domingo, março 06, 2016

Ciao!!!



Sei que sou muito suspeita para falar – e que vai soar como chover no molhado – mas a Mia Sheridan conseguiu de novo. Ao retratar a dor de um garoto que só queria ser amado e só encontrou amor em uma garota, da qual foi separado e não sabia se seria digno dela.
O caminho para a cura do leão ferido consegue ser tocante, sofrido, singelo, ao mostrar a dor e o amor e a esperança como forma de lidar e superá-la.

Antes que eu me esqueça, precisa ler O coração do Leão para poder mergulhar na jornada de Leo em O Leão FeridoEntão se você não leu e não quer saber spoiler (e olha que me contive, mas sempre escapa algo), pare por enquanto e volte quando ler ;D
Este texto vai ficar aqui paradinho esperando por você!

O Leão Ferido – Mia Sheridan – Arqueiro (Signos do Amor)
(Leo’s chance - 2013)
Personagens: Evelyn “Evie” Cruise, Leo McKenna/Jake Madsen

A dor física tinha sido superada, mas deixou cicatrizes internas que, por mais que tivesse tratado, ainda pesavam e doíam. Depois de assumir o controle da vida e da empresa que herdou do pai adotivo, Leo cria coragem para descobrir como está Evie. Pensou que conseguiria fazer isso sem ser descoberto, mas ela o flagrou e ele não teve coragem de dizer quem era. Ele se permite ficar perto dela, conviver com ela e expressar a paixão e o amor que nunca deixou de sentir. No entanto, com o passado recente ainda o assombrando, e a mentira sobre quem ela pairando sobre eles, quanto tempo levaria para tudo ruir?

Comentários:

- O que mais me surpreende é que Leo/Jake e Evie são jovens, estão com 21 e 23 anos, mas são muito mais velhos que suas idades cronológicas, por causa de tudo que viveram, enfrentaram, superaram ou ainda estão superando.  Em O Coração do Leão, vimos o lado de Evie na história. O que ela passou desde que Leo foi adotado e embora do abrigo onde eles viviam. Até que Jake surgiu e, com ele, a promessa de algo totalmente único na vida dela até a verdade vir à tona.

- Ah, mas outro livro contando a mesma história? Sim, outras autoras e outros autores já fizeram, com mais ou menos sucesso. Porque o risco é ser um “mais do mesmo” apenas com outra pessoa narrando. Só que a Mia Sheridan consegue nos apresentar uma trama nova, mesmo a gente revendo momentos narrados por Evie. Porque é a história de Leo. Ah, mas Leo contou a história dele antes? Só que ela aprofunda. A gente tem as informações do livro anterior como ponto de partida para entender o que ela detalha aqui: a solidão, o desespero, a confusão, a dor, a rejeição de um menino que só encontrou amor em uma garota. No entanto, eles foram separados e prometeram se reencontrar.

- Mas o menino não pode cumprir a promessa porque o que prometia ser a família que ele nunca teve se revelou um drama ainda maior. Assustado, confuso, magoado, sentindo-se culpado, Leo embarcou em uma jornada de autodestruição. O livro narra em dois tempos: como ele se recuperou ao atingir o fundo do poço e como reagiu ao reencontro com Evie – e ela não o reconheceu – e ao fato de assumir os projetos que o pai adotivo confiou a ele. 
“É preciso muita determinação para não cair na armadilha de se autodepreciar. A autodepreciação é uma doença e pode ser tão fatal quanto qualquer outra. Segredos e vergonha podem acabar com uma vida. Sei que não estou me ajudando ao fazer algo moralmente questionável como esconder algo de Evie, mas preciso de tempo. Apenas um pouco.” (p.34)
- Temos a jornada de um rapaz que tinha a alma de um leão, tão selvagem, forte e poderoso. No entanto, esta alma estava ferida e precisava recuperar a capacidade de acreditar que a vida tivesse um lado bom. A maioria das pessoas não deu motivo a ele para confiar, para crer que ele poderia ter uma vida saudável e feliz. As perdas magoaram e aumentaram ainda mais os ferimentos. No entanto, o amor pode ser a redenção. E em todos os momentos, os melhores, os piores e os completamente horrorosos, a pessoa que representou a pureza e os bons sentimentos que ele achava que havia perdido ou que não era digno de sentir foi a garota para quem, uma noite em um telhado de um abrigo, prometeu que voltaria.
– O que me preocupa é você colocar toda a sua autoestima nas mãos de uma pessoa. Evie o amou. Não me parece que você tenha sequer duvidado disso. Mas nenhum de nós sabe como está a vida de Evie agora ou se ela estará disposta a deixá-lo voltar a fazer parte dela, seja como for. Isso não pode defini-lo, filho. Isso não pode ser o que vai determinar a sua autoestima. Ela tem que existir com ou sem Evie. Porque mesmo se Evie o aceitar de volta na vida dela, mesmo se estiver disposta a isso, você precisa ser um homem por inteiro quando pedir que Evie dê esse salto de fé. Você deve isso a ela. Não só a Evie, mas a si mesmo também. (p.22)

- Agora ele tinha a chance de estar com esta garota, mas temia como ela reagiria como descobrisse a verdade. E ainda estava às voltas com uma mulher indesejada que o perseguia, outra que estava disposta a tê-lo como um troféu milionário. Leo queria ser feliz, mas precisaria perdoar a si mesmo e desbravar muitos caminhos para conseguir a redenção que necessitava ter e a paz que sempre sonhou.

- É a história de um primeiro amor que precisou percorrer um longo caminho até se concretizar. A Mia não nos faz fugir para um mundo cor de rosa, pelo contrário, ela não poupa os personagens do lado feio da vida. E faz com que eles descubram que podem sim superar a tristeza, que podem aprender com o que viveram e se tornar pessoas melhores e mais fortes, com compaixão e respeito pelos seres humanos. É isso que aproxima quem lê dos personagens. A esperança em dias melhores. E a certeza de que, amando e sendo retribuído, não importa a turbulência, eles sempre chegarão.

Porque, como prova e comprova o livro, o amor vence!

Depois do lançamento do livro #4 – A voz do Arqueiro – e a editora publicou os dois relacionados a Leão na cronologia da série Signs of Love. A Editora Arqueiro ainda não anunciou o próximo. Preciso dizer que estou ansiosa para que sigam a cronologia?
Obviamente, quero e estou esperando para ler todos os outros.

Série Signos do Amor (A Sign of Love)
1. Leo  O coração do Leão – Evie e Leo (Leão #1)
2. Leo’s chance  O Leão Ferido (lançamento de fevereiro) – Evie e Leo (Leão #2)
3. Stinger Veneno (lançamento de julho) – Grace Hamilton e Carson Stinger (Escorpião)
4. Archer’s voice  A Voz do Arqueiro – Bree Prescott e Archer Hale (Sagitário)
5. Becoming Calder – ainda não lançado em Português – Eden e Calder (Aquário #1)
6. Finding Eden – ainda não lançado em Português – Eden e Calder (Aquário #2)
7. Kyland – ainda não lançado em Português – Tenleigh Falyn e Kyland Barrett (Touro)
8. Grayson's vow - ainda não lançado em Português - Kira Dallaire e Grayson Hawthorne (Libra)
9. Midnight Lily - ainda não lançado em Português - Holden Scott (Virgem
10. Ramsay - ainda não lançado em Português - Brogan Ramsay (Áries)


Bacci!!!

Beta 
Reações:

Um comentário :

  1. Eu fiquei apaixonada por Leo. Ele sim poderia ser considerado uma Fera digna daquele conto de fadas ! Ora, ser adotado deveria ter sido um acontecimento fabuloso, levando-o para uma família feliz e sadia, para compensar que estava levando-o para longe de seu amor de sua vida. Mas trocar um inferno cruel por um inferno pior foi malvadeza ! Tadinho ! Ótimo ele ser um homem forte, emocionalmente e fisicamente !

    Não seria possível ser nada menos que um leão para enfrentar uma situação desse naipe, metade criada por quem adotou-o e metade criada por um menino e um rapaz aturdidos com sua vida própria. Eu simpatizei bastante com ele ao vê-lo criar um disfarce para reaproximar-se de sua amada. Não foi-me aversivo, pois sua cautela era muito compreensível e tudo enterneceu-me muitíssimo. Eu não vi covardia alguma nisso.

    ResponderExcluir