sábado, maio 16, 2015

Ciao!!!


Vamos falar sobre patinhos feios que encontram príncipes encantados. Só que ambos precisam resolver alguns traumas do passado antes do final feliz?

A outra história desta edição é Aventura na Grécia, Abby Green.

Tenda do Amor – Annie West – Harlequin 2 Histórias 182 (Noites Inesquecíveis)
(The desert king’s pregnant wife – 2008 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Maggie Lewis e Khalid Bin Shareef

A promessa de felicidade implodiu diante dos olhos de Maggie. Desorientada, caminhou debaixo de chuva, até ser resgatada literalmente por um príncipe. O sheik Khalid era visitante no haras Tallawanta, na Austrália e socorreu uma jovem obviamente em estado de choque e à beira de uma hipotermia. Os dois se envolvem, passam a noite juntos e ela some durante a madrugada e ele tem uma emergência e precisa voltar para casa na manhã seguinte. Meses depois, Maggie é incumbida de acompanhar dois cavalos à Shajehar e descobre que não só está grávida como está a caminho de se casar com o novo rei. E estava certa de que poderia aguentar um casamento por conveniência pelo bebê...

Comentários.

- Imagina que você acaba de se decepcionar profundamente com uma pessoa. Imagina que você sai totalmente sem rumo pela rua andando na chuva no interior da Austrália. Neste momento de total falta de esperança você termina resgatada por um príncipe. Nas horas seguintes, ele te ajuda e te consola e quando você percebe, está disposta a avançar o sinal por uma noite se sentindo amada. E que consegue a melhor noite da sua vida, que, por algumas horas, abalam todas as suas convicções pessoais sobre ser um ser merecedor de amor e se enxergar como mulher desejável e bonita.

- Pois é, Maggie teve isso. Abandonada pela mãe – que foi embora levando a irmã e a deixou para trás ainda criança - criada por um pai que a culpava por não ser o filho que tanto quis, teve que sufocar o próprio reconhecimento de ser uma garota, buscando uma invisibilidade que por pouco não a cegou sobre si mesma. Achou que tinha encontrado um caminho ao atrair a atenção de Marcus, até descobrir que o noivo não a queria. No entanto, o sheik Khalid age como príncipe encantado, resgata a moça com autoestima destroçada, cuida dela e tenta ser um cavalheiro, mas ela toma a iniciativa de, pelo menos uma vez na vida, desfrutar ser desejada e se sentir feliz com isso.

- Claro que a consciência pesa e ela cai fora. Ele se sente abandonado, mas é chamado de volta para casa e, momentaneamente, não pode tomar nenhuma atitude a respeito. Mas temos um sheik que quer mais, por isso, óbvio que ele dará o jeito que é óbvio: levá-la para o país dele. Só que o destino resolve surpreendê-los novamente e ambos descobrem de forma inesperada que ela está grávida. O casamento se torna a solução porque, como os dois vieram de famílias complicadas, não desejam o mesmo para o bebê a caminho.

- Nossa, mas você vai contar o livro inteiro? Nops, esse é o resumo da primeira parte do livro. A autora dedicou bom tempo a mostrar a construção do relacionamento deles, após o início na noite de tempestade climática e emocional. Dedicou um tempo a detalhar (houve momentos que tive vontade de gritar “OK, EU ENTENDI!!!”) as razões do profundo complexo de patinho feio da Maggie e, claro, que isso não seria superado de uma hora para outra (embora me estresse ela quase não ter dado voto de confiança ao marido. Se ainda fosse algum dos sheiks virados no capeta que já foram publicados, mas não, esse vale a pena) e aos poucos nos apresenta as razões do medo do sheik Khalid. Apesar de que ele pensa uma coisa, sente outra e age completamente diferente. Meu entendimento do livro é que ela mal interpreta todas as razões dele com base no próprio trauma pessoal. Aí ambos tentam se proteger do sofrimento sem magoar o outro e adivinham o que acabam fazendo? Infelizmente, para ambos, será uma jornada demorada, para que eles superem os próprios receios e possam se amar...

- Resumindo: patinho feio encontra príncipe encantado traumatizado. Os dois passam mais tempo remexendo nas próprias feridas que dizendo o que realmente gostariam de dizer um ao outro. Teremos muitas confusões, fica um pouco repetitivo, mesmo assim ainda é uma boa história, até o final feliz. E vocês estão lendo isso de uma pessoa que não tem os sheiks em alta conta. Mas já estava me estressando Maggie não perceber como valia a pena lutar por Khalid e finalmente construir uma história feliz.

- A trama da mãe e da irmã de Maggie fica em aberto. Imaginei que houvesse outro livro, falando sobre Cassie, mas ainda não achei indicação disso. Ficarei atenta.


Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Oh, eu tinha certeza de que eu queria este romance quando eu li que ela e ele tornaram-se amantes por uma noite após ele resgatar uma mulher ferida emocionalmente sob uma tempestade para cuidar dela, sendo cavalheiro mas sendo seduzido por ela mesma em um momento de arroubo para sentir-se amada e feliz, sobrevindo uma separação equivocada de ambos, seguida de caçada e gravidez !!!

    ResponderExcluir