terça-feira, abril 17, 2012

Ciao!!!


Capa Nacional e gringa tirada do Romances in Pink

Ó, esse post tem culpadas *aponta Nat e Tonks*

Eu fui comprar livros de Páscoa no dia 7 na Saraiva: dois presentes de aniversário e um livro surpresa pra #madrehooligan *um gigante com os bastidores das comemorações dos 40 anos de carreira de Chitãozinho e Xororó. Já contei que ela é fã deles. E desde que viu o livro entre as sugestões do Faustão (tá vendo, tem coisa boa no programa dele: indicação de livros kkk) não parou de falar nele.*

E uma vez na Saraiva, óbvio, cismei de comprar algo pra mim, um “livro de Páscoa + presente do Dia do Jornalista”. Aí veio um problema surpreendente: nada me chamou a atenção! Os que eu queria ter, já havia comprado. No mais tinha o de sempre: chororô (Nicholas Sparks em altas doses), aquela avalanche de sobrenatural (bom pra quem adora, mas, quem curte com moderação - como eu -, fica com opções restritas), os da Nora com preços astronômicos (não, ainda não jorra petróleo no quintal aqui de casa) – vários de trilogias diferentes, incompletas ou que eu já tinha. Aí não dava pra trazer. Gastei um tempão andando e olhando (passei pelo mesmo corredor três vezes e a #madrehooligan “achei que você já havia olhado aí” e eu “uai, vai que tem algo que eu perdi”). Como quem procura, acha, encontrei o livro no meio de outros nada a ver com nada naquela prateleira. Me lembrei de alguém me dizendo que EU TINHA QUE LER O LIVRO e de posts favoráveis a ele (perdi o link deste tweet que, se não foi da Nat foi da Tonks, assim como os posts - tenho certeza!). Peguei o livro e rodei com ele muito tempo ainda pela loja até ir ao caixa pagar a compra.
Pois bem, chega de introdução gigante e vamos ao que interessa!

Amante da Fantasia – Sherrilyn Kenyon – Novo Conceito (Dark Hunter 1)
(Fantasy Lover - 2002)
Personagens: Grace Alexander e Julian da Macedônia

Por causa da determinação da melhor amiga em acabar com o celibato voluntário de Grace, ela se meteu em uma confusão absolutamente surreal. Invocou Julian, um escravo sexual que estava disposto a satisfazer todos os desejos dela. O problema é que Grace não queria ser usada e, por mais que beirasse a insensatez resistir, não queria pular na cama com ele. Julian não entendia a história de “vamos ser apenas amigos” – afinal de contas era a primeira vez em mais de dois milênios que alguém o rejeitava. No entanto, a mulher incomum que o invocara poderia ser o caminho para o sonho que ele desistira de ter: romper a maldição e reconquistar a liberdade...

Comentários:

(eu acho que pirei, meus pés saíram do chão...)

- Não, não escolhi o livro pela capa (aliás, voltaremos a este assunto já já), escolhi porque lembrei da recomendação de que era leitura boa. E olha que eu ainda estava reticente (dia escorpiano desconfiadérrimo), porque queria um livro que me divertisse e ajudasse a relaxar. Ah, outro exemplo de lerdeza-leseira mental: não li o resumo. Cheguei em casa, deixei ao lado da cama onde ele dormiu... Aí na manhã de domingo, comecei a ler. E não consegui largar. Fui interrompida pelo bom senso (a missão do domingo era: começar a escrever o primeiro capítulo da dissertação. Pois é, não cai do céu). Aí, o livro se mudou para a minha mochila, onde viveu por três dias: virou a leitura de ônibus e de ponto de ônibus. Péssima ideia. Porque não é livro para ler em público. Você não pode dar todos os faniquitos que quer se tiver testemunhas.

- Quer um livro que divirta e ajude a relaxar? Pode levar. Tem assunto, tem humor, tem personagens charmosos, unidos em uma história que faz com que você se importe com eles. E tem muitos momentos quentes, hot, alalaôôôôômasquecalor... Porque livro bom é aquele que você não quer largar: começa lendo por cinco minutos e, quando se dá conta, já se mudou de mala e cuia pra dentro da história.

- A trama começa com a bem intencionada Selena tentando forçar o fim do celibato voluntário da mellhor amiga, Grace. Para isso, aproveitou a overdose sensorial do aniversário (chocolate + vinho + niver) e a convenceu a invocar o escravo sexual preso em um livro. A princípio, pareceu uma marmota sob a lua cheia. O problema é que, pouco depois, a “marmota” apareceu em carne, osso e músculos *tudo muito bem definido* na casa dela. Ah, eu disse que Julian estava sem roupa e muito disposto a realizar a tarefa? (oi oi oi oi oi oi)... Só que Grace, mesmo atordoada, não o quer. Para ela, é inconcebível ir para a cama com alguém sem ter amor envolvido. Ops, impasse.

- A partir daí, vamos aprendendo mais sobre o que motiva tanto Grace quanto Julian. E são personagens com consistência: com sonhos destruídos, traumas e muito amor, mesmo que esteja soterrado por uma tonelada de descrença, diante do que eles enfrentaram. Se você já não estiver louca pelo Julian, vai ficar ainda mais quando perceber quem ele era, o que ele fez, o que fizeram com ele e o preço que pagou pelos erros que cometeu (ok, ele errou, mas, meninas, os deuses sambaram nele, tadinho!!!). E Grace também sofreu nas mãos de um representante deste tipo de criatura que se acha o último bote do Titanic, mas que não passa de um babaca que nem desprezo merece. No entanto, infelizmente, há aqueles momentos de pane mental onde o radar que detecta estas pragas falha... Aí já viu quem paga o pato, né?

- Enfim, temos uma garota traumatizada - e ironia das ironias: ela é terapeuta sexual. (Casa de ferreiro, espeto de pau? Não, no caso dela, espeto free... O que é o problema. *Perdoem a piada infame #fail Estou em dia escorpiano atacado*) E temos um homem que perdeu a alma ao ficar trancado no livro, de onde só era invocado para satisfazer o apetite sexual de alguma mulher por um mês. Duas pessoas presas, de formas diferentes, que anseiam pela liberdade. Demoram, até se mancarem que talvez juntos eles poderiam se libertar. Só que não vai ser moleza. Tá achando o quê? Mais de dois mil anos de maldição (dele) e os cerca de quatro anos de ausência de relacionamentos íntimos (dela) acabariam assim, num estalar de dedos? Aham, senta lá. De preferência, debaixo do chuveiro gelado (na prateleira, esse livro vai ser vizinho da série dos Senhores do Mundo Subterrâneo – aquela série que eu quero ver publicada em papel impermeável. Motivos óbvios!), porque você vai precisar. O fato de Grace não querer ir até o fim não significa que eles vão ficar todos os dias olhando um pro outro e jogando adedanha ou adoleta. Tá mais para pera, uva, maçã, salada mista... ou banana split. Ah, tem outro porém, uma contra-indicação da maldição: Julian sofre severas restrições quanto a desfrutar totalmente o banquete. Sim, o cara beira a santidade – que castigo! Aliás, cá entre nós, teve horas que eu achei que Grace beirava a INSANIDADE. Fala sério. Devia escrever um livro “como resistir sem querer querendo ao gostosão da Macedônia”. Mas lá pelas tantas, entendi a beleza e a esperteza do plano: pra que apenas 30 dias se pode ter isso pra sempre? Merece aplausos. Não sei se eu conseguiria. Teria que negociar uma lua cheia ocupada com alguma outra coisa (talvez finalmente fechar o primeiro capítulo do Mestrado. *Dissertação, a gente precisa ver por aqui!*), ou haveria o sério risco de e vai rolar o tchetcherere-tche-tche-tche...

(sim, pirei)

- Enfim, quer saber? Leia o livro e você vai entender o tamanho da comoção e se meu raciocínio (invejoso, digo, demasiadamente apreciador da boa sorte alheia) – ou a falta dele – faz sentido... Vocês não têm ideia de como estou querendo falar de cada detalhe, preciso tagarelar sobre este livro com alguém. Ah, já disse antes, não morro de amores por loiros (exceto Brad Pitt), mas esse troço de semideus (ah, eu disse que Julian é semideus?) escravo sexual causou uma pane nos meus três neurônios. #FATÃO. E como fui contagiada pelas culpadas Tonks e Nat e minha vez de passar o vício adiante (eu acho): eu mencionei que Julian é um ESPARTANO que sempre lutou pela Macedônia? Ops, esqueci... (acho que a Carla Blackhawk já saiu correndo dizendo que se é ESPARTANO É TREMBÃODIMAISDACONTA e É PRA LER JÁ!!!).

- Ah... Calma que já está acabando. O que falta falar? Hm... A polêmica da capa. A editora Novo Século fez uma enquete para escolher a capa... e na hora de decidir, colocou outra que a maioria das leitoras reprovou.

Foto da Capa original retirada do Sobrelivros.

Resultado, uma falação olímpica *pra ficar no clima da história* - culpem as redes sociais, ótima janela para reclamações! Sabe o que é mais curioso? A capa escolhida pela editora realmente tem tudo a ver com a trama, mas lembra demais um livro de História (e nem todos são como eu, que AMAVA as aulas de História), mas... NENHUM APELO (exceto se você é do tipo que sai atacando estátuas antigas e indefesas por aí.). Apelo que sobra na que acabou sendo usada. Essa versão morena do Julian é muito nhamnhamnham.

- Linkitos: A autora tem site oficial (não quis ler pra não ficar aguando...). Também há informação no site da editora. Há um blog só para a série: Dark Hunters Brasil. A resenha da Tonks no Romances in Pink ficou muito mais sensata que esse chilique, piti, faniquito, tudojuntojá texto que escrevi. Assim como a resenha da Nat, da qual copio o seguinte trecho do post dela no Menina da Bahia:
“Preciso avisar: essa série é enorme! Mas a Série Mortal da Nora Roberts também, e nem por isso queremos ficar longe de Roarke e Eve! E essa série também tem seu próprio Guia/Manual.
Saga Dark Hunter:
1 Amante da Fantasia
2 "Dragonswan"(ss)
3 Night Pleasures
4 Night Embrace
5 "Phantom Lover"(ss)
6 Dance With The Devil
7 Kiss of the Night
8 Night Play
9 "Winter Born"(ss)
10 Seize the Night
11 Sins of the Night
12 Second Chances
13 Unleash the Night
14 Dark Side of the Moon
15 "Until Death Do Us Part"(ss)
16 "A Hard Day's Night-Searcher"(ss)
17 Devil May Cry
18 Acheron
19 One Silent Night
20 Bad Moon Rising
21 No Mercy
22 Retribution
23 Time Untime
The Dark-Hunter Companion
ss = short story

Sherrilyn Kenyon, sua má! *Sim, lá vou eu, lá vou eu... (afinal de contas, sou a garota que não pode descobrir uma série tsc...tsc... tsc...)*

Bacci!!!

Beta

ps.: Eu juro! Já estava acabando e tive que voltar pra acrescenar: #madrehooligan ainda não leu. Está ali, felizinha com os MacGregor da Nora. Mas de olho comprido no Julian...
ps.: A seguir cenas dos próximos capítulos --- Em um futuro próximo (oremos): pessoa agarrada fervorosamente ao livro O Segredo mais Sombrio em noite de lua cheia dizendo “Vem Amun! Vem Amunzinho de Betinha! Vem neném!”.... Uai, vai que dá certo...
ps.: ÚLTIMO, EU JURO - só lembrando: a culpa de tudo isso é da Nat e da Tonks, tá?
Agora sim, cabô!
Reações:

8 comentários :

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, guilty!

    Vc vai dar esse livro para sua mãe ler? Coitada, cuidado para não ter piripaque! rsrs

    Adoro seus posts, morro de rir com eles :)

    bjsss

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkk

    Adorei a resenha!

    Esse é um dos livros que vou me dar de presente de aniversário kkk

    Bjs!
    Carla
    www.historias-semfim.com

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkk ri muito com esse post.
    O engraçado é que essa semana fui na livraria e vi esse livro, com esse espetáculo de capa, e pensei "esse ainda não conheço" e fiquei de pesquisar depois. Obrigada LdM XD
    Gente o que é o tamanho dessa série? Eu já sofro tanto esperando pelos Senhores... eu quero Paris!

    ResponderExcluir
  4. hahahahhahahahahahahaha
    *gargalhadas incontroláveis* HAUHAUHAUAH

    Betinhaaa! Sabia que você ia adorar o Julian! Eu não li a versão brasileira, só o orginal, e isso tem vidas!
    Confesso que vou ler de novo só por sua causa.
    Capaz de eu começar a rir imaginando você lendo esse livo. HAHAHAHA

    Ai Ji-sus, #MadreHooligan vai ler? Adoroooo!!!!!
    Depois conta aqui o que ela achou hauhauhauha

    HAHAHAH
    Macumba pro Amun-vir-ni-mim?!
    Será que dá certo com o Roarke? HUAHAUHAUHAUHAUAHAUHA

    Adoro suas resenhas chilique! Só de imaginar sua cara escrevendo eu me acabo de rir! HAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  5. Rapaiz, a Betinha ta com o bichinho saltitador no cérebro! E o dito ta ta ouvindo alguma música do tipo "sai do chão!" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    "se é ESPARTANO É TREMBÃODIMAISDACONTA e É PRA LER JÁ!!!)".
    Simmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm, mas pufavô, eu to falida esse mês. Pode ser mês que vem? :D

    Portanto, criançada, segura! Betinha ta na area. kkkkkkkk

    Bjs!

    PS> Ansiosa pela coluna da #MadreeHooligan

    ResponderExcluir
  6. Eu estou caçando esse livro pelas livrarias tem meses, encontrando-o em todas essas caçadas. Porém minha tia preferida está comigo toda vez que consigo entrar por uma livraria e sabota minha compra, fazendo com que eu fique de mãos vazias. Tudo porque meu armário está abarrotado, quase lotado, quase zerado. Preciso de um segundo armário para imediatamente ! Ah, aquelas três capas são lindíssimas, mas cá conosco: aquela primeira capa lilás, com aquele morenaço musculoso, foi vencedora de longe !!!

    ResponderExcluir
  7. Beta, assim você me mata!!!! kkkkk

    Acho que meus vizinhos de quarto aqui no hotel pensam que eu sou doida, estou às gargalhadas!!!

    Já li esse livro por culpa da Tonks. A danada me deixou tão curiosa que imediatamente encomendei a criatura pelo site da Saraiva. Acabei com o livroem três tempos e realmente não é coisa que se leia no ônibus, garota! O que fazer com o calorão?????

    Meninas, o livro é muito bom, mas meu temor é que a editora nos deixe á beira do caminho com uma série tão grande. Mas como diz a Beta, OREMOS!!!!!

    Ah, sobre a capa: sinceramente, achei muito fraquinho tudo. Mal dá prá ver o moço com esse fundo escuro - péssima escolha de cores e a outra, fala sério, parece capa de livro de História...

    Adorei seu piti!!!

    Beijos,

    ResponderExcluir
  8. Julian de Macedônia ... Que graça !!! Julian ... Adorei !!! Macedônia ... Adorei !!! Ah, Andrea, todas essas capas estão lindas e ótimas ! Até aquela tal "capa de livro de História"! Eu adoro História !!! ... Ah, isso eu tenho que grafar: "Péssima idéia. Porque não é livro para ler em público. Você não pode dar todos os faniquitos que quer se tiver testemunhas." (hihihihihi !!!) Um feitiço de invocação sob lua cheia, é ? ... Julian está muito disposto e todo nu para sua tarefa, é ? ... Oh, céus ! Mas eu compreendo muito bem essa atitude de não ir para cama com quem você nâo ama. Eu estou cada vez mais interessadíssima sobre tudo quanto ao Julian. Mas Grace bem que poderia chamar-se Selene. Seria mais correto gregamente nesta história. ^^ Ah, tem até falha de radar contra praga ! Uh, conheço esse drama ! ¬¬ Mas enfim, eu gostei desse plano de Grace (se é que eu entendi esse plano de Grace porque eu não tive muitas coordenadas dessa postagem). ^^ Oh, pelos milhões de pés de alface: ELE É UM SEMI-DEUS ESPARTANO ???!!! O_O Você jura ? EU PRECISO SABOTAR AQUELA SABOTAGEM DE MINHA TIA !!! Mesmo ele sendo loiro (apesar de estar moreno naquela capa !!!). Confissão de uma jovem de espírito: eu caí de quatro pelo macedônio loiro !!! Meus loiros irrestíveis são dois atualmente: Josh Holloway (Sawyer) e Kevin Mac Kidd (Posseidon), que fizeram um estrago pela minha almazinha apesar de sua loirice. QUE HOMENS, UIA ! ... Ah, céus, TEM DE SER MEU, MESMO SENDO DE UMA SÉRIE QUE TALVEZ EU NÃO ACOMPANHE PLENAMENTE !!! ... Finito ! Eis uma postagem que eu escrevi satisfatoriamente agora !!! ^^

    ResponderExcluir