quarta-feira, abril 15, 2015

Ciao!!!




Vamos recapitular: não gosto de livros nem filmes de terror, nem ficção científica.
Aí o Tom Hiddleston inventa de escolher estes gêneros para os próximos trabalhos e, sim, ambos estão na minha agenda assim que derem o ar da graça no cinema.

Não gosto de livros de personagens sobrenaturais. Especialmente vampiros, porque Entrevista com o Vampiro me esgotou todas as energias (bom demais, intenso demais) e Crepúsculo gastou minha paciência. Aí aparece um cidadão chamado Amun e os amigos dele e fico aqui, na sofrência, porque está mais fácil Tom Hiddleston em carne, charme e osso aparecer na porta da minha casa para discutir detalhadamente os aspectos psicológicos do Loki que o sétimo livro ser lançado em Português...

O que isso tem a ver com esta prequel? Bem, apenas para demonstrar que, às vezes, abro exceções e escolho leituras que geralmente não entrariam na minha lista.

O Príncipe das Sombras – Sylvain Reynard – Arqueiro (Noites em Florença 1)
(The Prince - 2014)
Personagens: O príncipe de Florença, o Consilium, o casal Emerson e inimigos

O Príncipe queria vingança e a teria! Finalmente as suas ilustrações originais de A Divina Comédia, roubadas séculos antes, estavam de volta à Florença. Ele as recuperaria e se vingaria do casal que ousava exibi-las como se fossem cópias. No entanto, diante de uma ameaça de invasão iminente de inimigos, ele precisa refazer seus planos. Sem confiar em ninguém, precisa identificar e destruir os inimigos.

Comentários:

- Sim, é uma história curta, uma prequel, que faz a ponte entre a trilogia O inferno de Gabriel e a nova série dele Noites em Florença. Julianne e Gabriel, protagonistas da trilogia, aparecem aqui, sem ter a noção real de como correm perigo. Os movimentos deles são observados pelo Príncipe, que quer se vingar de Gabriel por ter as ilustrações originais que foram roubadas dele muitos anos antes. E apesar de um certo encantamento que sente por Julianne, não está disposto a poupá-la. Como é ressaltado – e mostrado no livro – misericórdia é uma palavra, sentimento, gesto que ele não conhece.

- O Príncipe é um vampiro, ser sobrenatural, antigo, por isso, líder do Principado de Florença. Ele tem um grupo mais próximo, o Consilium, que governa a cidade e participam das decisões mais importantes. Os integrantes são de diferentes lugares na Europa, Irlanda, França, Inglaterra. Ele não confia em ninguém. E todos sabem que erros não são perdoados. Após uma ameaça pessoal clara e contundente, o Príncipe percebe que a vingança contra o casal Emerson teria que esperar. Ele tinha problemas políticos para resolver: uma ameaça vinda do norte, especificamente de Veneza, para tomar o poder na cidade.

- O livro tem muitas referências à história de Florença. E olha que eu, uma apaixonada pela cidade, reconheci algumas, as relacionadas ao Renascimento Italiano (período sobre o qual adoro ler e pesquisar). Aposto que quando ler com calma e com o Google a postos, vou encontrar muitas mais. Locais, livros, nomes, personalidades, períodos históricos. Aliás, é justamente o paralelo com o período do Renascimento que me atiçou na trama. Para quem não sabe, a Itália – como a conhecemos atualmente – só se formou em meados do século 19. Antes eram cidades-estados e regiões, uns contra o outros. Florença, Pisa, Veneza, Milão, Roma e os estados Papais, eram alguns deles (basta ler como era a vida nestas cidades na época do Renascimento, eram países em uma região em combustão. Qualquer coisinha, tinha encrenca). A divisão não oficial mencionada por ele aqui me lembrou justamente disso.

- Intrigas, vingança, disputa política, clima de desconfiança, risco de vida, tudo isso na Itália. Melhor ainda, em Florença. Continuo com o pé atrás com histórias com personagens sobrenaturais, mas estou disposta a dar uma chance a esta série só para ver onde que vai dar... No final deste livro, vem um glossário com termos e explicações sobre instituições, grupos e personagens citados aqui e nas próximas histórias e um trecho do primeiro livro da série A transformação de Raven.

- Ah, sim, ainda não li a trilogia O inferno de Gabriel. Está na lista das próximas leituras. Caso você seja como eu, não tem problema ler a prequel. Dá para entender perfeitamente. E quem leu a trilogia e ama o casal, vai ficar curioso com algo que fica no ar aqui.

Série Noites em Florença (The Florentine):
2 – The Shadow – A Sombrado Passado (lançamento de outubro de 2016)
3 - The Roman - lançado lá fora em dezembro 2016.

Está relacionada à Trilogia O inferno de Gabriel – The Gabriel Series
1. Gabriel’s inferno – O inferno de Gabriel – Julianne Mitchell e Gabriel Emerson
2. Gabriel’s rapture  – O julgamento de Gabriel – Julianne Mitchell e Gabriel Emerson
3. Gabriel’s redemption – A redenção de Gabriel – Julianne Mitchell e Gabriel Emerson


Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Ah, eu amei "Entrevista Com Um Vampiro" e tenho meu carinhozinho pela "Saga Crepúsculo", pois eu amo vampiros desde Chris Sarandon, passando por "Maldição Eterna". Eu fiquei muito interessada por esta série, com tudo o que houve com Gabriel antes e virá com Príncipe depois, mas não tenho um exemplar sequer. Talvez eu devesse repensar minha lista de desejos. Vampiros são tão interessantes ...

    ResponderExcluir
  2. Amei a trilogia O inferno de Gabriel, maravilhosa, tem um cantinho especial na minha estante rs...
    Agora estou partindo ansiosa para a nova trilogia de S.R. 😍

    ResponderExcluir