segunda-feira, outubro 29, 2012

Ciao!!!




Este é um combo de um post digno de “Do Baú da Beta” + amnésia da Mulherzinha. Porque é outro daqueles que li há séculos e que tinha certeza de que já estava aqui. Agora que me manquei desta falha, eis o post que irá corrigi-la!

A Feiticeira – Claire Delacroix – Clássicos Históricos Especial 04
(The Sorceress – 1994 – Mills & Boon)
Personagens: Sofie Mauclere e Alain de Pontesse

Sofie tinha sempre o mesmo sonho e sabia que era uma pista do seu destino. Um dia, durante uma reunião na cidade, conheceu o emissário da rainha e soube que ele era o homem que sempre aparecia no sonho. A França vivia uma situação política instável e Alain estava viajando pelo país tentando angariar a simpatia da burguesia, que crescia em poder econômico, mas ainda não tinha o poder político. Só que os normandos também disputavam a região. E ele ainda foi surpreendido por uma mulher que dizia que era destino estarem juntos. Magia, misticismo, política, intrigas. O caminho não seria fácil, faltava apenas ambos entenderem o quanto estavam dispostos a sacrificar.

Comentários:

- Engraçado, eu li este livro, mas não me lembrava dele. Esquisito, né? Porque, geralmente, eu me lembro dos livros que li em grandes ou pequenos detalhes. Mas a cena que eu achava que tinha lido aqui deve estar no outro livro – O Romance da Rosa (outra vítima do “Baú da Beta” + amnésia da Mulherzinha: assim que localizá-lo na biblioteca o colocarei aqui). Além disso, eu tinha este livro, o emprestei e aí nem preciso dizer o fim da história, né? Tive que caçá-lo nos sebos novamente. A edição que tenho agora anda precisando de reparos de pessoas menos estabanadas que eu e, óbvio, não abro mão dela nem a pau.

- Enfim, estamos em Bordeaux, na França em 1226. Sofie é uma jovem com uma sensibilidade exarcebada. Tem sempre o mesmo sonho, onde ela está correndo até chegar em uma clareira, cercada por pedras, onde a espera uma pessoa encapuzada. Até então, ela não conseguia ver o rosto, mas desta vez viu claramente o rosto de um homem. E na reunião, soube quem ele era. E não hesitou em dizer a ele que sabia que os dois deveriam estar sempre juntos.

- Alain achou que a jovem era, no mínimo, estranha (pra não dizer, louca) e acabou perdendo o encontro que ela havia marcado. Então, o destino não conspirou a favor de ambos? Claro que não. Quem sabe faz a hora, não diz a música? Sofie, ao descobrir algo que não sabia sobre sua vida, resolveu partir atrás de sua história e do emissário do rei. E óbvio que eles se reencontram, de forma até inesperada. Na jornada, longa e detalhada, há muitas confusões e perigos. Sofie com a certeza absoluta de que o destino determinava que eles deveriam ficar juntos... até uma reviravolta que os separa. A essa altura, Alain já está apaixonado por ela, mas nada pode fazer. Só que eles realmente precisam ficar um tempo separados fisicamente para que, quando a definição acontecessem, não titubeassem diante das dúvidas a serem respondidas (e a lista de “poréns” só aumenta com o tempo). Enfim, é uma linda história de amor, que talvez desagrade alguns por parecer arrastada em determinados momentos e por uma heroína movida por uma intuição que ela nem pode expressar claramente - estamos na Idade Média, tente dar a impressão de que você é o que chamam de “bruxa” pra ver onde vai terminar... Temos exemplo disso em várias cenas. Afinal de contas, a ignorância muda de face e infelizmente sobrevive através dos tempos. E numa época onde qualquer comportamento que saísse do padrão ditado pela religião era malvisto, mesmo que não tivesse nada de sobrenatural.

- Mas o que me deixou triste foi que me lembro muito de O Romance da Rosa. E algumas coisas que aconteceram lá começam aqui. E como foi esta a ordem em que a autora escreveu (primeiro a gente vê a consequência e só depois entende a origem) dá muita raiva ver o que poderia ter sido evitado. Talvez neste ponto, a autora concorde com Sofie: era destino.

- A lista da série está no Fantastic Fiction:
Rose
1. Romance of the Rose (1993) – O Romance da Rosa – Clássicos Históricos 07
2. The Sorceress (1994) – A Feiticeira – Clássicos Históricos Especial 04
3. Roarke's Folly (1994) – Insensatez – Clássicos Históricos 56

E antes que perguntem, sim, creio que também tenho o terceiro livro. Só preciso localizá-lo. E por causa do Mestrado, vai demorar um pouco.

- Linkitos: duas páginas do site oficial da autora – aqui e aqui. No Fiction DB e no Goodreads tem página da autora e do livro.

Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Beta, meu anjo de guarda com sensor-aranha, muito obrigada !!! Eu tenho estes três romances mas não tinha idéia de que eram uma trilogia !!! Hora de reformular minha lista de leitura de novo !!! ^^

    ResponderExcluir
  2. oi, amiga. Eu li a história e linda mesmo. bjs

    ResponderExcluir