quinta-feira, abril 07, 2016

Ciao!!!





Nem darei desculpas. Não sei até hoje porque ainda não tinha lido este livro, que está há séculos aqui em casa. Vamos colocar na conta da lerdeza/ pane mental da blogueira.

Bem, como todo mundo sabe quem é Robert Galbraith, não vou me deter nisso também. Vamos direto falar do livro!

O Chamado do Cuco – Robert Galbraith – Editora Rocco
(The cuckoo’s calling – 2013 - Sphere)
Personagem: Cormoran Strike
Caso investigado: a morte da supermodelo Lula Landry

A vida do detetive particular Cormoran Strike não estava digna de nota. Rompeu um relacionamento longo e ainda estava sofrendo por isso. Não tinha para onde ir e foi morar no escritório onde trabalhava. Estava recebendo ameaças de morte. Não tinha mais tantos clientes. Mal podia arcar com os próprios custos, imagina uma secretária. E este caos foi presenciado por Robin, a secretária enviada pela agência de temporários. Ah, claro, chegou um novo caso. Um advogado queria reabrir a investigação da morte da irmã adotiva, que ele tinha certeza de que não foi o suicídio alegado pela polícia.

Comentários:

- Momento ostentação: MATEI A CHARADA SOZINHA! (reflexo dos anos de revolta lendo e levando rasteira da Agatha Christie). Claro que a intuição veio antes de compreender a motivação, mas OK. Me sinto a melhor das pseudoaprendizes de Miss Marple quando isso ocorre!

- Indo ao que interessa: o livro tem uma vibe bem Agatha Christie, no sentido de observação de um quadro exposto em partes conflitantes onde todos os detalhes fazem diferença. A supermodelo Lula Landry morreu após cair da janela no prédio em área de milionários onde morava. Após uma investigação acompanhada tipo BBB pela mídia, a polícia decretou que tinha sido suicídio. No entanto, o irmão de Lula, John Bristow, acreditava piamente na hipótese de assassinato e contratou o detetive particular Cormoran Strike para buscar evidências que comprovassem isso.

- Em meio ao caos da vida pessoal, após o rompimento de um relacionamento desgastado (o que não tornou o fim menos doloroso), os traumas de sua vida pessoal (filho de um roqueiro celebridade com uma groupie) e profissional (ele era da polícia militar e deixou o Exército após perder meia perna em uma explosão no Afeganistão. Isso ainda não estava concluído na mente dele. Para agravar, não estava no melhor momento como detetive), Cormoran ainda tinha que resolver o dilema do que fazer com a secretária. Ele não tinha condições de bancar uma funcionária, no entanto Robin Ellacott se revelou um achado, que entendia exatamente o que ele precisava – em alguns casos, antes mesmo de ele perceber.

- No entanto, ao receber uma pessoa com quem ele teve uma ligação na infância, Cormoran resolveu aceitar remexer no caso. Entre testemunhas cooperativas, “aparecidas”, interesseiras, mentirosas, criativas, omissas e reticentes, ele se embrenha em uma trama de perdas, busca da própria identidade, racismo, inveja, beleza, feiura, fama, perseguição, excessos, autodestruição, vidas vazias, drogas, fachada, ambições, ganância, sonhos, maldade e, talvez, com sorte, um pingo de afeto legítimo. Histórias que se contradizem. Relatos que omitem e – ao mesmo tempo – revelam o que não querem. Pessoas que insistem que nada sabem e terminam sendo vitais.

- Ao atender ao chamado do cuco (aliás, título genial para que, como o Capscolé, entendeu a referência), Cormoran vai desmontar uma história que parecia fechada, mas que ainda clamava por ser revelada da forma correta. E é uma pena que não posso falar mais sobre ele! Ah, uma última coisa, se você for como eu e ainda não tiver lido e gostar de livros policiais, pode pegar e se divertir sem medo. Já estou de olho comprido no próximo (que já morava na pilha) e aguardando o lançamento do terceiro no Brasil.

- É o primeiro da série sobre as investigações de Cormoran Strike. Eis os livros já lançados:
1. O chamado do cuco – The cuckoo’s calling 
2. O bicho-de-seda – The Silkworm 
3. Vocação para o mal – The Career of Evil (lançamento neste mês)

- Links: Goodreads livro, série e autor; site do autor; Skoob.

Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Comprei todos na Bienal, comecei a ler e estou amando O Chamado do Cuco!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou fã de suspense, seja em filme ou livro, tal qual como você não é fã de filme ou livro de terror, por uma razão simples: eles fazem-me ficar angustiada com tanto diz-que-diz-sem-dizer-nada, então meu lado prático que não suporta mal-entendidos facilmente tende a rechaçar automaticamente por preservação instintiva. Eu respeito Agatha Christie e Arthur Conan Doyle, tendo lido ambos, mas isento-me sempre mesmo.

    ResponderExcluir