terça-feira, abril 18, 2017

Ciao!!!

  



Esta história tem uma jornada curiosa comigo. Descobri o filme por acaso, em meio a gravações que uma amiga fez para mim. Não sabia que havia um livro por trás da trama.
Aí quando não só soube que havia um livro e que seria lançado, tive que ler, óbvio!

Este texto foi feito originalmente para o Livrólogos e a Rosana permitiu que publicasse aqui também! Obrigada, Rô!

O Clube de Leitura de Jane Austen – Karen Joy Fowler – Rocco
(The Jane Austen Book Club - 2004)
Personagens: Jocelyn, Sylvia, Allegra, Bernardette, Prudence e Grigg

Seis pessoas que tiveram os caminhos cruzados por laços de amizade ou de gostos semelhantes se uniram em um projeto de fazer o clube de leitura de só-Jane-Austen-o-tempo-todo. Nos meses seguintes, eles se revezariam nas casas uns dos outros para comentar suas percepções sobre os livros da autora inglesa. Ao mesmo tempo, percebemos o quanto ela os influenciou em suas vidas e quanto este período vai ser fundamental para mudar a forma deles encararem o mundo e suas prioridades.

Comentários

Em março nos reunimos na casa de Jocelyn para discutir Emma.
Em abril lemos Razão e Sensibilidade com Allegra.
Em maio lemos Mansfield Park com Prudie.
Em junho no qual lemos A abadia de Northanger e nos reunimos na casa de Grigg.
Em julho no qual lemos Orgulho e Preconceito e escutamos Bernadette.
Em agosto no qual lemos Persuasão e tornamos a nos encontrar na casa de Sylvia.

Um grupo de pessoas que (mais ou menos) se conhecia passou a se reunir mensalmente com um objetivo: debater as tramas de Jane Austen. A ideia foi articulada por Jocelyn que foi o caminho pelo qual todas as mulheres se encontraram, com direito a uma surpresa: um homem chamado Grigg. O que fez todas as outras imaginarem por que ela o havia convidado – ou para quem?

Ao longo do semestre, enquanto discutem suas visões sobre os personagens, as tramas e o que mais podemos apreender de um livro escrito por Jane Austen, vamos conhecendo um pouco mais sobre as vidas, sonhos, fracassos, limites, medos, fraquezas e confusões de cada um deles. Sylvia está se divorciando do namorado e marido de vida toda, Daniel. A filha deles, Allegra, também não está bem no relacionamento com a namorada. Prudie tinha uma relação mal resolvida com a mãe e vivia uma relação confortável com o marido. Jocelyn criava cães para competição e não buscava um relacionamento. Bernadette era a mais velha dos integrantes, já tinha passado por muitas aventuras e relações e agora vivia um momento mais tranquilo. E Grigg era um grande mistério para todas elas.

- Aliás, Grigg é um elemento que muda a interação previsível entre o grupo. Primeiro por oferecer uma perspectiva de alguém que está lendo Jane Austen pela primeira vez, ao contrário das demais integrantes. Segundo porque é um homem embarcando em um clube de leitura majoritariamente feminino – com representantes de diferentes faixas etárias e experiências, tudo que é usado para estabelecer contato e parâmetros para nos ligar ou não com os temas, personagens e livros. Só que ele não é tão estranho no ninho, já que vem de uma família majoritariamente feminina, sendo o bendito fruto entre três irmãs. Irmãs muito participativas, diga-se de passagem (tem dois capítulos onde isso é flagrante).

Edição com capa relacionada ao filme

- No fim das contas, o Clube de Leitura se torna uma experiência maior que literatura. Ao criticar ou tentar entender personagens de Jane Austen, os integrantes percebem quantas expectativas criaram em cima de si mesmos, o quanto se frustraram, o quanto isso não impedem que recomecem. A vida não é como em um romance, não estamos na mão do talento de outro autor, nós somos os responsáveis pelas escolhas.

- Sobre o filme, notei algumas poucas mudanças em relação ao livro, especialmente no desenvolvimento das tramas de Allegra e Prudie. Para a versão cinematográfica, ficou bem interessante. E tem este comentário no Valkírias que achei bem interessante. O filme está à venda em blu-ray.
  
- Ah, o comentário é desnecessário, mas p-r-e-c-i-s-o fazer: tem duas Robertas mencionadas no livro. A primeira é em uma lembrança de Prudie. A segunda é uma coadjuvante em algo que ocorreu na vida de Jocelyn! Preciso dizer que só não fiz dancinha da vitória porque esse troço de ler no ônibus enquanto se vai e vem do trabalho é algo muito limitador. Não preciso de mais gente no mundo conjecturando se sou maluca. Obrigada!


Bacci!!!

Beta
Reações:

13 comentários :

  1. Oiii Beta tudo bem?
    Que incrível essa obra, ainda não tive oportunidade de ler Jane Austen, mesmo tempo seus livros na estante, com toda certeza pretendo realizar a leitura, está sendo bem falado livro e além de lindo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não tive o prazer de ler algum livro da Jane Austen mas morro de vontade. Eu conheci esse livro recentemente e fiquei muito curiosa com ele, mas quero ler algum livro da autora antes de pegar nesse.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Fiquei interessa na obra desde que a Rocco anunciou o lançamento, mas não sabia que tinha filme, chocada HAHAHA adorei essa de bendito fruto entre as mulheres e gostei das reflexões que se faz. Com maiores expectativas agora haha
    Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. OOi!
    Esse livro parece ser maravilhosooo! Gostei o que disse sobre que essa leitura acaba se tornando mais do que literatura. Nunca li nenhum livro d Austen, mas por outros romances, é bem isso que acontece com o leitor, não? Ele coloca muitas expectativas sobre si como se fosse um livro em que, seja como for, terminaria com algo feliz. E, realmente, não é assim. As escolhas são nossas.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Adorei a resenha!
    Gostei de saber um pouco sobre essa leitura, pois, já faz alguns dias que estou interessada em ler ;)
    A obra possui vários elementos que me atraem em uma leitura, portanto, vou providenciar um exemplar pra mim ler futuramente!
    Valeu pela dica!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Beta
    Acredita que até hoje não assisti esse filme?
    Gostei de ver a dica do livro, e mesmo se não for ler, vou assistir ao filme com certeza!

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  7. Oie Beta!
    Acredita que ainda não vi o filme? E olha que tem o Hugh Dancy que adoro. Quanto ao livro, ainda não tive a oportunidade de ler, mas fiquei bem interessada. Só não sei quando vou encaixar aqui na minha pilha kkk
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Oi, Beta!
    Essa é a segunda resenha que vejo desse livro, mas por nunca ter lido nada da autora, acabei deixando passar a dica. No entanto, achei bem bacana a ideia do livro. Talvez eu assista ao filme <3

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Não sabia que existia um filme sobre esse livro, já ouvi falar bastante nesse livro, só que nunca li nada da Jane Austen e isso me inibe um pouco. Acho essa capa muito fofa, desde que lançou que ficou babando nessa capa, acho a premissa interessante, mas tentarei ao menos ler um livro da Jane antes de fazer essa leitura.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Ainda não li esse livro, mas está na listinha, pois adoro Jane Austen e preciso. Acho que essa obra tem uma premissa bem legal, apesar de ver que algumas pessoas não gostaram.
    Achei interessante ser uma experiência maior que literatura, como você disse e vou super anotar a dica. Espero ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Beta.
    Eu ainda não conhecia esse livro e nem o filme, mas achei interessante a ideia de pessoas discutindo personagens e refletindo sobre suas próprias vidas!
    Já me interessei!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  12. Eu li esse livro e gostei bastante, mas confesso que o filme tem um espaço maior no meu coração... Rs... Também vi sem ter nenhuma ideia de que um livro existia, e fiquei obcecada pela leitura quando​ vi o lançamento. Acho que criei expectativas em excesso... Hehe...

    ResponderExcluir
  13. Olá!!!
    Eu não li esse livro, e para ser sincera, até hoje nunca li nada da Jane Austen, - me julguem! rs - mas tenho uma enorme curiosidade de ler algo da autora. Me parece que a experiência foi muito boa pra você. Espero poder conferir algo dela em breve.

    Beijinhos!
    Jaque.

    ResponderExcluir