sábado, maio 08, 2010

Odeio essas minhas cismas... Cismo com canadense, trato de catar todos os livros com canadenses no sebo. Nem preciso falar das cismas eternas com italianos e gregos. E atualmente estou na fase espanhola da minha vida (sim, a turma do MSN já sabe o nome dos culpados de cor e meu pc está superlotado de lembretes XD) – tanto que até comecei a fazer um curso para aprender a língua (aliás, acabo de me lembrar que tenho tarefa de casa para fazer ^^ Sim, é muito melhor que ocupar o tempo com a novela-estresse do Mestrado). Pois é, como minha cisma mais recente, eis mais um livro com protagonista espanhol no Literatura de Mulherzinha!!!

Uma vez mais – Kim Lawrence – Jéssica 91
(Santiago’s love-child – 2005 – Mills & Boon Modern Romance)
Personagens: Lily Greer e Santiago Morais

Um romance de férias havia unido os destinos de Lily e Santiago numa praia da Espanha, quando ela curtia a rejeição do marido e Santiago deduziu que ela era viúva. Tempos depois eles se reencontram, Santiago descobre a verdade e decide castigá-la por ter sido mentirosa. O problema é que a verdade continua um conceito que abriga várias versões e Santiago teria que aprender a considerar outra opinião, além da dele. E para que surgisse um amor a partir da desconfiança, seria um longo caminho.

Comentários:

- Lily é confusa e está vivendo um período mais confuso ainda – ainda presa a um casamento agonizante, teve um relacionamento de verão (se é que dá para considerar assim) com um espanhol muito lindo a quem conhecera no hotel onde deveria estar com o marido, que desistiu da viagem e a deixou sozinha lá. Na volta, o casamento acabou, porque o marido finalmente tomou coragem em informar o que andava fazendo pelas costas dela (e posso dizer que o mínimo foi a traição). E passou por problemas muito sérios, para fazer qualquer pessoa “estruturada” pirar, imagina quem já estava fragilizada – e devo fazer uma menção honrosa, porque eu no lugar dela teria PIRADO mesmo. Ela ainda conseguiu segurar a barra e fingir muito bem...

- Por outro lado, Santiago achou que sabia tudo e que seria apenas um envolvimento sem riscos com uma viúva fragilizada. Mas a viúva não era viúva e primeiro a raiva e depois a culpa o colocam atrás dela, querendo tomar conta e consertar o que não tinha mais conserto, só recomeço. E a partir daí é que eles podem cuidar da própria história, pensando neles, não nos outros e no que aconteceu alheio a vontade de ambos. Não achei um livro ruim – e olha que fujo de histórias tristes – mas uma história que pode acontecer com qualquer um de nós – como superar a desconfiança e a tristeza para ser feliz...

Bacci!!!

Beta
Reações:

2 comentários :

  1. Oi! Li este livro faz tempo e fiquei com muita raiva do mocinho.

    ResponderExcluir
  2. É, Ili, pra variar, o mocinho é um mala insensível... Mas como já vi coisa pior, até que este se saiu bem... XD

    Bacci!!!

    ResponderExcluir