domingo, abril 28, 2013

Ciao!!!






Capa do 1º. Lançamento - Emotion Box

Foi a história de presente, publicada no Harlequin Special 59. Um relançamento, mas, para mim, ainda inédita, com um tema que, em bons dias, me atrai bastante: reencontros.

Mais perto do céu – Rebecca Winters – Harlequin Special 59 (Paraísos do Amor)
(Their new-found family – 2005 – Mills & Boon Tender Romance)
Personagens: Rachel Mardsen e Tris Monbrisson

Um acidente fez com que Tris perdesse as lembranças de seis semanas da sua vida, que ele achou que nunca mais pudesse recuperar. Até o dia que o sobrinho Alain encontrou uma mochila da época em que ele tinha 19 anos, quando sofreu o acidente, onde estava uma carta assinada por Rachel Mardsen. Curioso, o garoto investigou e localizou Rachel... Que vivia no Canadá, onde trabalhava e criava a filha, a única lembrança que restara a ela da paixão fulminante de adolescência. A partir daí, temos uma jornada de recuperação de um amor interrompido e retomado pelo destino, lidando com ações e conseqüências delas...

Comentários:

- Há um destes textos que circula pela internet com autoria atribuída ao Luís Fernando Veríssimo (mas que não é dele), chamado Quase. Não me lembrava perfeitamente do que está escrito, apenas do sentido geral: pior que o sim ou o não, só a incerteza do “poderia ter sido”, “quase foi”. Foram 12 anos de algo que se rompeu e que não seria reconstruído num passe de mágica.

- Tris e Rachel se conheceram em uma viagem de navio para a Europa (não, não é o Titanic, nem é livro histórico – apenas dois adolescentes que resolveram embarcar numa aventura: chegar ao velho continente do “oldfashion way” *segundo o que eu compreendi*). Estudantes, 19 anos, muitos hormônios em fúria e um forte sentimento à primeira vista. Eles se apaixonaram e prometeram se casar quando chegassem à Suíça. Só que Tris sofreu um acidente jogando hóquei, ficou em coma e, quando se recuperou, perdeu a memória mais recente: não se lembrava de seis semanas da vida.

- Doze anos depois, o sobrinho órfão Allain encontra uma carta que é uma chave para destrancar esse passado perdido. E o link leva à Rachel e à Natalie, a filha que Tris não sabia que teve. Mérito para a jovem mãe solteira que se desdobrou com o apoio dos pais para cuidar da garota e não manteve segredos para a garota. O que não impediu que Natalie sonhasse com o dia que o pai surgiria e ela teria uma família de verdade. Algo que se tornou verdade quando ninguém mais esperava. Afinal de contas, Tris, demonstrando o vigor do jogador de hóquei que tinha sido, ao descobrir o que não sabia, partiu para o ataque. Ao melhor estilo rolo compressor, tenta fazer tudo dar certo – do jeito dele, óbvio. Só que há muito para ser levado em conta e se Tris não notar isso, corre o risco de perder muito mais do que imagina.

- Links: o site “oficial” que achei da autora está assim. Por isso, se quiserem se divertir, tem a biografia no site da Harlequin e outros livros dela no LdM.

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Reencontro é um tema muito lindo para mim também. Eu tenho vários romances sobre esse assunto para ler e pôr em dia. Bem ... Tem mais um ao que parece agora ... ^^

    ResponderExcluir