domingo, abril 26, 2015

Ciao!!!




Não vamos prestar atenção só na capa nacional.
Não vamos prestar atenção também só na capa internacional.
Vamos falar sobre um livro onde as pessoas se despem física e emocionalmente.

Stripper – Kelli Ireland – Flor da Pele 12
(Stripped down – 2014 – Harlequin Blaze)
personagens: Cassidy Wheeler Jameson e Eric Reeves/Dalton Chase

Era apenas a despedida de solteira de Gwen, mas a encomenda saiu melhor que o previsto, foi a conclusão de Cass, melhor amiga e madrinha algemada à noiva ao abrir a porta e se deparar com o maravilhoso stripper contratado para entretenimento e deleite das convidadas. Dalton, o stripper principal da Beaux Hommes, também se surpreendeu ao se sentir atraído pela madrinha. Não estava atrás de relacionamentos já que tirar a roupa para mulheres empolgadas era uma das atividades na luta diária dele para salvar a empresa da qual era CEO e a permaência do irmão na faculdade. Só que há momentos em que se perde o controle da vida e que venham as consequências...

Comentários:

“- Alguém bateu à porta.
Aprumando-se, Cass abriu a porta. E parou de respirar. Completamente.
Algo entre 1,90m e 1,93m, ombros largos, cintura estreita, o homm usava um terno cinza escuro de risca de giz bem cortado, completo, com colete mais escuro e grosso. Uma gravata roxa e um lenço da mesma cor na lapela completavam o visual. O cabelo castanho escuro estava úmido e, naquele corte executivo, precisava ser aparado. A mão imensa dele alisou o paletó.” (p.17-18).

- Ficção. Ficção. Ficção. Ah tá que isso acontece na vida real. AHAM.

- Passado o momento “Entra na minha casa. Entra na minha vida”, vamos ao que interessa. Por alguma razão que só minha mente consegue imaginar (e não me comunicou), achei que seria um livro leve. Não é. O despir-se fisicamente é apenas uma parte. O pior – para Cass e para Eric Dalton – é o “desnudamento emocional”. Porque os dois estão em situações extremas, tensas e acostumados a carregar responsabilidade nas costas.

- Tratada como patinho feio e eternamente menosprezada pelo pai magnata e controlador, Cass abriu caminho por conta própria, com uma empresa de engenharia ambiental chamada Preservações, que estava com um projeto importante para um resort, que seria executado pela constutora Soberana. Faltavam poucos dias para a apresentação do plano e ela tinha o coringa de ter a aprovação da Agência de Proteção Ambiental. Apesar da pressão, foi forçada a ter tempo pra relaxar, na festa de despedida de solteira que organizou para Gwen, sócia e melhor amiga. Contratou o mais badalado stripper da boate Beaux Hommes. E quase caiu dura quando abriu a porta e viu como Dalton Chase era lindo, perfeito e, conseguiu uma façanha, despertar desejo nela, a Princesa de Gelo.

- Por outro lado, ele também ficou chocado em se sentir interessado por alguma das mulheres que entretinha exibindo o corpo. Os dias dele precisavam de mais de 24h. No horário comercial, ele eraEric Reeves, CEO da Soberana, que encarava o projeto da Chok Resort como a salvação financeira e dos empregos de todos. À noite, ele era a atração principal da boate. Tudo isso para ter dinheiro para bancar a faculdade do irmão caçula, por quem ele se tornou responsável quando ambos ficaram órfãos.

- Temos o encontro destes dois personagens tensos, assombrados por seus próprios fantasmas e medo do fracasso. Um não sabe quem o outro é além dos papeis desempenhados na festa à fantasia: a atração da noite interessada na madrinha organizadora. O que era para ser uma apresentação particular resultou em uma esticadinha para dançar e em noites e noites de intensa e tórrida atividade entre eles. Tanta compatibilidade estava ótima demais para ser verdade. E claro que a vida real mandou as ameaças, na forma dos planos controladores do pai dela, da pressão econômica contra a empresa que ele gerenciava e no encontro decisivo para as empresas, previsto para os próximos dias. É tenso, intenso, puxado, sexual, romântico e caminhando para algo que poderia ser a melhor coisa da vida deles ou um completo desastre.

- Minha crítica é que algumas coisas ficaram em aberto – o destino de Blake (leiam para saber quem é), o castigo para a espionagem de Marcus e como o pai dela reagiu à decisão da filha. No entanto, na carta da autora, há a informação de que se trata de uma série, portanto, fiquei com a impressão de que alguns temas podem ser retomados. Só que dei uma pesquisada e percebi que o ponto em comum da série é ter como protagonistas os strippers da Beaux Hommes (aliás, os próximos protagonistas fazem “ponta” neste livro). No fim das contas, foi uma estreia promissora. Vejamos o que vem pela frente...

Pleasure before bussiness
1 – Stripper – Stripped down – Cassidy Wheeler Jameson e Eric Reeves/Dalton Chase
2 – Dancer  Wound up – Grace Cooper e Justin Maxwell
3 – Hot Pulled Under – Harper Banks e Levi Walsh (lançamento de outubro de 2015)

- Links: Goodreads autora, livro, série; site da autora.

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Abrir uma porta para encontrar um exemplar masculino soberbo a ponto de fazer-me parar de respirar completamente, quase caindo estabacada, não acontece em vida real ???!!! Jura pelos Senhores de Mundo Subterrâneo, principalmente pelo Amun ???!!! Ah, mas que droga !!! Que mundo sem graça, tchê !!! Mas eu preciso tanto desse stripper em minhas mãos nesse momento depois dessa crise toda !!! ...

    ResponderExcluir