terça-feira, abril 26, 2016

Ciao!!!





Aviso aos navegantes: se você não leu Entrelinhaspode parar por aqui. Porque tudo que eu disser mais a frente será spoiler para você.
Afinal de contas, a trama recomeça no ponto onde o primeiro livro terminou.

Onde está você - Tammara Webber – Verus Editora
(Where you are - 2011)
Personagens: Emma Pierce e Graham Douglas; Reid Alexander e Brooke Cameron

Após o reencontro inesperado e revelador em Nova Iorque, Emma e Graham finalmente assumiram que estão apaixonados um pelo outro, cheios de planos para o relacionamento. Só teriam que lidar com cinco semanas críticas: a formatura dele e a maratona promocional para o lançamento de Orgulho Estudantil os prenderiam em pontos opostos do país, com encontros ocasionais. A encrenca é que Brooke e Reid estão dispostos a evitar o happy end do casal e vão jogar muito pesado.

Comentários:

- Em Entrelinhas, temos a história contada por dois narradores: Emma e Reid. Aqui a narração em primeira pessoa é dividida pelo quarteto, então temos uma compreensão bem mais ampla das duas situações que estão se desenrolando simultaneamente: os passos iniciais do relacionamento de Emma e Graham e o plano de Brooke e Reid para separá-los, prevendo que haverá um momento em que as duas irão se chocar e nada mais será o mesmo.

- Emma e Graham ficaram muito próximos durante as filmagens de Orgulho Estudantil, mas, na época, parecia que havia pessoas demais no meio. O grau do relacionamento dele com Brooke. O envolvimento – fictício ou não – dela com Reid. Até o desfecho, longe de tudo, com direito a uma surpresa e a confissão de que havia algo entre os dois que valeria a pena explorar. Isso é narrado entre o final de Entrelinhas e nos primeiros capítulos de Onde está você, quando eles conversam e decidem que é isso que querem. Só que haveria alguns contratempos: eles moravam em cantos diferentes do país e não poderiam estar fisicamente juntos por um tempo, afinal de contas, Graham tinha a formatura na universidade e Emma iniciaria a turnê promocional do filme, ao lado de Reid.

- Quase ao mesmo tempo, Brooke decidiu que chegou a hora de dar um basta na amizade dela com Graham. Depois de decepções e relacionamentos superficiais, ela se sente preparada para algo mais profundo. E tem certeza de que seria a pessoa perfeita para o único amigo que manteve, inclusive (como ela mesma define) quando “agia como uma übervaca”. Ela só não contava com a surpresa de vê-lo absolutamente fascinado por Emma e dedicando a ela o sentimento que Brooke queria para si. Desta forma, a situação exigia medidas drásticas para tirar Emma do caminho. E a melhor forma era unir forças com Reid, que não tinha engolido a forma como foi rejeitado pela coprotagonista do filme e queria uma chance para reconquistá-la, nem que fosse para outro relacionamento “que seja eterno enquanto dure”.

- A partir daí, temos Emma e Graham lidando com as inseguranças e, sem perceber, com as consequências das manipulações de Brooke, auxiliada por Reid. E como no bom mineirês: NÓ! (= MinhaNossaSenhoradoPerpétuoSocorro), porque a autora vai mostrando as tramoias, o impacto, as consequências, as ações e reações que eu fiquei com tanta raiva da Brooke que, se ela passasse na minha frente, acho que seria capaz de perder as estribeiras. O que ela faz é de um egoísmo sem limites! Se Emma fosse uma protagonista de sangue quente, aposto que haveria um confronto daqueles dignos de cena de pancadaria feminina de novela das 9. E confesso que meu eu sanguinário escorpiano bem que queria rolar no chão, dar unhadas e arrancar cabelos da traíra.

- Mas Emma não é assim, é jovem, frágil, que está tentando assumir o controle da própria vida pela primeira vez e ainda não está preparada para lidar com este tipo de gente. Mesmo Graham que já viu um pouco mais do showbizz e da vida que ela também não percebe o que está acontecendo até um momento crítico. E Reid vai na onda porque é o único que, independente do desfecho, sairá ganhando nesta bagunça toda. Preparem-se para uma jornada de muita angústia para quem, como eu, queria ver Emma e Graham juntos desde o primeiro livro. Preparem-se para muitas surpresas de como as pessoas podem surpreender positivamente ou não, quando percebemos o que há por trás da fachada que exibem para a sociedade.
Agora é esperar o terceiro livro, para ver se faz sentido a “teoria da Emma” que encerra esta parte.

Série Between the Lines (Entrelinhas)
(AVISO: a propósito, se não quiser topar com spoiler antes da hora, não clique nos links que vão levar para os posts do Goodreads. O resumo já entrega situações que serão detalhadas no futuro, mas que já são citadas neste primeiro livro)

2. Where you are  Onde está você


Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Ora, eu simpatizei bastante com esse enredo desses dois romances, mas eu fico com um pé atrás com tudo que é baseado em "Orgulho e Preconceito" porque homenagem é homenagem mas isto parece-me querer roubar um pouco de louro alheio, seja pela razão que for. Mas que título horroroso e ridículo para um filme !!! Não bastava chamar de "Orgulho" simplesmente ?! Mais um romance em análise de interesse em minha lista ...

    ResponderExcluir