domingo, outubro 26, 2014

Ciao!!!



E no Jessica 2 Histórias 234, além da trama da Natalie Anderson, temos também livro da Nicola Marsh. Que faz parte de um dueto, só que não achei se o primeiro foi publicado no Brasil (e eu procurei porque quero ler). Mas alguns comportamentos me incomodaram nesta trama sobre recomeços.

Fogo do Desejo – Nicola Marsh – Harlequin Jessica 2 Histórias 234 (A arte da sedução)
(Her deal with the devil – 2013 – Mills & Boon Modern Heat)
Personagens: Sapphire Seaborn e Patrick Fourde

No retorno ao trabalho, após três meses se tratando de uma fadiga crônica, tudo que Sapphire não queria era reencontrar Patrick de forma inesperada. Só que ele decidiu fazer uma visita surpresa e a flagrou em um momento de prática de ioga e totalmente desarmada. A joalheria dela dependia da parceria com a grife dele na Semana de Moda de Melbourne para sedimentar a recuperação financeira. O problema era eles trabalharem juntos, já que o passatempo de Patrick era tirá-la do sério, o que disfarçava sentimentos mais profundos com os quais ele não queria lidar.

Comentários:

- Tive um sério problema com Patrick Fourde em boa parte do livro. O fato de ele se esforçar para desmontar a (segundo ele) imagem de “Princesa do Gelo” de Sapphire me estressou profundamente. Porque ele não conseguia lidar com a segurança que ela passava. Eles estudaram na mesma escola e se tornaram parceiros nas aulas de Química, onde ele tinha tempo de sobra para implicar com o jeito certinho, chatinho e seguro dela. E no reencontro, já mais velhos, experientes e após umas surras da vida, ele manteve o padrão. Achei que demorou para ele entendê-la como ser humano (o que é diferente de fazê-la reagir de uma forma com a qual eu possa lidar), porque nem sempre forçar algo leva a bom resultado. Tanto que, quando ela o julga com base em estereótipos, ele fica chateado – sendo que é o que ele faz com ela o tempo todo.

- Claro que a implicância disfarça uma atração que sempre pairou entre eles e que, na época da escola, serviu para causar uma mágoa em Sapphie. Agora, após o tratamento do colapso causado pela fadiga extrema, ela quer reassumir as funções na joalheria da família e a união com a Mason Fourde era o plano perfeito para um retorno em grande estilo. Parceria garantida significava trabalhar juntos. Ter Patrick o tempo todo por perto poderia ser uma solução – um caso descomplicado a ajudaria a ser menos workaholic – e um problema – será que ela conseguiria ter um caso descomplicado com Patrick? Ainda mais considerando que a fachada de playboy despreocupado herdeiro de família ligada à moda esconde uma pessoa confusa, com complexo de patinho feio, traumatizada e com um orgulho ferido e não cicatrizado. Ele não sabe o que quer, mas faz exigências dela. Aham.

- E a irmã dela, Ruby, ainda vivendo naquela bolha encantada de felicidade de quem encontrou o amor, fica empurrando a Sapphie para mergulhar de cabeça nessa aventura. Para quem estava ainda em processo de manutenção da recuperação após um colapso físico e emocional, Ruby tinha muita confiança em que a irmã não fosse sair machucada e encontrasse o amor e a felicidade. Claro que Sapphie e Patrick vão ceder à tentação e vão ter objetivos confusos a partir disso. Justamente porque eles ainda não conseguiram escapar da “maldição da fachada” que ele quer quebrar a dela sem comprometer a dele. Ou seja, mais um clássico “homem confuso quase joga o melhor da vida dele pela janela”. E é tão bem escrito (apesar de alguns momentos repetitivos) que você quer chacoalhar, dar uma pancada para ver se a criatura se manca da bobagem que está prestes a fazer.

- Na versão brasileira, achei dois erros de digitação: cirvulíneas (p. 196) o que eu imagino que seja “curvilínea”; “cotucou” (p.287), quando deveria ser “cutucou”.

Faz parte de um dueto chamado The Jewellery Sisters:
Marrying the enemy – Ruby Seaborn e Jax Maroney (não achei em Português)
Her Deal with the devil  Sapphire Seaborn e Patrick Foude


Bacci!!!


Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Um romance interessante, com um casal formado à força praticamente, mas esse herói poderia por tudo a perder com essa forma de agir tão desagradável, que não faz com que ele seja um ogro mas torna sua possibilidade de vir a ser um sapo muito próxima e muito viável. Coitadinha dela por ser vítima de um colapso emocional e físico, o que foi um fardo considerável a carregar, que merecia um herói menos implicante então ...

    ResponderExcluir