sábado, janeiro 24, 2015

Ciao!!!



Moça certinha percebe que o que gostariam que ela fizesse não era o que queria e seria bom para ela e decide, em um rompante, recomeçar. Este é o ponto de partida deste lançamento de janeiro da Harlequin Brasil.

Noiva de Momento – Leanne Banks – Coleção Primeiros Sucessos 56
(The five-minute Bride – 1997 – Silhouette Desire)
Personagens: Emily St. Clair e Beau Ramsey

Uma noiva virando um copo de tequila atrás do outro não era algo comum em Ruxton, na Carolina do Norte; O xerife Beau Ramsey foi chamado para lidar com a situação e terminou lidando com uma noiva em fuga de um provável casamento infeliz. Passada a vergonha, o impulso e a ressaca, Emily decidiu que teria, finalmente, a vida que queria e a liberdade para fazer o que quisesse, não o que a etiqueta manda. E se isso pudesse incluir algo a mais com o xerife, por que não criar coragem?

Comentários:

- “A noiva de cinco minutos” chamou a atenção na pacata cidade. Ninguém a conhecia ou conseguia entender porque uma jovem bonita, aparentemente de família rica, largaria tudo para beber tequila em um bar na Carolina do Norte. Bastou o xerife se aproximar que conseguiu entender que ela fugiu no altar de um casamento que seria conveniente para alguém, menos para ela. Como responsável por manter a ordem, Beau se responsabilizou por ela, evitando que ela ampliasse a lista de atos impulsivos naquela noite.

- Cidade pequena a conversa anda. No dia seguinte, além da ressaca da noiva, Beau ainda teve que lidar com a brigada de irmãs que estavam ensandecidas para vê-lo casado e queriam inspecionar a garota para saber se ela era uma boa candidata. No entanto, Emily deixou claro que queria distância de casamento, diante dos motivos que a levaram a abandonar a festa do século que foi feita para ela. Depois de muito tempo sendo a boa moça que segue as normas, a etiqueta e não perde a compostura, Emily decidiu, finalmente, ter a liberdade tão sonhada, de poder agir como quisesse, sem depender de conveniência, status e manter a aparência perfeita.

- Claro que ter a Emily por perto vai tirar Beau do sério. Solteirão convicto, o ex-peão de rodeio atual xerife tinha seus acordos, no entanto, justamente aquela garota perdida e querendo recomeçar estava rompendo o que ele considerava ideal. Fazendo com que a imaginação dele fosse atiçada por alguns detalhes apenas relacioandos a ela e se divertisse testando os limites dos dois. E se surpreendendo o tempo todo, chegando ao ponto de temer que ela o abandone – afinal de contas, quem é que gostaria de uma vida ali quando se vem de uma onde se tem tudo – e retorne para a vida antiga.

- História fofa e agradável. Às vezes, é difícil ser quem é de verdade, mais fácil ceder ao que pensam e esperam de nós. Muitas vezes, abrimos mãos de sonhos por medo de tentar. E em alguns casos, a vida se encarrega de nos empurrar na direção do que temos medo só para a gente entender a nossa verdadeira força. É isso que Emily vai aprender e o que pode manter Beau para sempre com ela. A propósito, AMEI a forma como Emily despacha uma fofoqueira na reta final da trama. É daquelas atitudes para arquivar e usar quando necessário!

- É início de uma trilogia. Conhecemos as três amigas, Emily, Maddie e Jenna Jean, logo no prólogo onde temos pistas das personalidades de cada uma. Depois as duas amigas aparecem na trama. E agora é esperar pelos livros delas.

The Five-Minute Bride – Noiva de Momento - Emily St. Clair e Beau Ramsey
The Troublemaker Bride – não encontrei em Português – Maddie Palmer e Joshua Blackwell
The You-Can't-Make-Me Bride – não encontrei em Português – Jenna Jean Anderson e Stan Michaels


Bacci!!!


Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Oh, isto sim !!! Eis um romance bastante interessante, que dá cócegas e comichões para ler !!! Eu gostei desse herói e suas irmãs, dessa heroína e suas amigas, dessa tal cidadezinha onde todos ficam sabendo de tudo o que você fez e não fez !!! Eu fiquei até com um pouco de dó desse noivo abandonado em um altar sem saber se ele mereceria meu dó !!! Talvez eu adquira esta trilogia se tudo for publicado mesmo.

    ResponderExcluir