domingo, outubro 24, 2010

Magia, feitiço e encantamento! E amor! Estes são os temas das três histórias publicadas nestes livros. Elas não têm ligação entre si, mas prometem prender a sua atenção até o fim...
Vejam o que eu achei...

Enfeitiçados – Maggie Shayne – Bianca Romance Místico 877
(Bewitched, Bothered and Bewildered – 2005 – The Berkley Publishing Group)

1a. história: Feitiço de amor
Personagens: Aurora Sortilege e Nathan McBride

Estava previsto: Aurora e Nathan deveriam se casar e ter uma filha. Só havia um problema: ele a considerava esquisita demais e ela o detestava desde a infância. Com um agravante: ele deveria continuar virgem até a primeira vez deles – detalhe que ele ignorava. Mas nada como ter três tias bruxas (ou malucas, se você considerar a opinião alheia) para trabalhar de forma atuante para que, no fim, tudo desse certo – ou quase, porque faltava um último probleminha a ser contornado: Nathan e Aurora saberem a verdade...

2ª. História: Um Mosqueteiro ao Luar
Personagens: Mary Catherine Hammersmith e Alexandre

Mary Catherine estava encrencada – tinha uma poderosa evidência contra um empresário da cidade, que estava negociando com mafiosos. E ele sabia disso e queria tirá-la do caminho. Ela não acreditava em magia, mas não custava ler umas palavrinhas do livro da tia maluca dela que dizia ser bruxa... E voilá, eis Alexandre, um mosqueteiro do rei, em carne, osso e charme, prontinho para lutar para mantê-la protegida! Agora, a investigadora tinha que derrotar os mafiosos, não pular em cima do mosqueteiro e ainda enviá-lo de volta para o tempo dele...

3ª. História: O Poço dos Desejos
Personagens: Emily Hawkins e Jack McCain

Jack detestava trabalhar e, quando criança, jurara ganhar dinheiro sem ter que fazer força. E anos depois, isso colocou a vida dele em risco: jurado de morte pelos ladrões de quem roubara e perseguido pela polícia que queria usá-lo como informante. Para fugir de ambos, ele prometera se regenerar – um poço apareceu à sua frente e ele nem hesitou em pular. Para cair no século XIX, onde ainda estava preso, mas tinha uma chance de redenção: aceitar um casamento de conveniência com uma viúva e cuidar do bem-estar dela, das crianças e das terras, que estavam ameaçadas de serem tomadas pelo banco. Segundo o sortilégio, se ele cumprisse a promessa, o poço apareceria de volta para resgatá-lo, mas será que Jack aceitaria trabalhar para voltar para casa?

Comentários:

- Bem devo mencionar que a escolha das histórias favoritas deve-se a fatores puramente emocionais e afetivos e relacionados à minha infância/adolescência.

- A primeira história, Feitiço de Amor, faz referência ao conto de fadas A Bela Adormecida (e ao balé de Tchaikovsky, que eu amo de paixão!!!): da onde vieram os nomes das personagens Aurora e as tias Flora, Fauna e Merriweather. As tramóias das bruxas para manter a virgindade de Nathan são hilárias e os encontros e desencontros entre Nathan e Aurora foram bem estruturados para que a gente realmente acreditasse no “eles foram da antipatia ao amor”. Então, confesso, realmente me diverti com esta história e fiquei chateada quando ela acabou... XD

- A segunda história, Um Mosqueteiro ao Luar, como deixa bem claro, faz referência à famosa guarda do Rei da França, na época dos Luíses e que foi imortalizada pelas histórias de Alexandre Dumas. (Ok, momento tiete: eu amo as histórias dos Mosqueteiros. Já li o livro, tenho o livro e estou atrás de “Vinte Anos Depois” e do livro que tem “O Homem da Máscara de Ferro”). Então, aqui, já gamei no protagonista, um galante francês, mosqueteiro do rei, determinado a proteger a investigadora dos bandidos que a perseguem, mesmo que para isso ele tenha que lidar com as maluquices do mundo moderno.

- A terceira história, O Poço dos Desejos, se trata da redenção do protagonista: Jack McCain, o homem que queria ganhar dinheiro sem fazer força. Para salvar a vida, ele fez uma promessa e o poço mágico sobre o qual ouvira a avó falar quando era criança apareceu para salva-lo. Só que ele viajou no tempo, voltou ao passado para aprender – e dar valor – ao trabalho, para evitar que uma família perdesse tudo o que lhe era mais caro para a cobiça de um homem. Digamos que ele demora um tempinho para entender a mensagem e perceber que só isso poderia levá-lo de volta para o seu tempo...

Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Beta, primeiro: Recebi os 10 livros hoje, e estou imensamente feliz, obrigada! Adorei todos, e como disse no e-mail, tu tem bom gosto!
    Tanto tu tem bom gosto que eu amei esse post e os livros indicados, e: QUERO TODOS! haha
    As resenhas ficaram otimas, e me deram vontade de ler (esse era o objetivo?) hehe! Vou ter que encontrá-los!
    Teu blog é muito bom, e tu é muito querida, pelos e-mails que trocamos!
    Obrigada :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito desses livros com temáticas sobrenaturais, mas não tão pesados... Esses parecem ser bem por aí. Ótima dica. Bjs.

    ResponderExcluir