sábado, janeiro 31, 2015

Ciao!!!



Imagina se eu deixaria o primeiro mês de 2015 terminar sem um Lynne Graham para movimentar o dia no Literatura de Mulherzinha? E sabe o mais incrível, ela está realmente ouvindo as nossas preces e colocando freio do jeito dela nos ogros de gravata...

Noiva Rebelde – Lynne Graham – Paixão 405
(Ravelli’s defiant Bride – 2014 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Belle Brophy e Cristo Ravelli

Nem morto o pai dava sossego a Cristo. Não bastassem os três meio-irmãos legítimos, agora ele descobriu que Gaetano mantinha uma família secreta na Irlanda. E que nem ele nem os irmãos suportariam o escândalo quando a existência deles fossem descobertas pela imprensa. Por isso, Cristo decidiu tomar medidas emergenciais e imediatas, como propor à mãe que entregasse os cinco filhos para adoção, mediante a compensação adequada. Belle fingiu ser a mãe, para tentar evitar que os irmãos fossem separados e não se arrependeu diante do plano do homem que poderia destruir o que sobrou da família dela. Para preservá-los, faria qualquer coisa. Inclusive se unir ao “inimigo”.

Comentários:

- Os ogros da Lynne Graham continuam ogros, mas as protagonistas ganharam alguma coisa para lidar com as mulas. Enfim, Cristo ficou sabendo que o pai tinha uma família e quatro filhos ilegítimos na Irlanda. Decidiu procurar a mãe, oferecer dinheiro “o que mulheres deste tipo mais gostam” para que ela permitisse que todos fossem encaminhados para adoção. Assim, não haveria escândalo para prejudicar a si e aos meio-irmãos legítimos.

- Temendo que ele tirasse a guarda dos meio-irmãos mais novos, Belle, a filha mais velha, resolveu se passar pela mãe para entender quem era Cristo e o que ele queria. Ao perceber o plano, teve certeza de só havia uma solução: levar o caso aos tribunais para defender os direitos das crianças. Justo o que Cristo não queria de jeito nenhum. Por isso, a solução extrema: eles deveriam se casar para garantir os direitos dos filhos que Gaetano teve com a governanta irlandesa via adoção. Desta forma, a imprensa de fofocas de celebridades nunca os descobriria e nem fariam manchetes sobre a família.

- Embate estabelecido, os dois atados um ao outro e temos o que ela escreve de melhor: homens poderosos, prepotentes, arrogantes, preconceituosos. Enfim, ogros. E Cristo tem uns rompantes capazes de merecer kabongadas com o martelo do Thor. A diferença é que enquanto outras protagonistas da autora entravam no modo mártir, Belle responde e esbraveja a dor. Claro que não será o tempo todo. O mais irônico é que ele aceita sinceridade, quando parte dele. Mas até isso, ela o ensinou a lidar. E o surpreendeu provando ser mais do que ele julgou a princípio. Ou seja, se você for como eu, pode ler para se divertir e, graças aos deuses dos romances, Lynne Graham também entendeu que o combo “ogro sem freio” + “parva sofredora abnegada” cansa. O relacionamento de Belle e Cristo, construído aos troncos e barrancos, convence e se torna interessante de acompanhar.

- A autora dá pista dos temperamentos dos outros dois protagonistas. O amargurado e cínico Nik vive a dor do divórcio da esposa, Betsy. E Zarik está às voltas com as demandas como rei de Vashir. Vamos saber mais deles nos livros seguintes da série.

Série Heranças do Poder (The Legacies of Powerful Men)
1 - Noiva Rebelde – Ravelli’s defiant Bride – Belle Brophy e Cristo Ravelli – Paixão 405
2 – Esposa decidida – Christakis’s rebellious wifeBetsy e Nik Christakis – Paixão 408
3 – Por um ano apenas... – Zarif’s convenient Queen – Ella Gilchrist e Zarif Rastani – Paixão 410


Bacci!!!


Beta
Reações:

5 comentários :

  1. Olá, Beta!

    Essa trilogia eu ainda não li, mas lerei em breve! :D Basta um livro ser da LG para que eu fique louca atrás dele! Embora os livros recentes que li da autora tenham deixado a desejar.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Ai, mas que história absurda é essa ? Procurar pela mãe de seus irmãos ilegítimos para convencê-la a entregá-los para adoção para seja quem for mediante pagamento em um acordo entre eles?! Esse sujeito foi muito além de toda arrogância e de toda prepotência ! UGH ! Tomara que ele lasque-se muito mesmo ! Oh, sim: eu amei esse penteado, esse vestido, esse véu de noiva ! Tudo muito lindo em sua simplicidade !!!

    ResponderExcluir
  3. Noiva Rebelde: É o primeiro dos três que estou lendo. É um bom romance, sem grandes acontecimentos, sem grandes emoções, curtinho bom de ler!

    ResponderExcluir
  4. Esposa Decidida: Esta também é uma linda estória de amor, o Nick me deu muita raiva no início, mas depois que foi revelado todos os seus segredos, eu passei a amá-lo apesar do seu histórico de vida e de todo seu sofrimento ele era uma ótima pessoa por dentro, tudo o que ele fez foi para se defender, pois quando ele mais precisou não teve ninguém ao lado dele. Adorei!!!

    ResponderExcluir
  5. Por Um Ano Apenas: Das três estórias que compõem essa trilogia, essa sem dúvida nenhuma é a mais bonita. Zarif é tudo de bom, meio vingativo mas dá pra entender e perdoar, ele estava muito magoado com a rejeição, mas a autora conseguiu criar tão bem o personagem que dava pra sentir o grande amor dele em cada gesto, em cada palavra dele pra ela... Um amor lindo, com um epílogo maravilhoso. Gostei muito!

    ResponderExcluir