domingo, janeiro 29, 2017

Ciao!!!




Edição Portuguesa

Quer um livro romântico, engraçado, fofo? Achou.
Só não caia na bobagem de achar que a protagonista vive em uma bolha e o protagonista é insensível.
Mas não subestime Daisy. Ela é uma Bowman. Sabe direitinho o que quer.
Matthew também.

Escândalos na Primavera – Lisa Kleypas – Editora Arqueiro (As Quatro Estações do Amor 4)
(Scandal in Spring - 2006)
Personagens: Daisy Bowman e Matthew Swift

Daisy recebeu um ultimato do pai: tinha dois meses para arrumar um marido ou se casaria com Matthew Swift, o braço direito dele nas empresas e que era o filho ideal que ele não teve. Ela não pretendia se casar com um homem que era tão insensível e ambicioso quanto o pai, que não a entenderia e que a levaria de volta para os Estados Unidos, longe da irmã e das amigas. Mas ao reencontrar Matthew, percebeu que ele havia mudado e foi o ponto de partida para uma jornada onde as aparências enganam e segredos complicam tramas não muito simples.

Comentários: 
- A maioria das pessoas não se distingue por grandes feitos, mas por um número infinito de pequenas coisas. Sempre que você faz algo de bom ou faz alguém sorrir, isso dá sentido à sua vida. Nunca duvide de seu valor, minha cara. O mundo seria um lugar triste sem Daisy Bowman. 
- E chegamos à única amiga do quarteto que ainda está solteira. E isso se tornou um problema porque ela não atendia ao padrão idealizado dos nobres solteiros, eles a entediavam. O resultado é que, por não ter conseguido um noivado, recebeu um ultimato do pai: dois meses para arrumar um marido de quem gostasse ou então ela se casaria com alguém da escolha dele. No caso, o homem que ele considerava como um filho e que gostaria que herdasse as empresas: Matthew Swift.

- Daisy e Lillian (que está penando na reta final de gravidez) quase entram em combustão espontânea. Depois de três matrimônios bem-sucedidos, o quarteto queria que Daisy encontrasse o mesmo que Annabelle, Evangeline e a própria Lillian. E as irmãs tinham um motivo extra: viram o casamento dos pais e queriam maridos totalmente diferentes. Agora a caçula precisava de um milagre. Pediu por um. E teve a resposta imediata...

- ... ao reencontrar o homem com quem não queria se casar ao final do prazo. Matthew estava diferente, mais encorpado e bonito – e ainda agindo como o pau para toda obra que parece ter solução para todos os problemas. Ainda sério, mas havia algo que não se encaixava, o que instigou o melhor e o pior de Daisy. Seja no duelo com um ganso-bravo, uma competição, um imprevisto, alguns pretendentes levam o casal onde ela não queria e ele não poderia se casar a ficar cada vez mais próximos e menos propensos a manterem seus planos iniciais. Só que ainda seria necessário resolver uma pendência séria além de ter certeza dos sentimentos um do outro.

- Confesso que, incentivada pela imagem inicial que as irmãs Bowman construíram de Matthew, não matei a primeira parte da charada tão rápido quanto eu gostaria. E aí me vi na torcida pelo rapaz que subiu na vida pelo esforço e méritos próprios. Mas que, por mais que prosperasse, era sempre julgado e malvisto. E não podia se sentir livre. Assim como Daisy, não leva muito tempo para que a gente se apaixone por eles e queira ver os dois juntos. Mas não será tão fácil, por motivos próximos e outros ainda desconhecidos da maior parte dos envolvidos neste imbróglio romântico-casamenteiro.

- Mas no fim das contas quem resolve o impasse é Daisy. Se no início temos uma personagem que parecia até ligada eternamente no modo “delirante” – se isso era um incômodo para os pretendentes e para o pai dela, desculpa, mas eles são uns IDIOTAS – quando se viu diante da possibilidade de ter o que sempre leu nos romances, ela foi atrás. Houve um momento em que eu quis aplaudi-la porque ela foi extremamente decidida e fez valer o que queria, não o que queriam para ela.

- Enquanto isso, revemos as amigas em sua fase “esposa”. Annabelle e Simon estão felizes. Gente, quem diria que Wescliff se tornaria o mais fofo dos maridos fofos com a sua incontrolável Lillian? Exceto quando alguém pisa no calo e duvida da honra dele (ah, deu vontade de fazer pipoca nesta cena e gritar OLHA A TRETA!). St. Vincent é muito mencionado, mas só aparece mesmo em uma cena do tipo “solidariedade passe adiante” enquanto Evie tem um papel relevante na trama. Aliás, ela e Annabelle se saem como ótimas conselheiras, já que Lillian tinha a objetividade afetada por interesses pessoais de manter a irmã na Inglaterra perto dela.

- Sim, voltei a ser a louca que gargalha no ponto de ônibus - houve uma cena, inclusive que a gargalhada foi dentro do ônibus. Imagino que haja gente até agora se questionando o motivo. Pena que não tiveram coragem de me perguntar, porque eu iria falar: leia este livro.

As quatro estações do amor (The Wallflowers)
0.5 - Again the magic – Lady Aline Mardsen e John McKenna
1. Segredos de uma noite de verão – Secrets of a Summer Night - Annabelle Peyton e Simon Hunt
2. Era uma vez no outono  – It happened one Autumn – Lillian Bowman e Marcus Marsden, lorde Westcliff
3. Pecados no inverno – Devil in Winter – Evangeline Jenner e Sebastian, Visconde St. Vincent
4. Escândalos na primavera – Scandal in Spring – Daisy Bowman e Matthew Swift
5. A Wallflower Christmas – Hannah Appleton e Rafe Bowman


Bacci!!!


Beta
Reações:

22 comentários :

  1. Oi, oi! Tudo bem?
    Eu sou apaixonada por romances de época e... por histórias sobre reencontros. E, de certa forma ocorre um reencontro entre Daisy e Matthew, né?!
    Fiquei especialmente curiosa em relação ao Matthew e a tal charada que você demorou a desvendar.
    O fato de a protagonista ser decidida é um ponto super positivo... chega de mocinha spacatas e sonsas. Em um período em que a mulher não tinha voz nenhuma, a mínima chance de decidir qualquer coisa, torna tudo extraordinário, né?!
    Sua resenha me deixou curiosa não apenas sobre esse livro, mas sobre a série toda.

    Parabéns pela resenha e obrigada pela indicação!

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Beta!
    Não sou fã do gênero romance, mas curti o título da série e parece ser bem legal da maneira que vc colocou.
    Fico na torcida pela Daisy e pelo Matthew e vou indicar o livro para uma amiga que sei que vai adorar.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Hello!
    Sou louca para começar a ler a série As Quatro Estações do Amor, da Lisa Kleypas, adoro ela e sei que vou amar esses livros.
    Aadorei saber mais do livro 4 e ja vi que vou amar e me divertir demais.
    Quero conhecer demais esse casal, ja vi que vao aprontar demias, hahaha.
    As capas sao um charme a parte, vou com certeza comprar todos.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Não sou tão chegado em romances, mas este me pareceu muito legal. Também adorei o modo como você contou sobre ele.

    Ps: Também sou o louco que gargalha no onibus, haha

    ResponderExcluir
  5. .Olá
    Não sou muito chegada nos romances de época. Mas as vezes fico curiosa por causa do humor que alguns parecem ter, se não fosse série eu até arriscava quando bate aquela vontade de distrair depois de um policial mais pesado.

    ResponderExcluir
  6. Olá linda,

    Estou louca para comprar os dois últimos livros da série para poder terminar a série de uma vez. Não gostei do primeiro, mas o segundo em deixou encantada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Ainda não li nenhum dos livros da autora, mas tenho muita curiosidade principalmente por gostar do gênero e sempre ver elogios sobre a série.
    A premissa é bem interessante e quero saber se Daisy irá mudar de ideia em relação a Matthew e também conferir como ele mudou! Deve ser difícil ser a toda hora julgado e malvisto.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  8. Ai eu amo tudo que a Lisa escreve. Sério mesmo eu tô doida para ler esse livro. Eu já tenho o ebook dele mas e o tempo que me falta??? Espero logo concluir a leitura. Amei sua resenha. Parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ola lindona estou lendo esse livro e amando,adoro a Daisy,estou no começo do livro e já fui surpreendida com o encontro dos dois no jardim. Espero gostar assim assim como os demais da série. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Beta
    Que bom que amou tanto o livro e os protagonistas. Muito bom quando isso acontece. Sou dessas de soltar umas risadas no ônibus quando estou lendo. Às vezes tendo só disfarçar com um risinho, e consigo rs
    Sou doida para começar essa série e adorei saber de tantos pontos positivos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Beta!
    Estou com o livro na pilha, e ainda não consegui a ler.
    Como ainda não li, não sei dizer como voou me sentir na leitura, mas dos outros que li da série, o que eu mais gostei foi do terceiro. Vamos ver se esse vai superar rs
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!!

    AMO essa série! Amo muitoo! Ainda não consegui ler esse livro mas sei o quanto a Daisy é determinada e justa! Tenho certeza que ela roubará a semana durante o decorrer da obra!
    Adorei a resenha e espero ler o meu em breve!

    Beijinnhos


    ResponderExcluir
  13. Oiii!!!

    AMO essa série! Amo muitoo! Ainda não consegui ler esse livro mas sei o quanto a Daisy é determinada e justa! Tenho certeza que ela roubará a semana durante o decorrer da obra!
    Adorei a resenha e espero ler o meu em breve!

    Beijinnhos


    ResponderExcluir
  14. Olá! As capas são lindas, mas a versão brasileira supera as outras. Gostei da premissa do livro, mesmo não conhecendo a série, fui com a cara da protagonista, amo quando elas são fortes e determinadas. Será que ela vai conseguir um casamento? Fiquei curiosa, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Estou doida para começar essa série. Sou fã de romance de época e por isso quero ler tudo junto logo. Acho que o que mais me chamou atenção nessa quadrilogia foram as capas LINDAS. Louca para ler e ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. O amo! Ah, o amor! Eu sou apaixonada por romances e sua resenha está maravilhosa. Pretendo, sim, anotar a dica conferir a série toda depois! Abraços,
    Drica.

    ResponderExcluir
  17. hi baby, tudo bem? não conhecia essa série mas parece ser maravilhosa, além de que eu amo romances de época e esses parecem ser uma excelente pedida! vou add a minha lista de futuras leituras

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Algumas vezes já me peguei tendo esses "ataques" dentro de um ônibus ou metrô. Realmente achei a história bem interessante, e com um desenvolvimento gostoso de acompanhar. Já anotei aqui para iniciar a série, pois gosto destes romances leves e até divertidos de se ler, adorei mesmo sua resenha e animação com o enredo.

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Não curto romances de época, mas admito que as capas são muito bonitas. Eu pedi à editora um exemplar, mas vou dar à minha amiga, que é fã e está completando a série.

    ResponderExcluir
  20. Olá
    preciso conhecer essa série falta só detalhes pequenos como dinheiro e tempo rs
    Todas as resenhas elogiam muito, a vontade existe e só aumenta quando vi a sua resenha. Preciso conhecer.

    Talita - Viciados em Leitura

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Eu simplesmente amo romances de época, então eu estou apaixonada por essa série e mal posso esperar para poder conferir também! Ouvi pessoas considerando esse o melhor volume da série, o que é muito legal porque também é o final dela. Essa capa Brasileira está maravilhosa, muito mais bonita que as outras hahaha
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oie!
    Primeiro de tudo, achei todas as capas que você mostrou aqui lindas, mas a da Arqueiro tá simplesmente a melhor de todas!!! A editora lacrou e lacrou com gostoooo!!!!

    Sobre a sua resenha, sou apaixonada por romances de época e me acho uma sem noção por ainda nao ter tido a ooportunidade de ler nenhum livro da Lisa acredita?

    Achei a sua resenha fantástica e muito instigante e uma observação eu tbm sou a louca que ri no onibus, vc chora tbm? Outro dia tava chorando como uma doida no metro hahahahahha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir