domingo, maio 01, 2016

Ciao!!!



Há algum tempo (ou seja, não me lembro quando), fiz algumas compras na Wook e este livro entrou por indicação da Andrea e da Tonks. Aí foi para pilha “ler em breve”, um mundo de coisas aconteceu e o “breve” levou um tempo para se realizar.
Mas finalmente chegou a vez dele. E agora ele está aqui!

Todos os teus beijos – Laura Lee Guhrke – Quinta Essência
(His Every Kiss - 2004)
Personagens: Grace Chaval e Dylan Moore

Um compositor torturado e sofrido é salvo de uma decisão drástica por uma mulher misteriosa. Cinco anos depois, ele é confrontado com outra novidade na vida: uma filha. Ao mesmo tempo, o destino coloca a musa anjo da guarda novamente no caminho e Dylan não perde a chance. Ao lado de Grace, ele consegue voltar a ouvir música e a compor. Grace sabia por experiência própria que artistas eram volúveis e intensos na ânsia de explorar o que o talento (ou de ser consumido por ele). Poderia sofrer novamente, se não se protegesse. Mas haveria proteção suficiente de não se apaixonar por Dylan?

Comentários:

- Dylan vivia pela, para e por causa da música. Até que um acidente o privou da plenitude do que ele tinha certeza de que era sua vida. No auge do desespero, considerou se matar. Foi impedido por uma musicista misteriosa, que o convenceu de que ele deveria continuar vivo porque tudo seria superado. Cinco anos depois, ele ainda procurava por ela, que deu, mas levou a esperança de ouvir além do zumbido. Até que nova reviravolta o atingiu: ele tinha uma filha – que nem precisava de DNA para confirmar a paternidade - , precisava de uma preceptora. Aí o destino colaborou e recolocou a musa misteriosa no caminho. E desta vez, Dylan não a deixou escapar.

- A vida de Grace não estava fácil. Viúva, sem posses, dependia dos serviços que fazia como faxineira ou disfarçada como rapaz tocando violino em um grupo. Não esperava que Dylan Moore, o famoso compositor e maestro, a reconhecesse após um breve encontro. Muito menos que a quisesse por perto – embora ela teve que deixar limites bem claros porque não estava disposta a ser amante de ninguém. Mas, em busca de uma segurança financeira e da possibilidade de ter finalmente uma casa, ela aceitou a missão de cuidar de Isabel.

- Isabel é uma daquelas crianças precoces, que viu demais do mundo adulto e entende até o que ainda é cedo demais. Que esconde o lado vulnerável atrás de uma fachada que pode ser irritante, mimada e infantil (lembra que eu disse que o DNA era dispensado? Então...). Grace não dá moleza para ela. Nem para o pai. O livro tem um ritmo interessante, embora do meio para frente fique um pouco arrastado porque a relação entre Grace e Dylan parece que roda, roda, roda e não sai do lugar.

- De qualquer forma, na reta final, o livro volta a ser empolgante porque vemos os personagens despidos de sua fachada e revelando – nem que seja primeiro para os leitores (e talvez para personagens mais atentos) – o que sentem e a verdadeira intensidade deles. Grace tinha sofrido antes, não queria ser magoada de novo. No entanto, nem sempre proteger impede isso e nem sempre se arriscar é garantia imediata de felizes para sempre.

- Dylan vai amadurecer, porque o fato de ser músico genial o tornou uma criatura muito deslocada da realidade. Isabel e Grace serão incentivos para ele evoluir, mas também atingidas pelos rompantes dele. Nem tudo será como ele quer, quando ele quiser e bem entender. Meu melhor amigo me disse uma vez algo que nunca esqueci. “A gente tem um tempo de pedir. Deus tem o tempo certo em dar. Na maioria das vezes, eles não coincidem”. Só que Dylan não é um ogro, ele tem um bom coração. E está um pouco perdido. Nada que o amor – do jeito dele e na hora que considerar adequada – não possa ajudá-lo.

- Romântico, bonito, desorientado, descompensado, intenso, passional. Sinceramente, gostei muito. Quando a vida e a economia permitirem, quero ler mais da autora. Ainda mais porque... adivinha: faz parte de série! Todos (até onde sei) lançados em Portugal.

Série Guilty Pleasures

1. Guilty Pleasures - Prazeres Proibidos - Daphne Wade e Anthony, duque de Tremore
2. His Every Kiss – Todos os teus beijos - Grace Chaval e Dylan Moore
3. The Marriage BedA cama da paixão - lady Viola Courtland e John Hammond
4. She's no Princess - Muito mais que uma princesa - Lucia Valente e Ian Moore


Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário