domingo, abril 03, 2011

Ciao!!!


Imagem retirada daqui.

Patrícia Grasso é uma das minhas autoras favoritas. Além de histórias que me divertem, ela foi tão gentil com o LdM que eu nunca irei esquecer! (Quem não sabe do que estou falando, leia este post e este também) Este é mais um da série da Família Kazanov, cujo Príncipe Irresistível me encantou...

Príncipe dos Sonhos – Patricia Grasso – Clássicos Históricos 335
(Seducing the Prince – 2005 – Kensington Publishers Corp.)
Personagens: Regina Bradford, condessa de Langley e príncipe Viktor Kazanov

A filha do mercador, condessa por casamento, e o príncipe tinham algo em comum: seus respectivos cônjuges tinham um affair. E foram mortos, tornando o príncipe Viktor Kazanov o principal suspeito, até ele ser inocentado no tribunal: Regina insinuara que eles estavam juntos na noite do crime. Desde então, a vida dela se tornou uma confusão, porque se tornou uma viúva disputada (cortesia de sua herança) por um conde a quem ela não queria, um príncipe a quem desejava e ambos se tornaram o assunto da sociedade. E como escândalo pouco não é bobagem, o que seria apenas fofoca, vira mistério policial - várias pessoas próximas a Regina estão sendo assassinadas e ela precisa se proteger e descobrir o culpado, antes que seja considerada culpada por crimes que não cometeu! Será que poderia ser salva pelo príncipe?

Comentários:

- Regina gosta de escrever e nós podemos acompanhar como ela transporta os acontecimentos de sua vida para a ficção, uma história dentro da história.

- Ela tinha se casado por obrigação e não suportava o marido. Charles Bradford tinha um caso com a esposa de um príncipe russo e tudo corria bem (ele se divertindo com Adele e deixando Regina em paz) até que ambos foram mortos durante um de seus encontros teoricamente secretos. A polícia conclui que o príncipe era culpado e ele foi levado a julgamento, salvo apenas pelo testemunho de Regina, que não mentiu, mas também não disse fielmente a verdade. A partir daí, temos o conturbado relacionamento de Regina com Viktor, lotado de intrigas, interferências, inveja alheia e complicado pelos crimes que vão acontecendo que podem torná-los suspeitos novamente, ou pior, as próximas vítimas!

- Regina é espirituosa, passional, decidida, independente, temperamento forte. Não se intimida, mesmo em seus momentos de fraqueza e tem raciocínio rápido (as tiradas dela são ótimas! Em especial para o promotor Lowing, que a perseguiu mas sofreu com as respostas espirituosas da heroína). E estou confusa em relação ao príncipe Viktor. Houve momentos em que gostei bastante dele. Houve outros em que queria ajudar a esganá-lo por ser um homem tão obtuso (o que é normal nestes nossos livros – parece praticamente condição obrigatória para alguns heróis). No fim, se Regina ainda o quiser, quem sou eu para ficar contra???

- Nada a ver, mas a propósito: eu descobri o assassino!!! (Depois de anos levando rasteira de dona Agatha Christie, qualquer pequena vitória deixa meu eu escorpiano metido a detetive feliz...)

Bacci!!!

Beta
Reações:

3 comentários :

  1. OMG! OMG!
    Esse livro é ótimo *-*
    Até hoje ele está como desejado no meu Skoob, não consigo encontrar ele por aqui =/
    Lí emprestado de uma amiga e o príncipe Viktor me fez suspirar tanto *.* e Regina também é ótima! Adorei o casal...

    Beta, você sabe alguma informação sobre os outros livros da Família Kazanov?

    :*

    ResponderExcluir
  2. Esse eu ainda não li. Agora vou ter que sair à caça por aí!

    Beta malvada!!!!! kkkkkkkkk

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oh, ela é malvada e terrorista ! Nós gostamos tanto dela e de suas resenhas por essa razão, dentre outras ! ^^

    ResponderExcluir