domingo, fevereiro 12, 2017

Ciao!



Eu acho que será impossível alguma garota gostar de cara do príncipe deste livro. Confesso que passei muito tempo pensando coisas horríveis sobre ele e que isso quase tirou o meu foco da história.
Ah, embarquei de novo em série sem ler a primeira parte. Ou seja, normal.

Desejo Profundo – Maisey Yates – Paixão Audácia 14 (Amores Inesperados 2/3)
(The Prince’s Pregnant Mistress – 2016 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Bailey Harper e príncipe Raphael DeSantis

Após ser abandonado pela noiva adequada e perfeita, o príncipe Rafael DeSantis percebeu que não tinha motivos para não retomar a ligação com a amante americana, Bailey Harper. E claro que não conseguia imaginar por que ela não o aceitaria de volta. Mas Bailey tinha muito mais com que se preocupar: sem emprego, grávida e se sentindo a última mulher da face da terra, não tinha estômago para lidar com o homem que virara a sua vida do avesso e agora se achava no direito de exigir retornar.

Comentários:

- Tive que me dar uns dias de prazo para escrever sobre este livro. Deixar a poeira abaixar. Porque confesso que entre as páginas 1 e 165, eu só queria fazer picadinho do príncipe. Tentem ver o currículo do cara: encontrou uma garota que não tinha a menor ideia de que ele era o príncipe regente de Santa Firenze. Eles se envolvem e ele manipula as conclusões dela sobre ele ao bel-prazer e, oito meses depois, diante da proximidade do casamento com Allegra Valenti, de família rica e apropriada, ele rompe o relacionamento. Um rompimento daqueles de ganhar nota 10 dos ogros que já vimos nos Lynne Graham, Penny Jordan e Diana Palmer da vida. Aí, após levar um real pé no traseiro (o que me inspira a ler o primeiro livro da série para saber se Allegra fez uma boa troca), a criatura decide retomar o caso com a garçonete americana “o tipo de mulher que não estava à altura do seu status. Uma distração contra a qual o pai sempre o preveniu”.


- Ao ressurgir da tumba como legítima assombração reencontrá-la, surpresa: ela está furiosa, magoada, chateada e grávida de 4 meses.

“Uma complicação que o pegou desprevenido.
- Sim, Vossa Idiotice Real, o bebê é seu. Já que foi você quem tirou a minha virgindade, deveria saber.
- Há quase um ano. Muita coisa poderia ter acontecido desde que nos conhecemos. Eu não estava sempre aqui. E faz três meses que a deixei. Poderia ter buscado consolo com outro homem.
- Sim, tem sido uma orgia interminável desde que me dispensou. Pensei: por que não? Afinal, seu cetro real abriu caminho? Por que negar uma chance à plebe?
- Basta. Está sendo grosseira e isso não combina com você.
- Sim, combina perfeitamente. Como bem sabe, não sou o tipo de mulher digna de ser levada para seu principado. É o que você deve pensar. Sou a garçonete que conheceu em um restaurante de quinta categoria. Portanto, esse comportamento é típico de alguém como eu”.


- Isso é só uma parte. Ele a julga o tempo inteiro inferior a ele – a garçonete que deveria agradecer por ele ser um príncipe que se dignou a assumir o herdeiro e vai mudar a vida dela para muito melhor. Ele não respeita nada que ela viveu, o desejo de não repetir a história da mãe e de criar o bebê totalmente diferente, priorizando que ele perceba que é amado e querido. Isso é inconcebível para Raphael, que foi programado desde pequeno a ser um padrão de “forte” que não considerar sentimentos como diferencial, mas como fraqueza e a priorizar o principado. E agora, ele quer forçar que ela – a mulher inferior, a distração, a que não era digna – se adapte a essas premissas sem reclamar, porque afinal de contas, tinha que entender que era o mínimo esperado diante do presente que ele era na vida dela. Me poupe!


- Claro que haverá estranhamento, sofrimento, gritos, palavras duras, mágoa, muita discussão para tentar mudar ideias enraizadas e até mesmo medidas drásticas. Não é porque há uma criança envolvida que a mulher é obrigada a aceitar tudo. Nem todo amor do mundo justifica abnegação e sustenta uma relação capenga deste jeito. Mas como disse lá em cima, quis esfolar o príncipe até a página 165. A partir daí, vocês precisam ler para concluírem se o príncipe se redime e se isso é suficiente.

Amores Inesperados – Heirs before vows
1 – Enfeitiçado pela Paixão  – The Spaniard’s Pregnant Bride - Allegra Valenti e duque Cristian Acosta (Paixão Audácia 13)
2 – Desejo Profundo – The Prince’s Pregnant Mistress - Bailey Harper e príncipe Raphael DeSantis (Paixão Audácia 15)
3 – Fonte de Amor – The Italian’s Pregnant Virgin – Esther Abbott e Renzo Valenti (Paixão Audácia 16)


Bacci!!!


Beta
Reações:

Um comentário :