segunda-feira, maio 11, 2015

Ciao!!!


Chegou a hora de conhecer os lançamentos do Grupo Editorial Record para o mês de maio. Tem histórico, curiosidade, romance, biografia. Tem Jamie McGuire. E tem Nora Roberts.
Confiram alguns dos destaques que chegam às prateleiras neste mês.

O marido ideal
Holly Peterson
Allie Crawford tem a vida com que sempre sonhou. Sua carreira vai de vento em popa, tem dois filhos adoráveis e um marido que é a personificação do charme e da beleza – além de ser um profissional bem-sucedido que lhe proporciona uma vida em família tranquila e ao mesmo tempo emocionante em Nova York.
Porém, quando, durante uma festa em seu apartamento, Allie encontra o marido trancado na área de serviço com uma loura estonteante, o escândalo que se segue coloca sua vida de cabeça para baixo.
Com a ajuda de uma nova amiga, de um antigo caso mal-resolvido, e de um cara que acabou de conhecer, Allie começa a perceber que seu casamento parece mais uma farsa do que algo real. Será que ela não se apaixonou por Wade, e sim pela ideia de ele ser o marido perfeito?
Narrado pelo ponto de vista de uma personagem cativante que tenta de muitas formas manter seu casamento e sua carreira nos trilhos, O marido ideal é um romance sedutor que mistura elementos de intriga, de conspiração e de paixão intensa, e que mostra como conseguimos ser surpreendentemente fortes quando enfrentamos os nossos maiores medos.

Cruzada (Vol. 2 Trilogia Irmandade)
Robyn Young
Will Campbell é um cavaleiro templário treinado para a guerra. Mas é também integrante da Anima Templi, popularmente conhecida como Irmandade – uma sociedade secreta dentro da Ordem dos Templários, cujo objetivo é fomentar a paz entre diferentes religiões.
Após anos de derramamento de sangue na Terra Santa, a Irmandade enfim orquestra uma delicada trégua entre os exércitos cristão e muçulmano.
Porém, a Anima Templi descobre indícios de uma conspiração de um grupo de comerciantes do Ocidente que planeja reiniciar o conflito entre cristãos e mamelucos (ancestrais dos árabes) visando aos lucros com a venda de armas para ambos os lados.
Como se não bastasse, o rei Eduardo, outrora um confiável integrante da Irmandade, promete ao papa que vai tomar a cruz de Jerusalém liderando uma nova cruzada. Para evitar que isso aconteça, Will recorre ao braço-direito do sultão egípcio Baybars, o emir Kalawun, que tenta proteger sua filha das perversões do marido, o cruel filho do sultão, que planeja destronar seu pai e subjugar os mamelucos.

A filha do Fazedor de Reis
Philippa Gregory
Quarto livro da série que aborda a Guerra das Duas Rosas
Richard Neville, conde de Warwick, é conhecido como “Fazedor de Reis”, o homem mais poderoso da Inglaterra no século XV. Sem filhos nem herdeiros, ele usa suas filhas, Anne e Isabel, como peões em seus jogos políticos. No entanto, apesar de seus esforços, vê sua influência reduzida na corte de seu antigo amigo e aliado, Eduardo IV.
Assim, Anne, antes uma criança encantadora, se torna uma mulher corajosa ao acompanhar seu pai numa guerra contra o rei da Inglaterra e colocando o herdeiro de Henrique VI no trono, com quem Anne é casada. Porém a jovem logo se vê sozinha, pois seu marido morre e sua família está distante.
Então, ela acaba se casando com Ricardo, duque de Gloucester e levando-a novamente ao centro das intrigas da corte. Ao mesmo tempo que sua escolha poderá colocá-la em conflito com outros integrantes da família real, ela fará com que a maior ambição de seu pai se realize: ascender ao trono inglês.

Freddie Mercury: A biografia
Laura Jackson
A vida de um dos maiores ícones da história do rock
Dono de um talento colossal aliado a uma personalidade infantil, Freddie Mercury tinha uma tendência ao excesso que marcava o seu temperamento de forma definitiva, responsável por suas maiores glórias – e também por seus piores momentos.
Descrevendo a trajetória do astro desde sua infância na exótica Zanzibar e sua transformação de Farrokh Bulsara em Freddie Mercury até sua consagração com o Queen, Laura Jackson narra os tumultuados relacionamentos da vida do cantor, como sua relação duradoura e conturbada com seu primeiro amor, Mary Austin, e a parceria de uma vida inteira com sua confidente, Barbara Valentin. Com depoimentos de amigos mais próximos a ele, Freddie Mercury: A biografia apresenta histórias inéditas do artista que marcou para sempre a história da música.

Alguém viu a Mona Lisa?
Rick Gekoski
A curiosa história do desaparecimento de obras de arte e de tesouros literários
Alguém viu a Mona Lisa? conta as histórias e curiosidades por trás de algumas das maiores perdas da cultura artística mundial – incluindo obras que jamais existiram. O bibliófilo Rick Gekoski nos instiga a desvendar o mistério dessas ausências, como o roubo da Mona Lisa do Museu do Louvre em 1911 e o poema escrito por James Joyce aos 9 anos, desaparecido e tido como o Santo Graal dos tesouros literários.
O livro trata também de assuntos delicados, como o papel da guerra na apropriação de obras artísticas e no saque aos bens culturais de civilizações antigas, e se é aceitável destruir uma obra de arte, ainda que como desejo último do artista.

A suavidade do vento
Cristovão Tezza
A edição definitiva de um dos principais romances do autor de O filho eterno
J. Matozo é um misterioso professor de português em uma pequena cidade paranaense. Na solidão de seu pequeno quarto no segundo andar de um sobrado, ele gasta suas horas livres naquilo que pode tirá-lo – ou ao menos destacá-lo – da mediocridade circundante: Matozo escreve um livro. A aspiração de Matozo vai levá-lo a enfrentar a difícil escolha entre alimentar o sonho de se tornar um escritor reconhecido e manter sua posição confortável na sociedade local.
Publicado em 1991, A suavidade do vento é uma arguta recriação literária de uma sociedade de regras e pequenas pretensões, que equilibra a tradição realista de uma vertente da literatura brasileira com elementos de fantasia de uma fábula moral.
Escrito com a segurança narrativa característica da prosa de Cristovão Tezza, este romance compõe um importante momento na construção de uma das obras mais consistentes da literatura brasileira contemporânea.
  
Doce Relíquia Mortal
Nora Roberts & J.D. Robb
Romance e emoção no novo livro de Nora Roberts, escrito em parceria com seu pseudônimo J.D. Robb
Laine Tavish é a conhecida dona da Doce Relíquia, uma encantadora loja de antiguidades. Seus clientes, no entanto, nem imaginam que ela é filha de um trapaceiro conhecido pela polícia e que cresceu como uma fora da lei, sempre se mudando de cidade. Mas o passado de Laine acaba por alcançá-la. Seu tio há muitos anos desaparecido visita a Doce Relíquia e deixa um misterioso alerta antes de morrer atropelado por um carro. Logo em seguida, a casa de Laine é saqueada. Agora, as respostas sobre quem a persegue – e por quê – precisam ser encontradas por ela e pelo enigmático e atraente Max Gannon. E uma fortuna em diamantes roubados e desaparecidos faz parte desse mistério.
Décadas depois, na Nova York do ano 2059, uma boa parte do velho tesouro que Laine e Max tanto buscaram continua sumida. Mas agora há mais alguém à procura dos diamantes; uma pessoa disposta a matar por eles.
Doce Relíquia Mortal é uma jornada eletrizante onde se misturam o romance e a emoção nos dias de hoje com o suspense futurístico de várias décadas adiante.

A ilha
Elin Hilderbrand
Birdie Cousins se envolveu completamente nos preparativos do luxuoso casamento de sua filha Chess. Até que ela recebe um telefonema de Chess, no meio da noite, anunciando o rompimento do noivado. Esse é apenas o primeiro sinal do que será um verão de reviravoltas e revelações.
Birdie, então, decide dar um tempo no seu primeiro romance desde o divórcio e convoca Tate, sua filha caçula, e India, sua irmã, para que, juntas, unam forças em torno de Chess. As quatro viajam para a bela e rústica ilha de Tuckernuck, onde a família passou muitos verões. Sem telefone, sem televisão, sem comércio – um lugar onde elas podem fugir de seus problemas.
Mas basta reunir irmãs, filhas, ex-amantes e segredos de longa data em uma ilha remota, para que revelações dramáticas sejam feitas, antigos amores reacendam, e novas paixões surjam.
A Ilha é uma sensível e tocante história que só Elin Hilderbrand é capaz de contar, com as angústias, risadas e surpresas que fizeram de seus famosos romances uma parte tão essencial do verão quanto uma longa tarde em uma praia ensolarada.

Ninguém transa às terças-feiras
Tracy Bloom
Uma comédia romântica que chegou ao topo da lista de e-books mais vendidos no Reino Unido
Katy e Matthew eram um casal inseparável. Mesmo quando ingressaram em universidades diferentes, resistiram por um tempo à distância e às tentações dessa nova fase da vida. Até que Matthew pisou feio na bola e pôs tudo a perder. Dezoito anos depois, eles se reencontram numa confraternização de ex-alunos. Matthew está casado, e Katy, comprometida. Mas aquela festa, embalada por hits dos anos 1980, reacende a velha chama. Quando acordam juntos na manhã seguinte, confusos e arrependidos, decidem nunca mais se ver.
Pelo menos era esse o plano. Agora, Katy está grávida e precisa encarar os desafios de ser mãe ao lado de Ben, seu namorado oito anos mais jovem. Ao mesmo tempo, Matthew vê sua vida perfeita entrar em colapso ao descobrir que pode ser o pai do filho de Katy justamente quando Alison, sua esposa, também está grávida, de gêmeos. Sem saber quem é o pai da criança, Katy se vê mais dividida do que nunca. E, embora saiba que Matthew a magoou como nenhum outro homem, não consegue se desvencilhar dos antigos sentimentos.

Matando borboletas
M. Anjelais
O primeiro amor, a inocência perdida, e a beleza que pode ser encontrada até nas circunstâncias mais perversas
Sphinx e Cadence — prometidos um ao outro na infância e envolvidos na adolescência. Sphinx é meiga, compassiva, comum. Cadence é brilhante, carismático — e doente. Na infância, ele deixou uma cicatriz nela com uma faca. Agora, conforme a doença de Cadence progride, ele se torna cada vez mais difícil.
Ninguém sabe ainda, mas Cadence é incapaz de ter sentimentos. Sphinx quer continuar leal a ele, mas teme por sua vida. O relacionamento entre os dois vai passar por muitas reviravoltas, até chegar ao aterrorizante clímax que pode envolver o sacrifício supremo.

Red hill
Jamie McGuire
Uma história de zumbis e relações humanas da autora best-seller de Belo desastre
Para Scarlet, cuidar de suas duas filhas sozinha significa que lutar pelo amanhã é uma batalha diária. Nathan tem uma mulher, mas não se lembra o que é estar apaixonado; a única coisa que faz a volta para casa valer a pena é sua filha Zoe. A maior preocupação de Miranda é saber se seu carro tem espaço suficiente para sua irmã e seus amigos irem viajar no fim de semana, escapando das provas finais da faculdade.
Quando a notícia de uma epidemia mortal se espalha, essas pessoas comuns se deparam com situações extraordinárias e, de repente, seus destinos se misturam. Percebendo que não conseguiriam fugir do perigo, Scarlet, Nathan, e Miranda procuram desesperadamente por abrigo no mesmo rancho isolado, o Red Hill. Emoções estão a flor da pele quando novos e velhos relacionamentos são testados diante do terrível inimigo – um inimigo que já não se lembra mais o que é ser humano.
O que acontece quando aquele por quem você morreria, se transforma naquele que pode lhe destruir?

O descompasso infinito do coração
Bianca Briones
Novo volume da série Batidas Perdidas, que começou com As batidas perdidas do coração
Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente.
Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas enquanto Bernardo é preenchido por certezas, o coração de Clara é inundado por traumas.
Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar? E o mais importante: como se entregar de corpo e alma quando não se consegue amar nem a si mesma?


Estes são alguns dos lançamentos de maio. Confira as novidades e notícias no site oficialno FacebookTwitter e Instagram do Grupo Editorial Record.

Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Olá !!!!! Me identifiquei horrores com seu gosto literário !!! vou estar sempre por que acompanhando !!!! Parabéns pelo blog !!!!

    ResponderExcluir
  2. "Cruzada" e "Filha de Fazedor de Reis" foram minhas opções desta lista. Esse primeiro romance, bem como sua trilogia, dariam filmes ótimos. Esse segundo romance foi transformado em uma minissérie linda, que eu assisti saboreando cada pedacinho, amaldiçoando minhas antipatias e vibrando com minhas simpatias muito devidamente. Eu senti muito dó de Richard nessa versão de sua vida certamente !

    ResponderExcluir