domingo, novembro 24, 2013

Ciao!!! 




Minha relação com os livros da Penny Jordan é quase fase lunar. Depende do período, do meu humor, do que a história vai contar... E eu gostei desse livro. Se fosse outra época, talvez, não gostasse tanto...

Retrato de um pecado - Penny Jordan - Sabrina Especial Edição de Férias 2 histórias 3
(Desire never change - 1986 - Mills & Boon)
Personagens: Chris MacDonald e Chase Lorimer

Chris estava vivendo a alegria do primeiro amor – tinha certeza de que era correspondida por Andrew. Até viajou para a Bahamas, para encontrá-lo no hotel onde ele trabalhava... e se desiludiu. Com a autoestima em frangalhos, tentou seduzir um homem que tinha fama de mulherengo... e terminou rejeitada novamente. Cinco anos depois, o “mulherengo” Chase Lorimer ressurge querendo se casar com ela, que não aceita... Mas ao perceber que ele pode causar um escândalo que afetaria a carreira diplomática do pai dela, teve que aceitar um relacionamento com data para acabar...

Comentários:

- Não sei se existe o ditado, mas aqui alguém poderia dizer para Chris que confiar nos conselhos do orgulho ferido nunca é uma boa ideia. Jovem e determinada, ela estava pronta para viver um GRANDE AMOR com Andrew, que trabalhava em um hotel no Caribe. Só que ela despenca da Nuvem Rosa ao flagrar o namorado/príncipe encantado/futuro marido dedicando a outra o amor que achava ser dela. E o pior: o amor dele era pelo dinheiro do pai dela.

- Ok, a pancada de cair do mundo do amor perfeito foi demais. Ela precisava se sentir desejada, já que não era amada, e recorreu ao homem que tinha a reputação de ser mulherengo e de guardar fotos de todas as amantes. Era disso que ela precisava: sexo sem compromisso. Só tem um problema: ela não era disso. E a emenda saiu pior, mas muito pior que o soneto.

- Anos depois, já gata escaldada pelo trauma em dose dupla, era uma mulher independente do pai, com uma profissão estabelecida e um comportamento inatacável. Aliás, a relação dela com o pai é uma das coisas mais legais do livro. E é aí justamente que Chase Lorimer, o mulherengo, ataca ao ressurgir das cinzas do fato mais sombrio do passado dela. Detalhe: querendo casamento! O trato é simples: eles se casam para que ele possa receber o dinheiro de uma herança do tio. Um ano depois rompem sem que ele tenha prejuízo. Para garantir as duas etapas do acordo que está impondo, Chase lembra que tem as fotos. E que poderia entregá-las para a imprensa... e destruir o projeto do pai dela, de ser embaixador britânico no Qatar. E Chase não é do tipo que vai deixá-la fugir.

- A única exigência que ela faz é que o casamento seja de fachada, mas uma rival que ela nem sabia que tinha, excesso de exposição ao passado traumático, retorno de mais fantasmas do passado. Macho alfa em ação. Mocinha confusa, mas (graças a Deus) sem ser uma pateta absoluta. Apenas confusa (e na situação dela, é bem compreensível – pobre menina rica patinho feio detected!). Enfim, muita coisa embolada e que a autora conseguiu desembolar bem para revelar a verdadeira face deste livro: uma história de amor à primeira vista que teve que percorrer caminhos tortuosos para se concretizar. Como disse, estava em um bom dia e gostei do livro, por achar que tudo fez sentido e nada foi forçado. Bom encontrar um assim. Melhor só encontrar um assim sempre.

- Links: Goodreads; Fantastic Fiction autor e livro, Wikipedia e os livros dela no LdM.

Bacci!!!


Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Um amor à primeira vista que seguiu por caminhos tortuosos para ver-se realizado ... Oh, muito lindo !!! Essa descrição fez com que eu quisesse procurar por um exemplar deste romance para tê-lo para mim !!! (procurando picareta para escavação profunda)

    ResponderExcluir