quarta-feira, janeiro 05, 2011

Ciao!!!

Pois é, o ano começou e vamos mexer em vespeiro??? kkk
Em dezembro, o querido Renan publicou uma lista muito interessante na Comunidade Adoro Romances, no Orkut. Especialista em Diana Palmer, fez uma detalhada e completa análise do que considerava os 11 melhores e os 11 piores protagonistas masculinos criados pela autora.
Pedi permissão e ele deixou que eu republicasse a lista aqui para quem não conhece a comu do Orkut também participe da discussão. E disse a ele que eu teria um sério problema: NUNCA conseguiria 11 exemplos na lista dos melhores. Em compensação na lista dos piores... tsc.. tsc... tsc..

Então, sem mais delongas, eis a lista do Renan. Divirtam-se!!!

***

Os 11 melhores e os 11 piores de Diana Palmer


Gostaria de descrever minha seleção dos “11+” e dos “11-“ mocinhos de Diana Palmer (o número quebrado é porque sempre que pensava em alguns, acabava excluindo alguém injustamente numa das listas). Li quase todos os livros citados, exceto uns 2 ou 3, mas me baseei também em alguns comentários da comunidade. Estou consciente de que vai gerar controvérsia, e mesmo os dos ‘11+” eventualmente cometeram ogrices, mas se esforçaram de maneira coerente para repará-las ou tiveram motivos para tanto (ao menos na cabeça deles). Os critérios que me baseei para escolher os mocinhos foram a capacidade que eles tinham de amar e respeitar as mocinhas, e a menor tendência a canalhices, nos primeiros, a a gradação de canalhice nos últimos. O que vocês acham?

Os 11 melhores

1º - ERICK “DUTCH” VAN MEER (“Uma estranha ao meu lado”) – Apesar de alguns erros, como a hostilidade inicial à Danny e a reação negativa quando soube que ela estava grávida, a ternura e a intensidade com que a amava, o impulso protetor que o possuía quando ela estava por perto e a reação intensamente emocional quando ela ficou em perigo fazem dele um merecedor do primeiro lugar.

2º - HARLEY FOWLER (“O rebelde”) – O defensor das mocinhas alheias e “fazedor de ciúme” nos mocinhos alheios não decepcionou no seu livro e, apesar de não ser tão HOT, aos poucos se deixou envolver por Alice Jones e se apaixonou profundamente por ela, sem jamais ter vergonha de expressar o que sentia.

3º - JOHN CALLISTER (“Diamante Bruto”) – Sem dúvida um dos mocinhos mais encantadores de DP: simpático, bem-humorado, tio e irmão dedicado, ajudou o ligeiramente estúpido irmão Gil a “abrir os olhos” em relação ao amor que sentia pela secretária Kasie e se apaixonou pela mocinha Sassy ao perceber que ela estava sendo explorada pelo patrão. Comprou a loja em que ela trabalhava e cuidou dela e de sua família, fazendo-se passar por um simples capataz, sem exigir retribuição nenhuma pelo que fizera. Nunca um título foi tão errado em relação à história do livro, pois ele não tinha nada de bruto, exceto com o vilão.

4º - HANK SHOEMAN ou BERNARD, dependendo da tradução (“Estação do amor”) – Músico de talento e amigo leal, sequestrou Poppy O’Brien temendo que ela fosse uma repórter sensacionalista e colocasse sua amiga e parceira Mandy Sutton em perigo. Só isso seria o bastante para que ele fosse para a outra lista, mas em nenhum momento ele foi hostil ou indelicado com ela, e os dois acabaram se apaixonando. Embora ela recusasse as investidas dele, sempre foi apaixonado e carinhoso com ela, e depois foi procurá-la e a pediu em casamento.

5º - “BIG” JOHN JACOBS (“O fundador”) – Como seria bom se os fazendeiros de Jacobsville imitassem o comportamento de seu fundador. É verdade que no início ele só queria um casamento de conveniência com Ellen Colby, para obter o apoio do sogro para seus negócios, mas não escondeu isso dela e foi a primeira pessoa que deu atenção aos seus sonhos e desejos. Nunca a tratou mal nem teve vergonha de seus sentimentos quando se apaixonou por ela.

6º - ROARKE KILPATRICK (“Febre da paixão”) – Promotor implacável, descendente de irlandeses e índios, foi um tanto hostil à mocinha no início, mas quando a conheceu melhor passou a cuidar dela e a garantir até mesmo que ela fosse menos explorada pela família.

7º - JEREMIAH CORTEZ (“Antes do sol nascer”) – Outro promotor descendente de comanches, cometeu erros, mas amava sinceramente Phoebe Keller e fez tudo ao seu alcance para protegê-la. Além de ser muito dedicado à família.

8º - MARCUS CARRERA (“Doce desejo”) – Esse mafioso regenerado não só cuidava dos filhos do falecido irmão como ajudou Cash a recuperar Tippy. Quando se apaixonou por Delia, tratou-a com ternura e consideração, e embora tenha sido ríspido com ela posteriormente, tinha seus motivos: na primeira vez, foi para protegê-la, e na segunda, estava transtornado após perder a memória. Além disso, também merece consideração a forma como ele a pediu em casamento.

9º - CARSON WAYNE (“A noite dos prazeres”) – Apesar de reconhecidamente mal-educado, esse rancheiro formado em Economia e Administração sempre teve consideração por Maddy, nunca sendo injusto com ela, e compôs uma bela canção para expressar o amor que sentia pela jovem bem-educada e o desejo de que eles pudessem ser felizes apesar das diferenças.

10º - LEO HART (“Nas mãos do destino”) – Apesar de ter se deixado iludir por uma caça-dotes e ter sido injusto com Janie Brewster em um dado momento, soube reconhecer o seu erro e se redimir. Além disso, a ternura com que ele a tratava quando assumiu seus sentimentos se sobrepôs a quaisquer erros que tivesse cometido.

11º - JEB “COOPER” COLTRAIN (“Primavera do Amor”) – Embora tenha sido hostil com a Dra. Lou no livro “Anjo do oeste” e no começo da sua própria história, soube reconhecer seu erro e se esforçou para ajudá-la a superar seus traumas. Além disso, era dedicado aos seus pacientes e interviu de forma benéfica na vida de outros personagens nos romances posteriores. Um de seus grandes feitos foi ter expulsado Rodrigo Ramírez do hospital após ele ter entrado no quarto onde sua mulher se recuperava de um aborto provocado por ele mesmo.

Os 11 piores

1º - J.B. HAMMOCK (“Avassalador”) – O “estúpido-mor”. Amargo, sádico e um tanto cruel, merecia ser preso por tentativa de homicídio pelo acidente de Tellie, quando ela tentou lhe contar sobre o problema de saúde de sua irmã.

2º - RODRIGO RAMÍREZ (“Destemido”) – Obcecado, injusto, inconveniente e com alguma tendência ao sadismo (além de provavelmente adúltero), submeteu Glory e os leitores a tortura psicológica durante quase todo o livro, e só no fim “admitiu” que a amava e fora cruel com ela, numa solução forçada e frustrante ao excesso.

3º - JORDAN POWELL (“Feridas de amor”) – O “babaca-mor”, além de querer se casar com uma mulher pela posição social, rejeitou a que realmente amava por medo e acreditava em todas as mentiras que a “noivinha” ordinária dizia.

4º - ETHAN HARDEMAN (“Rendição ao desejo”) – Outro babaca. Rejeitou Arabella de maneira absolutamente cruel a pedido do pai dela, e depois foi se consolar nos braços de outra, que arrancou uma aliança de casamento dele dizendo que estava grávida. Não foi um casamento feliz, mas quando teve uma segunda chance com a ex-namorada, ao invés de revelar a verdade e pedir perdão, se recusava a dizer a verdade. Sem contar que numa hora crítica preferiu acreditar na ex-mulher do que nela.

5º - JUSTIN BELLANGUER (“Aprendendo a amar”) – Complexado e um tanto egocêntrico, submeteu Shelby a tortura psicológica em boa parte do livro, e mesmo depois que descobriu que ela ainda era virgem se recusou a acreditar nela, culminando com a grande canalhice cometida praticamente no final do livro. As desculpas para tanto? “Fui magoado demais e não confio mais em você”, “Seu pai foi um segundo pai para mim e não vejo porque você diria a verdade e não ele” e por fim, “Não podia acreditar que você amaria alguém tão feio e sem graça como eu”. Cresça, moleque marrento!!!

6º - TED REGAN (“Adeus ao amor”) – Complexado e com alguma tendência à crueldade, rejeitou Coreen porque não queria se casar com uma mulher mais jovem e praticamente a jogou nos braços do primo sádico. Não bastasse todas as humilhações que ela sofreu, ainda teve de agüentar o ódio dele porque o primo lhe disse que ela não prestava e passou pelo menos metade da história torturando-a psicologicamente com o objetivo de “fazer justiça”, e mesmo quando descobriu a verdade não queria nada duradouro com ela alegando que “não posso me casar com uma mulher mais jovem e passar por tudo que meu pai passou com minha mãe”. Aliás, quando a pediu em casamento disse que estava disposto a lidar com o dia em que ela o abandonaria. Se tem um personagem de Diana Palmer que merece ser corno, é esse!

7º - KING CULLHANE (“Amélia”) – Estúpido e impulsivo, humilhou a pobre Amélia vezes sem conta e depois de seduzi-la a rejeitou sumariamente. Não contente com isso, ainda disse ao pai dela que ela tentara seduzi-lo, sob o pretexto de impedi-la de se casar com seu irmão, sendo o responsável indireto pela surra que ela levou e pelo ataque cardíaco que matou o velho. É verdade que se arrependeu amargamente dos seus atos, mas ainda cometeu uma última sandice na noite do seu casamento, quando abandonou de súbito a cerimônia ao tomar conhecimento da prisão do SUPOSTO assassino de sua falecida noiva, a mesma que o abandonara ao achar que ele tinha falido. Pelo menos ele teve que dormir ao relento naquela noite, depois que seu cavalo se assustou com uma cobra e fugiu.

8º - DIEGO LAREMOS (“Desejo proibido”) – Tortura psicológica, exposição de uma mulher grávida a um ambiente hostil e agressividade contra a ex-esposa e o próprio filho (ainda que ignorasse o fato) são alguns dos pecados desse cidadão, segundo comentários de quem leu o livro.

9º - JUDD DUNN (“Fora da Lei”) – Pode não ter sido muito cruel, mas rejeitar o amor sincero de uma garota, flertar com uma estrela de cinema na frente dela, ignorar o que ela dizia sob o pretexto de que estava “querendo chamar sua atenção”, esquecer o aniversário dela e no mesmo dia dar um anel caro à outra e não abrir seu coração mesmo quando ela leva um tiro por ele o transformam num estúpido de primeira!

10º - KINGSTON BRANT (“Para amar e cuidar”) – Esse caubói hostil e preconceituoso oscilava entre tentar seduzir a mocinha e desprezá-la, torturando-a com todo tipo de grosserias, por ela ser modelo, filha de uma atriz promíscua e porque ela lhe lembrava uma ex-noiva. Após uma das discussões, em que ele praticamente a chamou de prostituta, ela preferiu sair da fazenda dele de madrugada. E ainda por cima desfilou com outra mulher na frente dela e a chamou de interesseira. Outro caso de um título que não tem nada a ver com o livro, pois ele nem sequer sabia o significado desses dois verbos.

11º - ANDREW LONGERMAN (“Impetuoso coração”) – Mal-educado de primeira, não só abandonou a mulher que amava por intrigas de uma caça-dotes, como ainda se envolveu com ela e a engravidou. Quando reencontrou a ex-namorada, chegou a marcar um encontro com ela mas foi sujo e malvestido. Sem contar que rejeitava a própria filha por achar que ela era uma bastarda, o que contribuiu para a garota desenvolver uma personalidade antissocial.
 
***
 
Se precisarem se lembrar de alguma destas almas ou pragas, vá neste link, onde tem a lista de todos os livros resenhados da Diana Palmer aqui no LdM!
 
E aí? Concordam? Discordam? Querem acrescentar alguém? Vamos começar a sessão de discussão sobre "Diana Palmer caducou ou não"?!
 
Bacci!!!
 
Beta
Reações:

16 comentários :

  1. Aiiii, eu sou o contrário de vc, bEta. Não conseguiria fazer uma lista de 11-, hehe. Eu adoro todos!!! Ok, ok, tem uns ogros por lá... mas eu me amarro na hora da "redenção", o que torna impossível pra mim odiá-los, kkkkkkkkkkkk
    Jesus! Já falei que perco a coerência qndo se trata de DP, né?!
    Seria caso de internação?! rs....
    Ai, ai....

    ResponderExcluir
  2. Por causa da Maratona de Banca estou lendo um Diana Palmer.

    Tenho vários dela pra ler, mas escolhe "Quando o inverno chegar" porque a mocinha é repórter.

    Meu lado escorpiana briguenta anda super hiper aflorado e estou quase com medo do que vou escrever!

    Você sabe se o Renan tem pretensão de fazer as mocinhas 11 + e 11-?

    ResponderExcluir
  3. Noossaaa...Não tem como eu não gostar de Diana Palmer...leio sempre, adoro todos!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Beta! Talvez eu seje apedrejada por não gostar de Diana Palmer, li até hoje somente dois livros e não gostei de nenhum deles, na lista dos 11- está o primeiro que eu li e também ficou em primeiro lugar entre os piores mocinhos ( J.B. Hammock - Avassalador).
    Também deveria fazer com as mocinhas as melhores e as piores.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Cadê o Cash Grier? Eu quero o Cash!:)

    A Diana é incrível, né? Eu posso morrer de raiva de uns mocinhos, me irritar com as mocinhas mas mesmo assim adoooro!

    Bjos!^.^

    ResponderExcluir
  7. Beta, como disse na comunidade, discordo: posso garantir ao menos meus 11 herois decentes, e até poderia elencar outros que gosto. Mas a verdade é que realmente DP tem tendência a criar certos tipinhos que vou te contar... O próprio Blake Donovan, a meu ver, merecia muito mais os 11 piores do que os 11 melhores, pela escorregada que deu quando já tinha resolvido quase tudo. É exatamente por isso que não gosto de ler nada dela sem me informar antes. Mas e você, o que achou da lista? Concorda e discorda no quê? Não faz sentido você postá-la no blog e nem sequer opinar.
    Quanto às perguntas das meninas, por ora não tenho intenção de fazer uma lista equivalente com mocinhas, embora pretenda fazer mais duas: "Os 11 coadjuvantes mais sacanas", que contará, entre outros, com o verdadeiro pai de Tate Winthrop, e "As 11 piores vilãs", que será encabeçada por Sylvia Webb e terá também Julie Merrill e Bella Jean.

    Renan.

    ResponderExcluir
  8. Eu colocaria o King como primeiro dos 11 - sem nem piscar!!!
    Criatura despresível!!!!

    Agora, que deu uma vontade danada de pegar os livros dos 11 piores pra ler, só pra saber se eles são assim tão desalmados, ah, isso deu! hauhauahuah

    ResponderExcluir
  9. Os 11 Piores realmente são os piores!!!!Porem eu daria o 1° lugar ao Rodrigo Ramirez(Destemido), ele poderia ter feito tudo mas fazer com q ela perdesse o bebe foi demais!!!O meu voto é que ele é o pior mocinho q já existiu!!!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Ai, Cadê o o maravilhoso sheik de Lorde do Deserto??? Ele está entre os melhores protagonistas da titia Diana. Tb colocaria nesta lista o Rodrigo, confesso que me apaixonei por ele e a culpa não foi tanto dele mas, da no sense da Sarina q ficava iludindo o "pob" apesar de muito bem casada com o Colby! - Pronto, já podem me crucificar hehehehe.
    Ah, cadê o maravilhoso Jacob de O Lobo Solitário? Entraria nos meus dez + Muito fofo ele.

    Dos 10 - não sei quem poria lá, talvez o Hutton de Uma vez em Paris - ainda não engoli que ele amasse a mocinha tendo amado antes incondicionalvemte e sofrido miresavelmente de saudades da falecida esposa...

    Q acham? jejejej

    ResponderExcluir
  12. A lista está maravilhosa!

    O Colby também é um ogro, afinal a mocinha levou pontos depois da noite de núpcias, kkkkk!

    Sou grande fã da DP e coleciono seus livros.

    ResponderExcluir
  13. Estou pensando seriamente em trocar o 8o lugar de Diego Laremos para o Edward McCullough de "Noites de delírio": o cara é um canalha em boa parte da história, se recusava a dar um voto de confiança à mocinha e a deixou na "mão" no momento em que ela mais precisou dele. Tive vontade de dar uns bons murros no energúmeno!

    Renan.

    ResponderExcluir
  14. eu adorei a lista...

    mas não podemos esquecer Alexander Tyrell Cobb("O Senhor da Paixão" ou "Sem Saída") esse agente do Departamento Antidrogas do Texas que maltratou e infernizou até que conseguiu afastar a mocinha de perto dele,ele e sua irmã sempre se aproveitaram da boa vontade da moça...quando viu que ela não mais se aproximaria deles, resolveu envolve-la em um de seus casos, mais uma vez a usando,mas dessa vez ele viu que ela estava disposta a ser feliz sem ele, mesmo que isso significasse ir para outro país...ele para não perdê-la faz dela sua parceira num caso perigoso como sua "namorada" assim reconquista a moça e enfim pede perdão por suas maldades e seus comentários devastadores...enfim foge com ela na festade haloween e se deixa ser feliz..

    Camila

    ResponderExcluir
  15. Ah, como o Jacob Cade não está entro os 11 -??? Depois da primeira vez (horrível por sinal) com a mocinha, ele entrega pra ela uma nota de 100 dólares e fala que e pelos serviços prestados... Nossa, é motivo pra jogar ele pela janela!!! hahaha tá. depois ele se arrepende, sofre um bocadinho, mas eu teria feito ele engolir a nota antes de pensar em perdoar rsrsrs

    ResponderExcluir
  16. Tiraria o Justin da lista dos ruins e colocaria em primeiro lugar nos bons! Muito apaixonado pela mocinha... E ela um pouco tonta demais. Já li duas vezes!
    Agora o mais fofo de todos não está nas listas: Quinn Sutton, gente ... que fofo, meigo e especial esse mocinho virgem! Claro que é surreal mas é um romance e tudo pode!rsrsrs


    ResponderExcluir