sábado, setembro 08, 2012

Ciao!!!





Bem, a menos que você que esteja visitando o Literatura de Mulherzinha pela primeira vez, já deve saber que sou integrante ativa, tiete descarada ou uma mistura de ambos quando o assunto é livro da Natalie Anderson. Demorei para começar a ler, e agora que abriu a porteira, não paro mais. ÓBVIO que um livro dela tinha que aparecer na lista da Maratona de Banca. E justo no mês que o tema é LIVRO HOT.

Sonho Real – Natalie Anderson – Harlequin Modern Sexy 33
(Pleasured in the playboy’s penthouse – 2009 – Mills & Boon Modern Heat)
Personagens: Bella Cotton e Owen Hughes

O pior fim de semana da vida de Bella estava só começando. Era aniversário dela, mas ninguém se lembrava porque toda a família tinha um evento mais importante: o casamento da irmã dela! E ainda por cima, todos os parentes estavam ali – o que incluía todas as primas graciosas, maldosas e invejosas. Foi neste estado de espírito que ela encontrou Owen, um homem misterioso, com quem teve uma noite tórrida... Até que ele desapareceu. Foi a gota d’água e Bella resolveu tomar uma atitude na vida... Algum tempo depois, ainda a caminho de realizar seu grande sonho, Bella reecontra Owen... E definitivamente, nada mais será o mesmo.

Comentários:

- Temos Bella, a patinho feio em crise existencial, por ter que conviver com uma família linda e brilhante e lembrar a todos e ser lembrada de que ela é o filhote destoante daquele ninho. No entanto, Bella acredita que o mundo conspira contra ela, a sorte não a prefere e ninguém a enxerga e vê o potencial que ela tem e gostaria tanto de desenvolver.

- Temos Owen, milionário que prefere relacionamentos casuais, de comum acordo, porque se sente egoísta e suficientemente incapaz de manter algo duradouro. Um homem que acreditava não ter coração e que aprendeu a conviver com esta característica, sem se prejudicar e sem prejudicar os outros...

- Como está ali no resumo, eles se reconhecem em um resort, quando seria o casamento dos sonhos da irmã de Bella, na praia, com a família inteira e ela de madrinha em um vestido que não a favorecia (ao contrário das primas, sempre lindas, elegantes e perfeitas). Até que este homem – aparentemente perfeito e divino – cruza o caminho incentivando “orgasmos escandalosos” e “sexo na praia”. Empurrada pelas circunstâncias (como se precisasse mesmo de um incentivo), os dois conversam, ele escuta as confidências dela e acabam dormindo (sentido figurativo da palavra, porque dormir é a última coisa que eles fazem ) juntos.

- A partir disso, a vida de Bella muda. Ela se vê sozinha diante da piedade – e curiosidade – dos parentes no casório e resolve dar um grito de independência! Ok, não leva muito para você perceber que o grito é quase um gritinho, que nem tudo saiu como ela achou que seria... Até reencontrar Owen e, por circunstâncias que escapam ao controle (e não o tipo de circunstância que você pensou), eles acabam convivendo. E com a convivência, surgem várias outras compatibilidades, eles se descobrem e aí entendem o melhor e o pior de cada um. Aliás, aqui tem uma DR daquelas de arrepiar – onde os dois lados conseguem ter e não ter razão (e eu entendo ela, mas concordo com ele). Enfim, pega o livro e leia: vá entender como um homem e uma mulher conseguem mudar tanto um ao outro...

- E respondendo ao desafio que fiz lá no post das minhas escolhas para a Maratona de Banca, sim, fiz a escolha certa. Muito certa. Totalmente recomendada.

- Links: Fantastic Fiction. Além disso, vale visitar o site oficial e um blog, página do livro, onde constam citações de reviews. Se quiserem, também é possível saber como segui-las nas redes sociais. E fica a dica para conferir os outros livros dela que já estão no blog e, em especial, a entrevista exclusiva para o Literatura de Mulherzinha :D

Bacci!!!

Beta
Reações:

5 comentários :

  1. Eu AMO, AMO, AMO, AMO e AMO esse livro!!! Foi o primeiro q li da Natalie Anderson e por causa dele, irei fã dela também! É perfeitoooooo!

    Eu também SUPER RECOMENDOOO!

    Parabéns pela escolha!

    Bjks!

    ResponderExcluir
  2. Natalie Anderson dispensa comentários. Até hoje não li nenhum livro dela ruim, e olha que eu acho que já li tudo o que a Harlequin publicou...

    Vale muito a leitura e essa DR é um exemplo. Aliás, concordo com a Beta: entendo o lado dela, mas acho que ele tem razão.

    Bjs!

    PS.: pelamordedeus, Harlequin, publica mais Natalie Anderson!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ora, bolas, bolinhas, mais um para minha listinha !!! ^^ Mas eu adorei aquela segunda capa, que parece ser gringa. Convenhamos: que capa brasileira sem tempero !!! Eu estou torcendo pelo patinho feio !!! Bella: nome lindo !!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei!!!!!
    Adoro esses livros com homem de pegada e senso de humor. E tambem adoro quando o sexo faz parte da historia, e não quando só foi colocado ali pra dar o numero de paginas. Ja esta na lista!

    ResponderExcluir
  5. Não me lembro de ter lido esse livro mas me pareceu ser bem interessante. Já tá anotado!

    bjos!

    ResponderExcluir