela ter mais interesse nos gêmeos que nele e não admitir que o deseja. E sempre que novas cartas são colocadas em jogo, geram consequências que podem deixar o casal mais confuso do que já era ao embarcar nesta situação “boa para ambos”.

- No fim das contas, tanto Samira quanto Tariq queriam redenção pelo sofrimento que pensam ter causado – e que os transformou em reféns de sentimentos e atitudes que os aprisionam e comprometem a sensação de felicidade, além de atrapalhar a enxergar si mesmos com clareza e a interpretar o que o outro (não) está dizendo. Eles vão sofrer sim, mas será necessário, porque deixar estas armaduras e as coisas que não conseguiam admitir nem pra si mesmos para trás não é fácil. Mas como diz a Bíblia: a verdade libertará. E aí eles vão perceber se são realmente tão incompatíveis com o temido amor.

Dueto Votos do Deserto
1 -  Descoberta no Harém – Jacqueline “Jacqui” Fletcher e o sultão Asim de Jazeer – Paixão Ardente 09
2 -  Amor Desvendado – princesa Samira de Jazeer e o sheik Tariq – Paixão Ardente 10


Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Esse romance é maravilhoso! Samira mulher corajosa!

    ResponderExcluir
  2. Nao gostei da atitude final da mocinha, convenceu o mocinho a se casar porque os filhos dele precisavam do amor e cuidado de uma mae, mas aí qdo acha que o mocinho nao corresponde seu amor resolve que nao pode viver num casamento assim e decide ir embora mesmo deixando os meninos pra tras, menininho que ja a chamavam de mamae, ela já era mae deles há mais de um ano, ja tinha pego amor mas toma a decisao de ir embora mesmo sabendo que nunca mais os veria. Entao ela nunca os considerou filhos realmente, pq uma mae de vdd nao abandona os filhos assim sem antes tentar consertar o casamento, a filha biologica ela iria levar com ela né? Nao pensou nem um pouco em duas criancinhas q iam sofrer com a partida dela e perder outra mae, só se preocupava em nao ser amada mas tbm nao abria o jogo com o mocinho tentando resolver a situaçao. E ela tinha se conformado em nunca mais ver os meninos, nao pensou tbm em terminar o casamento e fazer um acordo pra poder ver as crianças ou morar perto, simplesmente ia embora levando a filha e cortar relaçoes e pelo jeito o mocinho tbm nao poderia mais ver a filha.

    ResponderExcluir