sábado, julho 24, 2010

Ciao!!!

Finalmente, o último livro da série Os Sicilianos. Depois dos relacionamentos tumultuados de Cesare e Wolf, chega a hora de saber o que o destino reserva para Luc, o irmão caçula de Wolf. E não se iludam, por um momento achei que a autora tinha invertido o padrão da série... Mas logo logo dá para entender que não mudou tanto assim...

Sedutor e Ousado – Carole Mortimer– Harlequin Special 11 (Os Sicilianos volume 3)
(The sicilian’s innocent mistress – 2008 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Darci Wilde e Luc Gambrelli

Luc Gambrelli tinha que provar do mesmo veneno. Darci seria a pessoa que faria isso, para se vingar do sofrimento que ele impôs a sua amiga, Mellie. E ficou muito satisfeita quando viu que o plano funcionou. O famoso produtor de cinema não acreditou quando viu a irmã gêmea do diretor no lançamento do filme. E mais que depressa, tentou se aproximar dela e não ficou surpreso quando ela aceitou o convite para jantar em um lugar pecaminosamente caro... .No entanto, não demorou para que o plano perfeito de Darci fosse desmascarada e, para sua surpresa, Luc jurou inocência e teve a audácia de ficar indignado com ela... E agora ambos teriam que lidar com as conseqüências...

Comentários:

- Pois é, nesta história, a mocinha quer bancar a vingadora... só para dar o azar de ficar nas mãos (literalmente, em certo momento) no mocinho. Se você acha sicilianos vingadores tudo de bom, imagina um siciliano acusado injustamente de algo que não fez e desprezado publicamente. Ligue o senso de retaliação no modo turbo e aguarde o que virá...

- Os personagens de livros deveriam entender que vingança é uma arte para poucos – e que geralmente traz tantos problemas que fica óbvio por que o perdão compensa – menos estresse & afins. E no caso das mulheres, só serve para ficar em desvantagem perante o mocinho ofendido que exige alguma retaliação. No caso deste livro, não é necessário explicar o que ambos vão terminar fazendo (apesar da diferença ser o “onde”).

- Darci é uma boa pessoa, uma médica residente que quer o melhor para tudo e para todos. Quando soube do infortúnio amoroso de uma de suas melhores amigas e teve a chance de desforra, não pensou duas vezes. Por isso, cruzou o caminho de Luc Gambrelli, o que mudaria a sua vida e a dele para sempre.

- Particularmente considerei que foi um desfecho satisfatório para a série da Carole Mortimer, apesar de não ser o meu livro favorito da série (ainda prefiro o megasupermico do Cesare “ops, julguei e agi muito errado com a Robin” na primeira história) e de partir de uma premissa diferente dos outros dois: no início, o Gambrelli da vez é a vítima (mesmo que ele seja tão vulnerável quanto um pitbull com fome), mesmo que em pouco tempo ele tenha o poder para reverter o jogo. Ah, claro, para quem sentia saudade, os casais das histórias anteriores aparecem aqui, como provas claras e evidentes de que “a maldição Gambrelli” parece ruim, mas não é tão horrível assim. Na verdade, depois que todos eles provaram, adoraram a idéia e estão disposto a povoar o mundo de pequenos Gambrellinhos que, daqui a uns 30 anos, estarão tocando terror em corações desavisados por aí... E segue a vida...

Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário