terça-feira, abril 27, 2010

Gêmeos de personalidades diferentes sempre rendem histórias... Em especial, quando um desavisado conhece um deles e ignora a existência do outro – permite a famigerada troca de personalidade, que, pode parecer uma boa idéia a princípio, mas causa ainda mais confusão quando descoberta.

Este livro trata disso: a irmã boazinha assume a personalidade da malvada pelo bem maior da sobrinha. Óbvio que as coisas vão complicar e já podem imaginar em quem a corda arrebenta...

Romance Proibido – Melanie Milburne – Paixão 116 (Chantagem de Amor)
(Bought for the marriagem bed – 2006 – Mills & Boon Modern)
Personagens: Nina Selbourne e Marc Marcello

O plano de Nadia fracassara e, agora, Nina lidava com as conseqüências: cuidar da sobrinha Geórgia, que ela amava e a mãe nem ligava. O problema é que o tio da criança descobriu e exigia a guarda da menina. Afinal de contas, uma mãe desonesta, sem moral e sem ética nunca seria capaz de educar uma criança. Só que ele confunde Nadia com Nina, que não está disposta a ficar longe da sobrinha, e exige o casamento como forma de entregar a criança à família paterna. No entanto, as chances desta mentira durar muito tempo são mínimas e Nina corre contra o tempo para evitar perder aqueles que ela ama e quem passou a amar.

Comentários:

- Elementos presentes na história: preconceito, vingança, patinho feio. Apesar de serem gêmeas idênticas, as personalidades de Nadia e Nina eram adversas ao extremo. Enquanto Nadia queria glamour sem esforço (e por isso armou o golpe do baú em um milionário, que acabou fracassando), Nina era mais caseira. Enquanto Nadia odiou cada instante da gravidez, Nina amava a chance de cuidar da sobrinha. Enquanto Nadia não tinha paciência com a filha e a agredia, Nina era só carinhos. Enquanto Nadia pretendia vender o bebê por uma fortuna para um casal sem filhos, Nina estava disposta a lutar com unhas e dentes para manter a pequena Georgia ao seu lado.

- E quando Nadia parte rumo ao sonho da riqueza sem esforço, Nina fica cuidando de Geórgia – e é encontrada por Marc Marcello, que exigia a guarda da criança porque o pai deseja que a família crie a filha de André, o recém-falecido herdeiro favorito. Ele se vê numa enrascada quando Nina (fingindo ser Nadia) exige o casamento para compartilhar a guarda do bebê. A situação se agrava quando ele percebe que deseja a mulher a quem a família culpa pela morte do irmão (e da noiva com quem ele deveria ter se casado). E como os homens nos livros são obtusos e só enxergam o que querem, ele até sente que ela é bem diferente da forma como Andre a havia descrito, mas nunca passou para a sua mente que ela não fosse quem dizia ser (apesar de outro personagem da trama desconfiar disso e não manifestar a desconfiança).

- Nem vou adiantar mais detalhes da história, mas vocês podem imaginar que a mentira dura o tempo suficiente de Nadia perceber que pode lucrar mais se tirar a irmã do caminho e tentar passar como a boazinha da história.

- Eu gostei do livro, porque temos uma heroína abnegada e patinho feio que termina recompensada (apesar de eu achar que ela merecia muito mais), porque o herói percebe o tamanho das bobagens e injustiças que cometeu com ela. Fica a dica e quem ler, deixe o comentário!

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Oi, Beta!

    Gosto desta autora, apesar de às vezes ela escorregar um pouquinho.

    Este livro também é muito bom, mas concordo com você que o final poderia ser melhor.

    Principalmente porque o meu lado escorpiano ficou imaginando uma série de castigos medievais para aquela irmã das trevas. O que era aquilo?! O pior é que está cheio de gente assim no mundo...

    Recomendo a leuitura a todos!

    Beijo,

    ResponderExcluir