sábado, janeiro 03, 2015

Ciao!!!


  
ps.: Repararam a diferença nas capas? Uma delas está certa, conforme a história. Não, não vou dizer qual é...

História fofa de um casamento em crise, onde há vontade para solucionar os problemas – que não são poucos – e tentar recomeçar.
O fato de que há um grego envolvido disposto a colaborar é surpreendente.

Gêmeos! - Rebecca Winters – Harlequin Special 54 (Baby on Board)
(Along came twins... – 2013 – Mills & Boom Romance)
Personagens: Kellie e Leandros Petralia

Quando tudo parecia perdido e destruído, uma notícia mudou o rumo que Kellie já estava planejando para a vida de futura divorciada. Finalmente, após longo tratamento, ela tinha engravidado. Só que agora o casamento estava praticamente desfeito e ela organizando a continuidade da vida na Filadélfia com os tios. No entanto, mesmo antes de saber da novidade, Leandros já estava disposto a fazer o que fosse necessário para salvar a relação. E agora, com gêmeos a caminho, ele tinha mais disposição ainda para não perder a família.

Comentários:

- Rebecca Winters consegue escrever “gregos gente como a gente”, algo que destoa para o bem no estereótipo reinante nos livros de banca. O padrão é de homens poderosos, controladores, que não admitem estar errados ou ser alvo de desconfiança, mas que sempre se acham no direito de julgar e até mesmo “condenar” quando lhes convém. Aí vem a Rebecca Winters e mais uma vez mostra um grego humano. E não há como a gente não torcer por Kellie e Leandros.

- O casamento deles sofreu com a falta de comunicação e o excesso de expectativas de ambos. Leandros achou que tê-la como esposa o faria feliz e a faria também. Kellie se sentiu pressionada por ser a segunda esposa, viver à sombra da primeira, que estava grávida quando morreu e a situação agravou quando ela, por um problema raro, não conseguia engravidar. Claro que tem as criaturas que se aproveitam da fragilidade das pessoas envolvidas para aumentar o sofrimento. A situação chegou a um ponto insustentável de Kellie pedir o divórcio, o que deixou Leandros totalmente confuso e perdido. Até que a notícia dos gêmeos referendou a vontade dele de agir para não perder a esposa nem os filhos.

- Nunca vi um grego interessado em discutir a relação, em ouvir, em entender por que deu tão errado a ponto de ela fazer as malas e ir embora. Pessoas e situações que ele desconhecia interferiram. E você vai se surpreender com a vontade dele em resolver tudo. Grego no modo solucionador de crise costuma ser implacável. E Leandros não é o vilão da história. A gente torce por ele, por entender as boas intenções dele, por ver que ele ama Kellie e a apoiou e sofreu com ela em todo o longo processo de tratamento para ter filhos. E Kellie sabia disso, porque decidiu atender ao pedido dele por uma nova chance. Eles mereciam ser felizes e a gente comemora isso junto com o casal. Sinceramente, singelo e tocante. Amei.

- Como a gente percebe, pelas menções ao longo da trama, faz parte de um dueto. Kellie é a amiga de Fran, protagonista de um livro que, lá fora foi publicado primeiro e aqui, depois.

Dueto Pequenos Milagres (Tiny Miracles):
Baby out the blue – Fran Myers e Nik Angelis – Luz de Esperança (em Amores Perfeitos – Harlequin Special 95)
Along came twins – Kellie e Leandros Petralia – Gêmeos! – Harlequin Special 84


Bacci!!!

Beta
Reações:

3 comentários :

  1. na capa original os macaquinhos dos bebês são azuis, representando dolis meninos e a capa brasileira os macaquinhos dos bebês são azul e rosa, representando um casal.

    ResponderExcluir
  2. Oh, eu adorei essa capa, esse enredo, esse herói, essa heroína, essa trama, principalmente porque essa trama tem intrometidos malvados interferindo em um casamento, que deveria ter sido muito menos tenso, combatidos por um esposo grego que tornar-se-á um guerreiro implacável para salvar seu casamento, sua esposa, seus filhos. Lindo !!! Eu preciso saber tudo quanto aos bebês também !!!

    ResponderExcluir
  3. Super lindo! O romance é bom, mostra muito bem o que a falta de confiança e diálogo pode fazer a um casamento. O casal errou muito, a mocinha por se calar e o mocinho por se fazer de cego a certas coisas que estavam escancaradas. Mas, uma coisa que foi muito bonita, é o amor dele pela mocinha, Leandros estava disposto a abandonar tudo por Kellie, seu trabalho, sua família, sua terra natal, tudo para ficar ao lado dela...

    ResponderExcluir