domingo, novembro 12, 2017

Ciao!




Leitura leve, que nos remete às histórias anteriores, cita personagens que amamos e costura diferentes novos personagens em uma trama permeada por um desaparecimento e pelo que sempre movimenta a aristocracia inglesa: quem vai se casar com quem?
E desta vez, Julia Quinn tem companhia para fazer a gente se divertir.

Lady Whistledown contra-ataca – Julia Quinn, Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan – Editora Arqueiro
(Lady Whistledown strikes back - 2004)

Este livro é costurado pelas crônicas da temida colunista social Lady Whistledown, que une os quatro contos que se passam na sociedade britânica em 1816 que narram as histórias de oito personagens que estiveram na badalada festa de Lady Neeley, onde a pulseira de rubis da anfitriã desapareceu sem deixar pistas.

O livro começa com O primeiro beijo, escrito por Julia Quinn. Além de nos situar sobre a importância da festa – todo mundo era apaixonado pelo cozinheiro da anfitriã, narra a jornada de Tillie Howard. Harry, irmão dela, morreu durante o combate a Napoleão no continente e a família estava de volta à sociedade após o período de luto. Ela se aproxima de Peter Thompson, o melhor amigo do irmão. Tillie não sabia que Peter prometera ao irmão cuidar dela e estava disposto a manter a palavra... Só não contava em ser apontado como um dos suspeitos de ter desaparecido com a pulseira de Lady Neeley.

Em A última tentação, escrito por Mia Ryan, Isabella Martin, a dama de companhia de Lady Neeley está às voltas com um papagaio apaixonado por ela e o escândalo envolvendo o jantar que organizara. E tentando esquecer o fato de que estava às vésperas de completar 30 anos e só tinha sido beijada uma vez. Mas como tudo sempre pode complicar, Lady Neeley resolveu que a emprestaria para organizar uma festa para o conde de Waverly tentar recuperar a reputação do filho, Anthony Doring, lorde Roxbury e torna-lo elegível para um bom casamento. Ele não tinha a menor intenção de se casar, mas se encontrasse a noiva certa talvez mudasse de ideia...

O terceiro é O melhor de dois mundos, escrito por Suzanne Enoch, conta a frustração de Charlottte Birling, que vivia uma vida totalmente restrita por causa de um escândalo que atingiu a família 12 anos atrás. Por isso, os pais insistiam que ela aceitasse um pretendente sério, respeitável e enfadonho. Então surgiu Xavier, o lorde Matson, empolgante, emocionante, com uma reputação longe de ser ilibada e definitivamente não recomendado para uma jovem que queria ficar afastada de escândalo.

O último conto é O único para mim, escrito por Karen Rawkins, que narra o reencontro do casal Easterly. Doze anos antes, Sophia foi abandonada pelo marido, após um malfadado jogo de cartas. Agora ela queria o divórcio e Max retornou ao país para resolver isso. Cada qual tinha suas razões e mágoas por causa do que houve e ficou mal resolvido, mas será que seria possível chegar a algum entendimento ou novos escândalos estavam a caminho?

***

Fiz um resuminho básico mesmo de cada um para vocês terem uma ideia. Vi pessoas reclamando que não gostaram de um ou outro conto, dizendo que, no geral, o livro não é tão interessante. Na verdade, eu gostei. Achei a leitura agradável, gostei de ver a forma como outras autoras usaram a personagem criada por Julia Quinn.

Gostei também porque as tramas são interligadas, compartilham momentos e até diálogos entre os personagens. Como se fosse um filme, a gente acompanha o mesmo evento sob a ótica de diferentes casais. As colunas de Lady Whistledown apontam os rumos e as possibilidades para os protagonistas e o mistério envolvendo o desaparecimento da pulseira de Lady Neeley também interfere nos destinos e relacionamentos dos casais.

Ah, graças a todo o meu vasto conhecimento adquirido com anos de frustração com Hercule Poirot e Miss Jane Marple, consegui desvendar o “caso da pulseira de rubi desaparecida”. Me senti uma gênia.
(Por favor, se vocês lerem e acharem fácil demais, não me digam isso. Me deixem continuar pensando que consegui desenvolver meu lado investigador a um bom ponto, ok?)

Lady Whistledown
Nada escapa a Lady Whistledown – The Further Observations of Lady Whistledown

Lady Whistledown contra-ataca – Lady Whistledown strikes back

- Links: Goodreads livro; site da Julia Quinn, da Suzanne Enoch, da Karen Hawkins; site da Arqueiro; Skoob; mais sobre Julia Quinn, Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan no Literatura de Mulherzinha.

Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário