quarta-feira, fevereiro 14, 2018


Ciao!



Spoiler: minha cara lendo o livro!

Para comemorar o Dia de São Valentim, um livro i-n-a-c-r-e-d-i-t-á-v-e-l.
Ele quebrou totalmente o padrão que eu esperava. Virou um favorito. Juro.

Jamais te perdoarei! – Laurie Paige – Bianca 312
(Nothing lost – 1985 – Silhouette)
Personagens: Caroline Whitaker e Alexander Hofstedder

O dia mais importante da vida de Caroline virou um pesadelo: o noivo a abandonou no altar. E ela teve que lidar com a fofoca e a pena da sociedade de Louisville. No entanto, isso é o começo da história porque Alex reapareceu uma semana depois pedindo desculpas e querendo reatar o noivado! Como Caroline não o aceita, ele inicia uma campanha determinado a conseguir o perdão e se casar com ela. Só que as coisas não serão nada fáceis nem previsíveis nesta história.

Comentários:

- A capa e o resumo anunciam que Caroline seria abandonada no altar por Alex. Só que eu, Mulherzinha experiente nos livros de banca desta vida, imaginava que seria um spoiler da reviravolta do livro, aparecendo lá pelo meio da trama e rendendo (na melhor das hipóteses) algumas páginas de sofrimento até o óbvio final feliz. 

Só que não.
  
- Laurie Paige faz um livro inteiro sobre aquilo que eu costumo reclamar que é tratado (quando é) a jato em outras tramas onde alguém (geralmente o herói) pisa ENORMEMENTE na bola e precisa se redimir. O abandono no altar é o primeiro capítulo. Caroline é obrigada a concordar com os pais e o irmão que temiam que Alex só queria usá-la para se vingar da família. E no segundo, narrado uma semana depois, Alex está de volta e vai atrás dela. O “Madaleno arrependido” pede perdão (“Imploro seu perdão se for necessário” SE?! - ops, vou me conter) e diz que faz qualquer coisa para reatarem o noivado com data marcada para um casamento.


  

- A partir disso, NADA acontece como o “manual” já visto em outros romances. Juro. Caroline é uma garota independente, que não foi cerceada pelos pais (ela mesma diz que eles não deram conta de impedi-la de fazer o que queria desde pequena), que toma decisões, assume as consequências. Ela admite ainda amá-lo, mas está disposta a superar isso por causa da mágoa que ele causou com uma humilhação pública sendo que ela era inocente dos motivos pelos quais Alex detestava a família dela.

- Acompanhamos Caroline lidando com as consequências do abandono no altar e de bater o pé em não querer retomar o noivado com Alex. Primeiro por orgulho ferido e depois por achar que é apenas um meio de ele aliviar a culpa de ter magoado ela publicamente. E Alex se desdobra em estratégias para convencê-la a perdoá-lo, aceitá-lo de volta e estar na igreja na nova data prevista para o casório. No meio do caminho, surge Kirby, um rival que não fica no campo platônico e realmente se torna uma ameaça aos planos de Alex, mesmo Caroline ciente de que ainda não o ama de verdade e que o usava como um escudo contra o ex-noivo. E também surge uma jovem que pode ser uma ameaça ainda maior aos planos de Alex.

- Orgulho ferido e raiva nunca são os melhores conselheiros e são eles que fazem a história andar. A gente percebe a confusão dos dois personagens, as decisões da heroína que só quer ser deixada em paz e seguir a vida porque duvida dos motivos da persistência do herói e do ex-noivo disposto a qualquer atitude pra que ela se case com ele. O perdão aqui não é automático e você, por mais que tenha experiências anteriores de que haverá final feliz, permanece na incerteza se ele realmente acontecerá.

- Uma heroína nada parva; independente e que toma decisões impulsivas e inesperadas por querer colocar os sentimentos nos trilhos após o caos que se viu envolvida. Uma série de situações que deixam o leitor com cara de “MAS GENTE...” e, em pelo menos duas, o desfecho me deixou com cara de “HEIN?!”. E o mais incrível é que são situações possíveis de acontecer na vida real. Só por isso, por me causar tanta surpresa, vou recomendar este livro porque preciso que outras pessoas leiam e me contem o que acharam dele. Foi a experiência mais surpreendente deste ano até agora e deve voltar naquelas listas de dezembro.



Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :