sábado, novembro 20, 2010

Ciao!!!

Numa das raras visitas ao sebo, por excesso de tarefas, o livro estava me olhando do alto da prateleira. Eu olhei de volta, pensei... E o trouxe comigo. Afinal de contas, adoro histórias de príncipes...
Preciso dizer o que aconteceu? Advinha? O radar de “Opa, tem mais aqui” piscou ensandecidamente o livro inteiro... O resultado, eu conto já, já.!

A Lei da Tentação – Dana Marton – Harlequin Special 17 (Corações Soberanos)
(Royal Protocol – 2009 – Harlequin Intrigue)
Personagens: Rayne Williams e príncipe Benedek Kerkay, príncipe de Valtria

Finalmente a Ópera Real de Váltria estava recuperada e seria reinaugurada em grande estilo, com a apresentação da famosa cantora lírica Rayne Williams, a grande paixão do príncipe Benedek Kerkay, o responsável direto pela reforma. Apesar de saber que ela não sentia o mesmo por ele, porque recusou polidamente todos os convites que o príncipe fez nas inúmeras vezes em que foi assistir às apresentações dela nos Estados Unidos. Benedek queria impressioná-la e terminou precisando proteger a ela e a si mesmo: rebeldes aproveitaram a festa para dar um golpe onde a meta era matar a família real, começando por ele. A cada instante o perigo aumenta e o príncipe precisará lutar contra adversários claros e disfarçados para sair vivo e conquistar o amor de sua amada...

Comentários:

- Benedek gosta muito de Rayne. Não importou diferença de idade (ela é mais velha que ele), que ela mora em outro país e mesmo que ela nunca aceitou um dos inúmeros convites que ele fazia... Já Rayne está em dúvida se vale a pena gostar dele (príncipes e celebridades dão trabalho demais e, no fim, tudo termina em sofrimento). Mesmo assim, aceita o convite para cantar na reinaguração do teatro que ele reformou. Então, o que seria um protesto pacífico se revela uma armadilha: rebeldes queriam – de novo – depor a família real de Valtria. O plano era sitiar o teatro quando todos os seis príncipes e talvez a rainha (que está doente) estivessem chegado. Mas, eles se atrasam, apenas Benedek e Rayne estão no local quando o cerco começa. A partir daí é uma corrida contra o tempo, para tentar desarmar a terceira – e mais perigosa – bomba, descobrir uma forma de deixar o local sem ser vistos pelos rebeldes, o que inclui a opção de passeio por catacumbas e labirintos no subsolo que podem levar diretamente à liberdade, mas também ao perigo. E um outro problema se revela ainda mais imediato: encontrar o rebelde infiltrado no pequeno grupo que estava sitiado e estava aproveitando da confusão para matar um a um os sobreviventes. Quem seria o assasino? Quem seria a próxima vítima? Será que eles conseguiriam escapar? A revolta seria controlada? E a cantora se encantaria pelo príncipe? As perguntas vão te acompanhar por toda a leitura. Afinal de contas, a autora é especialista em suspense, intriga e amor...

- Claro que com cinco irmãos para ajudá-lo e algumas dicas espalhadas pelo caminho de que cada um tem um talento diferente que é usado em benefício do país (e que, em caso de necessidade, retomam a Irmandade da Coroa e partem para a luta!), meus três neurônios não precisaram de mais esforços para entender que havia mais histórias e que tinha encontrado, de novo, algum pedaço de série... Bastou pesquisar no Google e pronto: o site oficial de Dana Marton resolveu o problema. A autora tem uma parte  dedicada ao reino de Váltria, explicando onde fica, destaques turísticos e apresentando a rainha e os príncipes. A parte que nos interessa: dos seis livros previstos, quatro já foram lançados em Inglês e dois em Português!

Série Defendendo a Coroa (segundo o site Fantastic Fiction, é o nome da série)

Príncipe Benedek: Royal Protocol – A Lei da Tentação.

Príncipe Miklos: Saved by the monarch (2009) – publicada em outubro pela Harlequin: Casamento Real, Paixão Real – Dana Marton – Harlequin Special 29 (Corações Soberanos)

Príncipe Istvan:
Royal Captive (2010) – ainda não publicada no Brasil

Príncipe Lazlo (gêmeo de Benedek):
Stranded with the prince (2010) – ainda não publicada no Brasil

Faltam serem lançados lá fora, os livros do Príncipe Regente Arpad e do príncipe Janos.

E como o Literatura de Mulherzinha é justo, não pense em culpar a Harlequin por lançar um livro que, cronologicamente, seria o segundo da série (em uma cena, já se comenta que o príncipe Miklos está casado e com filhos e que já houve outra tentativa de golpe no país, que preocupara a mãe deles e os fizera retomar a Irmandade da Coroa para combater os rebeldes). No entanto, esta ordem aí em cima é a ordem lançada lá fora. Ou você espera sair todos para comprar e ler na ordem, ou ignora cronologia, reza para a memória estar boa e lê na ordem que sair.

Ah, claro, as capas original e brasileira são só um bônus para quem tiver em dúvida.



Afinal, repararam como os castiçais são lindos e dão um clima romântico à cena? ;D

Bacci!!!

Beta
Reações:

5 comentários :

  1. Castiçais?!
    ih não tinha nem notado kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Oi Beta!
    Gostei da resenha, o livro parece muito bom *-*
    Mas, assim como a Carol comentou, também não tinha reparado nos castiçais... ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Beta,

    Só você prá reparar em castiçais numa hora dessas!!!! kkkkkkk

    O livro do príncipe Miklos tá aqui em casa. Espera que ele logo logo chega aí, poupe os joelhos!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Aquela capa brasileira ficou muito melhor, pois esse gatão loiro-castanho-dourado ficou em evidência promissora. Porém sou outra que não reparou em castiçal algum, sequer em candelabro, a não ser para confirmar depois de comentado - e olha que eu sou detalhista !!! ^^


    Minha felicidade de hoje: "Reynold De Burgh - O Cavaleiro Negro", de Deborah Simmons, foi publicado, estando pelas bancas de São Paulo (e pelas minhas mãos !!!). Um de seus exemplares tornou-se minha propriedade ontem à noite, às 19:20 de 20/nov, hihihi !!! Um feriado feliz e produtivo !!! ^^

    ResponderExcluir
  5. Oi Beta!

    Ainda não li nenhum deles!!!

    Beijos

    ResponderExcluir