sábado, novembro 19, 2011

Ciao!!!


O mais legal de encarar novas autoras é que você pode se surpreender. Digo isso porque sou desconfiada por natureza e signo, não gosto muito de sair da minha rede de confiança. Mas posso dizer que já estou incluindo Natalie Anderson na lista de “ler sempre que possível”. Este livro foi citado no post sobre os lançamentos da Harlequin Brasil de Outubro e eu me enganei na primeira impressão. Aqui, não é o humor que faz a diferença...

Brilho no Olhar – Natalie Anderson – Modern Sexy 51
(Unbuttoned by her maverick boss – 2010 – Mills & Boon Modern Heat)
Personagens: Sophy Braithwaite e Lorenzo Hall

A sempre prestativa Sophy aceitou fazer um favor para uma amiga da irmã: substitui-la no trabalho em uma Fundação. O que ela não contava era ter que encarar, lidar, ficar perto (e outros contratempos) do chefe! Lorenzo era lindo, imprevisível e dono de uma força que a atraía para ele sem que ela percebesse ou pudesse controlar. O fogo era tão intenso que poderia consumir a ambos. E nem Sophy nem Lorenzo queriam se chamuscar em algo que não pudessem controlar. Mas, talvez, não tivessem escolha.

Comentários:

- Não se deixe enganar pela leveza do resumo da contracapa (e que eu publiquei no post sobre os lançamentos de outubro). A história é muito mais do mais do mesmo “a intensa atração entre chefe bilionário e funcionária temporária” que já vimos em outros livros. Já começa pelo cenário diferente (porque a maior parte dos livros está sempre no circuito EUA-Europa): Nova Zelândia! Serve para refrescar e para me fazer lembrar aqueles cenários maravilhosos da trilogia O Senhor dos Anéis, mesmo sabendo que a trama se passa na área urbana do país.

- Sophy carrega uma grande bagagem, patinho feio que se sentia inadequada por não seguir o brilhantismo dos pais e dos irmãos e sempre com disposição para ajudar a todos, colocando as pessoas em prioridade na sua vida. Foi por causa desta “política existencial” que Sophy terminou tendo que conviver com um chefe que era totalmente o oposto dela. Já Lorenzo primeiro se encantou com o fato de que Sophy era tão organizada, dinâmica, não parava quieta e certinha. E ficou muito tentado em bagunçá-la um pouquinho, e passou a provocá-la só para ver como ela reagiria. Claro que a brincadeira fica cada vez mais séria, até que nenhum dos dois consegue controlar o que sente. E ver a boa moça patinho feio aprendendo a se soltar e a dominar o moço selvagem é muito legal XD

- É livro que dá gosto de ler, porque conseguimos entender as motivações dos dois, os traumas que eles enfrentaram e a forma como ainda influenciam suas decisões. Ainda mais porque o processo de fortalecimento da patinho-feio Sophy é em paralelo ao de tornar vulnerável o selvagem Lorenzo. Nada acontece em passe de mágica. Quanto mais eles se entregam (mesmo sem admitir isso), mais complexas ficam as coisas. E para sair do rolo onde se meteram, só havia uma saída, que não os poupará de sofrimento no caminho.

- E claro que, em se tratando de mim, óbvio que este livro é parte de uma história interligada. A primeira parte, a história entre Alex Carlisle, amigo e sócio de Lorenzo, e Dani Russo, está no livro Olhar Traidor, lançado no Modern Sexy 46 (que eu ainda não li). Mais uma curiosidade: Brilho no Olhar livro foi lançado nos Estados Unidos com o nome de Rebel with a Cause.

- Até pouco tempo atrás, eu não conhecia a autora. Em pouco tempo, as circuntâncias me levaram a ler três livros dela (a próxima resenha aparece em dezembro, para a Maratona de Banca). Ela tem site oficial e um blog onde constam formas de seguí-la no Twitter e no Facebook. :D

# Adendo: A autora leu a resenha e deixou um recado para mim no Twitter!!!!

* E o conto de presente:

Noiva de um bilionário – Trish Morey – Modern Sexy 51
(The Italian billionaire’s bride – 2009 – Harlequin Internet Titles)
Personagens: Carmelina Milazzo e Roberto Peroni

Carmelina precisava trabalhar para garantira sobrevivência dela e da avó. E não esperava reencontrar no castelo o garoto com quem crescera junto e que não perdeu a chance de ir embora de Montvalette. Agora Roberto estava de volta, rico e bem sucedido, e queria ficar por perto e ajudá-la. Ela temia o que ele poderia exigir em troca...

Comentários:

- Primeiro, sei que sou uma das piores escritoras de resumo da face da terra, mas queria saber quem fez o resumo da contracapa, que não condiz muito com a realidade da história.

- Enfim, como se trata de um conto, é bem vapt-vupt, conhecemos a realidade de Carmelina, o reencontro com a paixonite de adolescente, alguns fatos do passado que ela é obrigada a lembrar, a vontade dele de ajudá-la (ele diz)/ se meter na vida dela (ela pensa). E como eles se tornaram tão diferentes, pelas circunstâncias da vida e como se atraem. A partir disso, o que vier é conseqüência e quais decisões vão tomar a partir disso.

- Este conto remete ao livro Coração Descoberto/Forced Wife, Royal Love-Child, com Sienna Wainwright e Rafe Lombardi (coadjuvantes neste conto) que se passa no reino de Montvallete, que foi lançado no Brasil no Paixão 150.

Bacci!!!

Beta
Reações:

5 comentários :

  1. Eu gostei desse homem dessa capa e desse resumo desse livro. Vejamos se eu gostarei de sua história também. Mas será outra trilogia a caçar, pelos deuses todos !!! Meu armário de livrinhos está estufando com tantas novidades !!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, gente!

    Eu simplesmente amei esse livro. Natalie Anderson é daquelas autoras que até agora não decepcionaram!!!!

    O casal funciona, é factível, e o que acontece na vida deles poderia acontecer na nossa. O Lorenzo, então, tem atitudes e sensações muito humanas, ao contrário dos mocinhos que a gente vê por aí, que se acham seres superiores de outras galáxias perdidos por aqui.

    As atitudes dela também são bem factíveis, e, sinceramente, deve ser o Ó ser normalzinha numa família de gênios...

    E a cena do casamento? Tem cena mais gente como a gente do que aquela? Não vou dizer o que é prá não estragar. kkkkk

    Olhar Traidor eu te mandei numa dessas remessas. Procura aí, vai???!!!! Aguardo ansiosa a sua resenha para completar a série!

    No mais, só tenho a dizer que o livro é imperdível! Estufa mais o armário aí, Sil!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, sempre pego os livros da Natalie Anderson, ela não me decepciona, os livros são ótimos!!

    ResponderExcluir
  4. Sua dicas são, simplesmente, ótimas!
    Adoro seus comentários!

    ResponderExcluir
  5. Renz Hall é um dos melhores presentes que já ganhei na vida, e a bem da verdade ele me lembra muito um amor adolescente de estilo bad boy...rs

    Esse livro na minha humilde opinião, foi meu top 10 esse ano.

    Gracias a Andrea Jaguaribe e sua preciosa contribuição.

    bjos
    Mara

    ResponderExcluir