sábado, agosto 20, 2016

Ciao!!!



Sabe a sensação de embarcar no trem andando? A pessoa pega o livro do meio de uma trilogia, sem ter lido o primeiro. Sim, sou dessas. E foi o que aconteceu aqui.

Crônicas de Blackwell: Corvos de Odin – K.L. Armstrong e M.A. Maar – Rocco Jovens Leitores
(The Blackwell Pages books 2: Odin’s Ravens – 2014)
Personagens: Matt Thorsen, Fen e Lauren Brekkie, os outros descendentes e os inimigos

Matt, Fen e Lauren precisavam ir até os subterrâneos para resgatar Baldwin. E também achar Mjölnir. Só assim conseguiriam ter condições de impedir o Ragnarök. Os adolescentes de Blackwell descendentes dos deuses nórdicos estavam em um jogo da vida real onde todas as decisões traziam riscos e consequências. E os desafios eram mortais. E os inimigos estavam prontos para atacar.

Comentários:

- Então, se você for como eu que não leu o primeiro livro e caiu de paraquedas no meio da confusão dos adolescentes de Blackwell (sim, existe um livro chamado Lobos de Loki que eu não tenho. Isso será corrigido o quanto antes), não se desespere: dá pra entender o que rolou antes, o que está em risco agora e o que eles precisam fazer.

- Basicamente, Blackwell é uma cidade em Dakota do Sul onde todo mundo tem alguma ligação com os deuses nórdicos. Matt é o Thorsen que será o Campeão de Thor na batalha (só que precisa estar convicto disso, porque é uma missão que, se ninguém mudar a profecia, vai terminar com ele morto). Lauren e Fen são primos Brekke, os herdeiros de Loki. Owen é o representante de Odin na jornada, mas quando o livro começa ele está separado do trio e bem encrencado. Os gêmeos Rey e Reyna são os descendentes de Frey e Freya, que preferiram deixar o grupo após o assasinato de Baldwin, o representante do deus Balder. Na mitologia, a morte dele desencadeia o Ragnarök porque Loki não lamenta e impede que o deus retorne do Hel, o Submundo, reino dos mortos.

- Como desta vez nem tudo seguiu o script da profecia, porque os descendentes de Loki lamentaram a o assassinato do amigo, o trio Matt, Fen e Lauren decide ir ao submundo pedir a deusa Helen que permita a volta de Baldwin. É neste ponto que este livro começa. Os sete estão separados, parte sem saber o que os outros estão fazendo ou que tipo de perigos estão enfrentando. 
“– Como é que vamos chegar na batalha do fim do mundo se todo mundo fica se machucando, morrendo ou desaparecendo? – resmungou Fen” (p.177)
- A forma como as autoras costuraram a história é bem interessante, adaptando as referências à mitologia nórdica (conheço mais a mitologia Greco-romana. Meus conhecimentos dos deuses nórdicos são recentes e um tanto longe da fonte original: Cavaleiros do Zodíaco e Marvel, além da série do Rick Riordan). Para mim, funciona bem. Entretém sem ser cansativa. Cada capítulo tem um narrador diferente alternando entre Matt, Lauren, Fen e Owen. Podemos conhecer mais da identidade e dos temores de cada um diante da gravidade da missão, da preocupação uns com os outros e de como reagem aos perigos cada vez mais surpreendentes, sejam eles sobrenaturais, dos deuses ou mesmo humanos. Podemos nos apegar aos personagens e temer pelo futuro deles. As ilustrações ajudam a gente a entrar no clima e até facilita no entendimento dos inimigos sobrenaturais.

- Além disso, ajuda ao mostrar personagens femininas fortes (em qualquer história do estilo sou fã das Valquírias), uma personagem descobrindo sua força, e os diferentes tipos de crises internas que os meninos enfrentam. Todos estão na caminhada que os especialistas destacam como o “mito do herói” – que precisa construir a fé em si mesmo e na própria força para chegar à conclusão de sua jornada. No entanto, para o Joseph Campbell, o fim é a morte que eleva o herói ao Olimpo (ou Valhala, no caso). Mas estou na torcida pelo final feliz do grupo.

- Ah sim, é o livro intermediário, então contente-se com algumas respostas e saiba que algumas coisas ficarão em aberto para serem concluídas no terceiro livro. Inclusive o gancho deixado no último capítulo que, por envolver um personagem ao qual me apeguei, me fez querer o fim da série para saber as consequências do que houve ali. Mas antes preciso achar o primeiro livro para colocar ordem na bagunça que eu fiz!

Crônicas de Blackwell
1 – Lobos de Loki - Loki’s wolves 
2 – Corvos de Odin - Odin’s ravens 
3 – Ainda não lançado em Português - Thor’s serpents 


Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário