domingo, junho 25, 2017

Ciao!!!




Um daqueles momentos onde as leitoras e leitores apaixonados/vorazes/compulsivos como eu só faltam fazer dancinha da vitória. 

A Editora Arqueiro trouxe a Thalita Rebouças para a tarde de autógrafos na Livraria Saraiva, no Independência Shopping em Juiz de Fora. Faz parte da turnê de lançamento de "Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado", publicado pela Editora Arqueiro em maio.

Desta vez, sem a epopeia dos pneus furados como na Bienal do Livro de 2016, tudo ocorreu como planejado. 

Ela chegou pouco antes das 15h e deu uma rápida entrevista antes de iniciar os autógrafos para as fãs e os fãs que já a esperavam na fila.

Sobre o processo criativo que deu origem a “Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado” e os outros 21 livros. 
Processo criativo é escrever de madrugada, revisar durante o dia. O dia a dia me inspira muito, desde o começo. É só ficar de olhos e ouvidos ligados”

Dos 22 livros, este é o quarto com garoto protagonista – há preferência por protagonista garota ou garoto? 
“Para mim é indiferente. O primeiro livro narrado por um menino foi o mais difícil porque era o primeiro, que foi o Ela disse. Ele disse. Depois veio o  Ela disse. Ele disse – o namoro. Depois o 360 dias de sucesso, que aí foi bem difícil. O Davi, não. O Davi foi bem mais fácil que os outros. Na narrativa, foi mais difícil por outras coisas: aprender astrologia para não falar bobagem. Foi difícil por outras coisas, não por ser um menino”

Davi apareceu em  “Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática”, mas agora ele é o protagonista. Sem antecipar muito, Thalita revelou um detalhe que não esperava sobre Davi.

“Ele me surpreendeu em muitas coisas. Não posso contar muito, para não dar spoiler. É um personagem que me deixou muito encantada. Ele tem uma doçura, uma ingenuidade. Ele tem 16 anos mas é como se fosse um menino mais novo”.

Como antecipa o resumo, Davi se inscreve em um curso de astrologia. E Thalita confessou que isso a obrigou a pesquisar sobre o assunto.

“Eu não entendo nada de nada. Sou totalmente leiga no assunto. Resolvi falar disso por conta do interesse que os adolescentes têm no assunto. Foi ótimo. Aprendi um pouquinho, eu acho, só um pouquinho”

Thalita Rebouças também destacou que os seus pequenos leitores estão crescendo e já tem nova geração a caminho. Por isso, há planos em acompanhar a nova etapa das vidas deles.

“Eu acho que meus livros pegam gente de todas as idades. Tem muitas leitoras que levam os filhos para meus lançamentos. Tanto que os personagens dos Confissões estão crescendo. Vem a Valentina que terá 17. No fim do ano que vem vem um com 18 e eu quero fazer com um uma galerinha de 24, 25”.

Viram que depois da Tetê e do Davi, mais personagens deste universo também terão seus próximos livros? Claro que teve pergunta sobre isso!

“Vai ter o Confissões da Valentina. E vai ter o livro do Zeca, que não será confissões, mas vai ser muito divertido também. Acho que paro na Valentina as Confissões”

E se você acha que faz muita coisa ao mesmo tempo, Thalita tem ainda neste ano, entre outras coisas:
1 – O lançamento do livro do Zeca
2 – Terminar o roteiro de “Tudo por um pop star” que será filmado no fim de 2017.
3 – Lançamento do filme “Fala sério, mãe” em dezembro.
E não é só isso. E a resposta de como consegue dar conta com o dia ainda tendo só 24h foi

“Não sei também. Tô dando. Estou amando fazer cinema. Tô amando escrever pra teatro. Toda hora eu me convido para fazer alguma coisa. E ainda tem o The Voice Kids. Já vou me convidar de novo para fazer a próxima temporada”.

Falando no “The Voicinha” que mobiliza torcidas e paixões (e reclamações quando a gente torce por alguém que não é escolhido ou é eliminado) nas redes sociais, será que o trabalho no programa não instiga escrever uma história sobre isso?

“Inspira. Quero muito fazer um livro com alguém que participa de reality para cantar. Quero muito”


E para encerrar, um recado exclusivo para as leitoras e leitores de todas as idades do Literatura de Mulherzinha:

“Continuem lendo muito, divulgando o hábito da leitura. O que você faz com o blog é tão importante, falar de livro é fundamental e necessário. Eu acho que é isso: leiam e façam propaganda, gostando ou não gostando. Acho muito importante falar de livro”

Depois da entrevista, algumas fotos dentro da livraria. E finalmente Thalita assumiu a mesa preparada no corredor do piso L2 perto da Saraiva e começou o que seriam pouco mais de 3h de abraços, beijos, selfies, pedidos para não dar spoilers da trama.


Teve também professores aproveitando para conversar e pais e mães se desdobrando como fotógrafos das filhas e filhos.



Teve Sofia e Ana, que se conheceram na fila da Bienal de JF em 2016, ficaram amigas. E não só elas, várias leitoras disseram à Thalita que a viram no ano passado e voltaram para repetir a dose.


Uma menina teve prova de Ciências mas conseguiu chegar a tempo para ser uma das primeiras da fila. Teve quatro estudantes que enfrentaram um simulado e chegaram a tempo de autografar, tietar, beijar, abraçar e fazer selfies.

 

Teve até um “MEU DEUS, É O DAVI!” da própria autora ao ver o próximo a autografar. "Não vou conseguir te chamar de Gustavo, você é a cara do Davi!"

  

   

Teve entrega de presentes, fotos em duplas, trios, com as mães, reencontro com amiga da escola, tudo devidamente registrado no Snap da @thalitareboucas.

  

  


 

 



 

 


 

 

 

 



 

 


 

 

Ah, gente, teve a Marieta, que fez o maior sucesso!


No fim de tudo, teve fotos com a equipe da Saraiva de Juiz de Fora, “Saraivetes”, segundo Thalita.


Aqui são alguns dos registros da tarde de autógrafos. Mas todo mundo que esteve na sessão foi fotografado pelo Roberto Filho e as fotos serão publicadas no Facebook da Editora Arqueiro.

Foi tudo tranquilo, sem problemas, todos super de boa com a espera e Thalita dando show de simpatia, conversando, orientando a não dar spoiler e mandar para o e-mail dela o que achou do livro.

Vamos torcer para que Juiz de Fora entre no roteiro das turnês de lançamentos das editoras. Tem livrarias e tem público que ama muito tudo isso. E a blogueira aqui pra ir lá contar a história!

Acharam que não teria fotinho? Teve duas!!!!

Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário