sábado, abril 25, 2015

Ciao!!!







Só pra constar: mais uma vez, no dia do lançamento, nem sombra do livro nas lojas em Juiz de Fora.
Nem uma semana depois dele.
Na verdade, ele apareceu quando eu já tinha escrito mentalmente um post bem malcriado para colocar no Facebook sobre o trabalho conjunto de editoras e livrarias para criar frustração em leitoras compulsivas e curiosas. A minha raiva foi tanta que precisei deixá-lo na pilha até esfriar para poder desfrutar a criação deliciosa da Julia Quinn...
Agora que o desabafo-reclamação já foi feito, vamos ao que interessa?

Para Sir Phillip, com amor – Julia Quinn (Os Bridgertons 5)
(To Sir Phillip, with Love – 2003)
Personagens: Eloise Bridgerton e Sir Phillip Crane

O casamento de Colin e Penélope causou um problema para Eloise. Primeiro que ela sentiu que “perdeu” a melhor amiga. Segundo que ela perdeu a outra garota que tinha certeza que nunca se casaria. E foi tomada por sentimento instantâneo e egoísta: percebeu que ela ainda sozinha – velha demais, sem marido e agora sem a melhor amiga. Como Eloise não era de esperar acontecer, tomou uma decisão de fugir para conhecer Sir Phillip, o baronete viúvo com quem se correspondia nos últimos meses, disposta a não ficar para trás. No entanto, a realidade trazia muito mais que o revelado nas cartas entre ela e Phillip.

Comentários:

- Todo mundo pronto para mais momentos junto à maravilhosa família Bridgerton? Vamos lá. Este livro começa diretamente ligado à história anterior. Vemos o impacto do casamento de Penelope e Colin para Eloise. Não entenda mal, ela está feliz por ambos. E ao mesmo tempo, a felicidade dele expôs em letras enormes de neon o tamanho da solidão, do ostracismo a que ela, ainda solteira na “velhice” de seus 28 anos. De uma forma egoísta, como a própria personagem admite, ela considerava liderar o “bloco das encalhadas” ao lado de Penelope. E como ostentar o título sozinha não tem graça, Eloise, que é do tipo “quem sabe faz a hora não espera acontecer”, tomou uma atitude para resolver o problema: fugiu de casa!

- Calma, ela tinha um destino. Há um tempo, ela se correspondia com o viúvo da prima, sir Phillip Crane – a quem não conhecia pessoalmente – e recebeu dele um convite para refletir sobre um relacionamento futuro. Dentro dos limites da decência e etiqueta, ele a convidou a visitá-la e esperava uma resposta para providenciar a acompanhante. Só que Eloise agiu impulsivamente e mudou os planos. E não faltam surpresas para todos os gostos para ambos: afinal de contas, as cartas não eram mentirosas, mas não tinham toda a verdade a respeito deles para o outro.

- Em meio a esta confusão, sir Phillip – que só queria uma mulher feliz para ajudá-lo a virar a página do sofrimento do casamento e por tabela, cuidar dos dois (capetas em forma de guris digo) filhos– se depara com uma garota que o instigava, o confundia... e que tinha quatro irmãos. Dois casados. Um recém-casado. Todos furiosos. (Não vou dar mais detalhes: dei crises de riso e de fofura com estas cenas. Colin no modo draga. Anthony tão sábado. Ver finalmente o Gregory aparecendo e nem vou falar sobre o Benedict * deu vontade de parar e ler o livro dele de novo e de novo e de novo*). Phillip queria segurança, um relacionamento saudável e uma forma de conforto (que não teve até então) e deu de cara com o caos. O casamento se torna uma necessidade social (para não manchar o nome) e Eloise precisa entender que está em uma nova realidade: longe do conforto da família que a conhecia tão bem e que a impaciência (que Anthony chama de imprudência em um momento do livro) poderia colocá-la em problemas.

- É lindo, comovente, engraçado, segue e mantém o nível da série. Claro que meus favoritos continuam sendo o “maluco” do Benedict (como Eloise o definiu no livro anterior) e o encantador Colin, mas cada momento com essa família vale a pena. Dá até vontade de rezar por uma minisérie, novela, seriado, parque temático, qualquer coisa onde a gente pudesse encontrar com eles, com todos eles. Desde Violet, a responsável por todos estas criaturas maravilhosas, até cada um dos meninos e meninas, que estão crescendo, formando suas próprias famílias e acrescentando novos laços à força que os une. Não tem como não se apaixonar. Agora é sentar e esperar por Francesca.

Eis a lista completa da série Bridgertons, com o nome de cada protagonista. 

1. The Duke and I (2000) - O Duque e Eu – Daphne Bridgerton e Simon Basset
2. The Viscount Who Loved Me (2000) – O Visconde que me amava – Anthony Bridgerton e Kate Sheffield
3. An Offer from a Gentleman (2001) – Um perfeito cavalheiro – Benedict Bridgerton e Sophie Beckett.
4. Romancing Mr. Bridgerton (2002) – Os segredos de Colin Bridgerton – Colin Bridgerton e Penelope Featherington.
5. To Sir Philip, with Love (2003) – Para Sir Philip, com amor - Eloise Bridgerton e Sir Phillip Crane
6. When He Was Wicked (2004) – O conde enfeitiçadoFrancesca Bridgerton Stirling e Michael Stirling
7. It's in His Kiss (2005) – Um beijo inesquecível - Hyacinth Bridgerton e Gareth St. Clair
8. On the Way to the Wedding (2006) – A caminho do altar -  Lucinda “Lucy” Abernathy e Gregory Bridgerton
9. The Bridgertons: Happily ever afterE viveram felizes para sempre – epílogos para toda a família


Bacci!!!

Beta 
Reações:

2 comentários :

  1. Ai, amo essa série, especialmente os primeiros livros! :P Este também náo é o meu favorito mas adorei de qualquer de quealquer jeito (sim, estou parecendo aquelas fangirls desvairadas!) Pra mim, a melhor parte é quando os irmãos chegam de surpresa na casa de Phillip!
    É uma série especial.
    O próximo livro está entre os meus favoritos. O tom é um pouco diferente. Prepare-se para se emocionar.

    bjs!

    Thaís
    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Zeus: eu preciso fazer tudo ao meu alcance realmente para colocar minha lista de prioridades, alterada a todo momento, em ordem finalmente !!! Isto porque eu tenho cada um desses exemplares publicados até esse momento mas não comecei a ler qualquer um deles !!! Talvez eu devesse esperar que publiquem sua série inteira para eu ler de uma tacada só, pondo tudo em ordem pelo dia-a-dia. Mas amei essa série !

    ResponderExcluir