quarta-feira, setembro 28, 2016

Ciao!!!


Se você segue minhas redes sociais – especialmente o Twitter – sabe que sou noveleira. E quando a história me ganha, faço questão de acompanhar. Mais recentemente, passei a comentar no Twitter com os outros noveleiros que nem eu – Além do Tempo (ai que novela ótima. Deveriam ter feito o livro dela, eu comprava), Totalmente Demais (empolguei na reta final) e, atualmente, quando consigo ver, comento Velho Chico (ah, costumo gostar de tudo que o Luiz Fernando Carvalho dirige). Por isso, não era de surpreender que eu compraria este livro assim que o encontrasse. Só demorei um pouquinho pra ler!

Cida, a empreguete: um diário íntimo – Leusa Araújo – Casa da Palavra
(2012)
Personagens: Maria Aparecida “Cida” dos Santos, as Empreguetes, a família “Sarnenta”

Cida era a órfã filha dos empregados da família Sarmento e trabalhava como arrumadeira desde os 12 anos. Sonhava em ser vista como alguém importante para a família, em se tornar jornalista (porque gostava de escrever) e em encontrar o amor de verdade. Ao longo dos episódios narrados no diário feito para contar à mãe o que ocorria na sua vida, Cida vai passar por uma série de reviravoltas, amadurecimento e descobrir realmente o que deseja da vida.

Comentários:

- Em 2012, eu acompanhava Cheias de Charme. Era uma novela divertida, colorida, engraçada. Com a Cláudia Abreu deitando e rolando com a Chayenne. Até lamentei a Globo não ter lançado as bonequinhas que apareciam na animação da abertura (e a que representa Cida está na capa do livro). Antes que perguntem, a minha empreguete favorita era a Penha. Ler o diário da Cida, escrito pela Leusa Araújo, a partir das personagens da trama de Filipe Miguez e Isabel de Oliveira, era uma forma de recuperar as boas lembranças da novela. Comprei e guardei o livro. Agora o reencontrei. O que foi ótimo porque a trama voltou no Vale a Pena Ver de Novo. Então óbvio que quero – quando nada atrapalhar – rever!

- A Cida era a mais romântica do trio protagonista “As Empreguetes”. O livro detalha a jornada dela antes do encontro das três Marias: a filha da empregada que não conheceu o pai, motorista que morreu em uma queda de barranco na região Serrana do Rio. Com 12 anos, a mãe morreu e ela ficou órfã, sendo cuidada pela Madrinha, que também trabalhava na casa Sarmento. Ela sonhava em ser reconhecida como a “filha de criação da família”, mas não era nada além da arrumadeira.

- A situação começa a mudar quando ela conhece um rapaz lindo chamado Conrado Werneck. O candidato a príncipe da jovem Cinderela. Só que ele não sabia que ela não era da família. Essa descoberta separa os dois. Na mesma época, Cida se envolveu em uma confusão e foi detida. Na delegacia, encontrou Maria do Rosário, uma empregada doméstica que sonhava em ser cantora e Maria da Penha, outra empregada que se desdobrava para cuidar do filho e do ex-marido “encostado”. Após serem soltas, as três ficam amigas e acabam mudando o rumo das próprias vidas ao gravar um clipe de brincadeira chamado “Vida de Empreguete” e se tornando uma girl band brasileira.

- Pensa que dinheiro resolve o problema? Não. Cida vê Conrado se casar com Isadora, uma das filhas dos Sarmento. Conhece e se sente atraída por Elano, o irmão de Penha, mas não consegue gostar totalmente dele por ainda pensar em Conrado. Passa a ter a independência financeira, mas vê a Madrinha ainda trabalhando nos Sarmentos e ela mesma não consegue se libertar do vínculo com a família que a explorou. E como nem sempre a vida é perfeita, o sonho das Empreguetes pode não durar para sempre diante dos problemas que aparecem quando o grupo põe o pé na estrada.

- O livro passa rapidinho, faz a gente se lembrar de vários momentos da trama (tanto que fiz questão de rever o clipe Vida de Empreguete), que ajudou a reforçar a discussão sobre os direitos das empregadas domésticas no país (as atrizes se engajaram no tema, assim como as personagens depois que ficam famosas). Cida vai descobrir e se redescobrir como pessoa, quais são seus reais desejos e sonhos. Vai sofrer, mas vai se libertar de vez dos Sarmentos e vai entender onde está o amor de verdade que ela sempre sonhou. 

- Links: Goodreads livro e autora; G1; booktrailerSkoob; site oficial da novela.

Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário