domingo, janeiro 05, 2014

Ciao!!!


  
Livros assim servem pra lembrar de que nem tudo na vida é como a gente quer ou planeja. O que muda é como a gente encara essas mudanças inesperadas de curso.

Véu do Paraíso – Kate Hewitt – Paixão 336 (Os Bryant 1/3)
(Beneath the veil of paradise – 2012 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Millie Lang e Chase Bryant

Milie estava de férias numa ilha do Caribe, com a declarada missão de desestressar e encontrar uma forma de recomeçar a vida, que estava estagnada em um ponto que só poderia levá-la à autodestruição. Durante uma tentativa fracassada de se concentrar em algo relaxante, ela conheceu um homem lindo, encantador e sedutor. Chase Bryant sabia o que era perder e recomeçar e não estava dipsosto a desperdiçar tempo. Nem a chance de ter um caso arrebatador e sem amarras.

Comentários:

- É difícil falar sobre este livro. Primeiro porque eu corro de dramas porque algum detalhe na história sempre bate com algo que vivi ou estou vivendo e aqui não foi diferente. Segundo porque eles geralmente possuem aspectos “reais” dentro da ficção que só agravam a relação de identificação.  E terceiro porque não dá para falar abertamente sobre o livro sem dar detalhes demais. Tentarei dar a menor quantidade possível de spoiler, porque a autora escreveu este livro pensando exatamente quando nos surpreenderia. Não vou ser eu quem vai estragar entregando detalhes da história.

- Basicamente temos, como diz a carta da editora, duas pessoas marcadas pelo sofrimento que perderam a alegria de viver. Os dois parecem estar naquela fase em que a tristeza toma conta e que, se não houver uma reação, a pessoa fica para sempre neste clima ou cede à depressão (sim, como dizem os gringos “been there done that”). A bolha onde cada um está preso dá a impressão de que nunca vai ser rompida, porque dói demais. E no caso de ambos, infelizmente, não há mais conserto. Apenas tristeza, um tanto de remorso e muito de arrependimento.  Por isso, pode ser uma boa eles estarem juntos tentando algo sem amarras. Se conseguirem, maravilha. Mas pode exigir um ponto emocional em que eles ainda não estão preparados para lidar.

- Por que escolhi este livro para hoje? Bem, óbvio que não é para desejar um ano tão emocional e desgastante como eles tiveram. Na verdade, é para lembrar que a gente não pode desperdiçar tempo. E que a gente não quer ficar carregando remorso e arrependimentos tipo fantasma que arrasta corrente atrás de si. Ninguém merece. Portanto, 2014 sem desperdícios e com emocional para cima para todos!

- Como já diz a indicação na capa, é o primeiro livro de uma trilogia: Série Os Bryant – Poderosos & Orgulhosos:
Véu do Paraíso – Paixão 336 Millie Lang e Chase Bryant
Calor do Momento – Paixão 338Aurelie Schmidt e Luke Bryant
Marca da Sedução – Paixão 340 – Zoe Parker e Aaron Bryant


Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Essa idéia de viajar para recomeçar e refazer não é nada má e tem mesmo muito poder !!! Eu apreciei muito essa história de unir dois remendadinhos com alguma energia ainda para recomeçar e reviver. Fazê-lo junto ao mar seria perfeito e revigorante !!! ...

    ResponderExcluir