sábado, setembro 17, 2016

Ciao!!!



As aventuras de Mia em busca da quantia para pagar a dívida do pai continuam. Depois de dois intensos meses na Califórnia e em Seattle, a próxima missão era em Chicago.

A Garota do Calendário: Março – Audrey Carlan – Verus
(Calendar Girl: 2015)
Personagens: Mia Saunders e Anthony Fasano

Em Chicago, Mia seria a falsa noiva de Anthony, o comandante do império de restaurantes e culinário Fasano. O menino dos olhos de Ma Fasano, que já faz o planejamento do casamento com uma moça de família católica e espera para o mais rápido possível muitos netinhos e netinhas para dar continuidade e a próxima geração dos Fasano. Mia se envolve em uma confusão familiar e, quem diria, vira conselheira.

Comentários:

- A série continua seguindo o molde dos capítulos anteriores. Um novo cliente por 30 dias. A dívida do pai, que ainda não se recuperou da surra que levou do agiota, que precisa ser paga.

- Também temos mais cenas sobre dilema moral que persegue Mia: resolver consigo mesma os sentimentos sobre o que está fazendo. Porque a impressão que tenho é de que ela ainda não sabe lidar com o fato de ser contratada para passar um mês com um homem, ter a liberdade de dormir com os clientes e ser paga por isso. Não encontrou um rótulo que a satisfaça e não a limite como “acompanhante”, “garota de programa” ou para os dias de pensamento mais agressivo e autopunitivo “puta”. Sempre que eu imagino que ela parou de pirar com isso, há uma recaída em cima de alguma forma de se consolar, seja se vendo como mártir oferecida em sacrifício ou como “já que saiu na chuva, não tem problema em se encharcar”.

- No entanto, por mais que Mia seja a protagonista, confesso que o cliente da vez é sempre quem mais me interessa. E posso dizer que amei tudo a respeito do Anthony Fasano. Adoro a dinâmica de grandes e barulhentas famílias italianas e também acho interessante o que se esconde por baixo de tanto ruído, tanto abraço e tanto amor. No caso de Anthony, o bendito (e bota bendito nisso, porque o homem descrito pela autora é daqueles tão lindos que você nem consegue fingir que não sentiu o impacto) fruto entre cinco filhos, o chefe da companhia após a morte do pai e que estava se sentindo pressionado a fazer o possível e o impossível para não desagradar ninguém.

- Por isso, ele contratou Mia. A mãe o estava enlouquecendo com a pressão para assumir uma namorada e se tornar logo um homem de família. Além dos netos, seria ótimo para os negócios. Tudo perfeito para todos, menos para ele, que não queria isso. No entanto, vivia na corda banca, conciliando o interesse de todos, acaba se sacrificando. E as consequências podem ser desastrosas. O mais engraçado de tudo é ver Mia agindo de forma positiva, como conselheira de Anthony. Logo ela, cuja vida está caótica. Deve ser aquilo que dizem: quem está de fora tem melhor visão do assunto.

- Amei todos os personagens ligados ao Fasano. Eles tornaram a história divertida, passional e intensa. Vou sentir saudades deles. E gostei do desfecho da trama. Aliás, gostei até de uma “pegadinha” da autora, que me fez pensar que Mia teria “férias” em março, para poder fazer uma surpresa no fim. Interessante.

Segue a série. Estou atualizando com o nome do cliente do mês à medida que os livros cheguem ao Literatura de Mulherzinha. 

A garota do calendário
1 – January – Janeiro: Weston Charles Channing III
2 – February – Fevereiro: Alec Dubois
3 – March – Março: Anthony Fasano
4 – April – Abril: Mason Murphy
5 – May – Maio: Tai Niko
6 – June – Junho: Warren Shipley
7 – July – Julho: Anton Santiago
8 – August – Agosto: Maxwell Cunningham
9 – September – Setembro
10 – October – Outubro
11 – November – Novembro
12 – December - Dezembro


Bacci!!!

Beta
Reações:

14 comentários :

  1. Oiii Beta tudo bem?
    Menina eu estou apaixonada pela saga, porque realmente eu adoraria ter a oportunidade de realizar a leitura, gosto da personagem principal e quero conhecer cada caso em cada mês.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi, realmente os clientes do mês são mais interessantes que a Mia, mas a escrita da Audrey não é cansativa e quero ver o final dessa dívida rs Bja

    ResponderExcluir
  3. Oi, Beta!
    As capas americanas são lindas!!! Bem que a editora poderia ter deixado elas, né? Pena que na votação as pessoas votaram nessas. :/
    Esse é o próximo livro da série que vou ler. Espero gostar.
    Gosta dos livros, mas a Mia pira demais nesse rótulo do que faz. Ela sabia no que estava se metendo, mas ainda fica nessa de não saber o que fazer.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Beta! Ainda não tive a oportunidade de ler essa série por medo de não gostar haha, mas tenho lido tantos comentários positivos que fiquei curiosa em ler. Amei a sua resenha, deve ser uma situação muito difícil para a Mia e espero que ela consiga o dinheiro para pagar as dívidas do seu pai. Bjss!

    ResponderExcluir
  5. Oie! Tudo bem?

    Desisti de realizar a leitura dessa coleção faz tempo, li tanta opinião positiva e negativa que chegou em um momento que não conseguia mais olhar para a cara desses livros, por isso infelizmente passo a dica dessa vez!

    BJss

    ResponderExcluir
  6. Olá lindona,

    Estou só passar minha fase TCC me matando que vou me dedicar a essa série que anda me cativando muito através das resenhas e minha curiosidade por esses clientes mensais.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Beta!
    Assim que essa série foi lançada, eu me negava a ler. Aliás, eu achava que cada mês tinha uma mulher diferente, kkk.
    Enfim, ultimamente ando bem tentada a ler e por conta da sua resenha, essa vontade só aumentou.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eu parei bem na metade, espero conseguir ler o restante, no inicio fiquei com receio em ler, mas aí foi fluindo e acabei gostando, que bom que tú está curtindo, espero que você consiga ler todos eles. Ah! Torcer para Mia ficar no final com aquele boy do primeiro livro.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom?
    Já vi muito sobre esses livros, quando estavam sendo lançados e tudo mais, nem sei se todos já foram. Não é muito o estilo que costumo ler e eles não me chamam muita atenção, acho que o que mais me interessou foi o fato de ser um cliente por 30 dias. Adorei a resenha, a capa brasileira é bem mais bonita.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Essa é a capa do livro nos EUA? Gente, que coisa mais feia *0*
    Eu só li o primeiro livro, e, apesar de ter gostado da Mia e de sua determinação para conseguir o dinheiro (e também de vê-la aprendendo a gostar de si), eu não tenho vontade de ler os outros livros, pois não gosto do gênero. Aturo, mas não gosto :/ Vi que Março foi um dos favoritos de todos que já leram a série. Quem sabe o leia um dia.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi Beta, sua linda, tudo bem?
    Eu também adoro famílias italianas, o sentimento que cada um tem pelo o outro é inigualável.E eles realmente são divertidos e intensos. Acho que gostaria deles também. Mas não sou o público alvo dessa série, não gosto do comportamento da protagonista e acho que ele é incoerente. Por isso não leria. Mas que bom que você está gostando.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi

    apesar de a sua resenha estar maravilhosa, essa é uma dica que eu passo...caramba, não consigo ler o estilo, já tentei, mas sempre abandono...

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?

    Confesso que no começo, quando vi a divulgação dessa série, fiquei super interessada, mas que fui perdendo o interesse nela aos poucos. Todavia, tenho vontade de ler Março e Dezembro, porque as resenhas que li me deixaram mais curiosa, assim como a sua. XD

    Beijo!

    ResponderExcluir
  14. Pronto: eu comecei a simpatizar com essa prostituta (o que ela é de fato, sem dó e sem piedade) por conta dessas crises e dilemas. Mas eu continuo com raiva de ex-namorado e de pai por colocarem-na nessa situação ! Eu estou até torcendo para que ela divirta-se com essa família italiana, tão barulhenta e tão enorme ! Além de que eu fiquei curiosa mesmo para saber como esse monumento italiano foi descrito nesse livro !

    ResponderExcluir