sábado, maio 26, 2012

Ciao!!!



Livro com jornalista? Livro com protagonista italiano? Alguém tinha dúvida de que, mais cedo ou mais tarde, este livro ia aparecer aqui?

Notas de Sedução – Kathryn Ross – Paixão 262 (Amantes e Milionários)
(Interview with a playboy – 2011 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Isobel Keyes e Marco Lombardi

A aparente missão impossível: escrever sobre o homem que odiava jornalistas. Com um agravante: ele havia contribuído para a ruína da sua família. Definitivamente, Isobel tinha muitos motivos para escarafunchar a vida de Marco Lombardi. No entanto, ao entrar em contato com ele e conseguir a convivência, foi percebendo que as coisas não eram bem do jeito que ela pensava. A essa altura, já tinha caído de cabeça em tentação e a situação parecia só se complicar...

Comentários:

- Colocar jornalista ético dependendo de emprego na imprensa marrom para pagar as contas não é novidade nos romances de banca. A repórter séria que trabalha a contragosto na imprensa de fofoca. Ok, nenhuma novidade. Pois bem, é o caso da Isobel, que foi escolhida para fazer a entrevista com o milionário Marco Lombardi, conhecido pela astúcia nos negócios, pela inacessibilidade social e pela antipatia a jornalistas: “Afinal, ela era uma jornalista, e ele sabia que esses profissionais eram verdadeiras ‘piranhas’ que se ‘alimentavam’ da vida das outras pessoas” (p.13). Ok, há casos e casos, mas é um risco generalizar, né? Eu poderia dizer que várias coisas desagradáveis e deselegantes sobre protagonistas italianos, afinal, tenho experiência no assunto, né?

- Mas vamos seguir o livro. Marco não facilita, mas como Isobel quer – e precisa fazer – a entrevista, entra no jogo do ricaço, o que inclui viajar imediatamente com ele. E as cartas estão na mesa: ele se dispôs a dar entrevista, porque queria sossego para trabalhar em paz. Ela foi escolhida porque nos últimos meses tinha feito muitas matérias sobre os negócios dele. “Mas sou uma repórter, é meu dever divulgar aos leitores o que está acontecendo” (p.17) Regra n°2 do Manual do Escoteiro Mirim, digo, Jornalista. A primeira é: “é meu dever divulgar a verdade”. Ops, chegamos ao ponto crucial deste livro: a verdade. Melhor, a relatividade da verdade.

- O fato é que Marco não sabia, mas era um esqueleto tamanho monstro no armário de Isobel. Para seguir nos eufemismos de Halloween, pensem naquele fantasma do passado cujo barulho do arrastar das correntes ainda ecoa com força e que precisa ser exorcizado ao melhor estilo UFC. Basicamente, esta é a meta de vida de Isobel: ele causou a ruína da empresa da família dela (não estou dando spoiler, está no resumo oficial da história). Esse era a força que motiva nossa jornalista heroína: desmascarar o tubarão dos negócios, mostrando que o progresso que ele dizia trazer era construído em cima de famílias destruídas. Ops, nossa Escoteira Mirim, digo, Justiceira, ops, Jornalista, se esqueceu das regras n° 3: não se deixe dominar por paixões, nunca são boas conselheiras e n°4: precisamos sempre ouvir os dois lados da história. E esta história tinha outro lado: o de Marco. Lado, esse, que nunca fez parte de NENHUMA conjectura de Isobel. Ao ser forçada a conviver com ele, primeiro, ela se vê do lado da vidraça, não do habitual lado que arremessa as pedras. Em seguida, ela percebe que - oooh – existe mesmo o tal “outro lado”! E foi aí que o livro ganhou minha simpatia. Porque Marco não é nada daquilo que parecia no resumo e no início: um playboy conquistador com muito dinheiro no bolso e achando que pode comprar o mundo.

- E é aqui que vou parar de falar sobre o livro, porque compensa você ver a cara de Isobel ir ao chão. Além de ter mais um exemplo de que lua cheia e hormônios em fúria formam uma dupla e tanto. Enfim, vale a leitura, talvez não seja o melhor que você já leu, mas os personagens não serão o que você está esperando.
- Não achei site da autora, apenas as páginas no Fantastic Fiction e no eHarlequin.

Bacci!!!

Beta
Reações:

4 comentários :

  1. Zeus, muito bom, além de tentador ! ...

    ResponderExcluir
  2. Personagem de imprensa marrom sem querer estar ali ?! IKS !

    ResponderExcluir
  3. ZEUS, você sabe mesmo como incendiar curiosidades !!!

    ResponderExcluir