sábado, outubro 24, 2009

Sim, sou leitora fanática. Sim, tenho livros numa pilha no PC, ao lado do travesseiro e dentro da maioria das minhas bolsas e mochilas. Mas há histórias que nem eu consigo ler, ou terminar de ler ou ter paciência para escrever a resenha. E eles se tornam "vitalícios" na pilha - muda tudo ao redor, menos os distintos. E já está virando piada para quem me conhece - quando conseguirei me livrar de alguns deles?

Por isso, decidi compartilhar essa novelinha particular. Vai que o incentivo de vocês me ajuda a criar ânimo/coragem/vergonha na cara (ou todas as alternativas anteriores) para exorcizar essa turma de vez.

Então, eis aqui os "carmas" do LdM:

1. O Senhor dos Anéis - J.R.R. Tolkien:

O motivo - Sim, fui influenciada pelo filme, fiz uma aposta com a minha irmã e ganhei o volume único. Engrenei na leitura com apetite de leoa porque sabia que o livro traria muito mais que o roteiro dos filmes de Peter Jackson (que são de um cuidado extremo com a história).

Tudo ia bem até que... - Sam, Frodo e Gollum chegam ao pântano (livro 2: As Duas Torres). O autor é muito detalhista. Na verdade, EXTREMAMENTE detalhista: você é informado de cada detalhe da trama, dos micros aos enormes. E a travessia do pântano não.tem.fim. Eu li, li, li, li e li e eles não chegaram nem no meio do caminho. Simplesmente cansei. Fechei o livro e pedi que eles me avisassem quando saíssem do pântano para eu retomar a leitura.

E o futuro? - Uns 7 anos depois, não recebi recado ainda. C'est la vie. Se tivessem levado Sauron para o pântano, o teriam matado de tédio...

2. Comer, Rezar, Amar - Elizabeth Gilbert

O motivo - Foi indicação da Miriam, companheira nas aulas de Italiano. Virou Bestseller, se tornará filme e está na lista dos favoritos das estrelas (Julia Roberts será protagonista do filme porque se apaixonou pela história).

Tudo ia bem até que... - a protagonista foi rezar na Índia e teve outro momento "super-emo minha vida nada vale'. Aí baixou a revolta com a autora-personagem (que já vinha crescendo nas páginas anteriores) e o livro foi colocado na gaveta ao lado dos livros sobre Futebol e o Botafogo.

E o futuro? - Como estou mexendo com meus livros sobre Futebol e Botafogo praticamente todo dia, Comer, Rezar, Amar pode ser retomado a qualquer momento.

3. Febre de Bola, Nick Hornby

O motivo - Adoro Nick Hornby, escritor inglês, que tem mão para fazer "bestsellers" como eu para tomar Pepsi ou Fanta Uva (se deixar, não paro). O livro já inspirou dois filmes: Febre de Bola com Colin Firth e Amor em Jogo  com Drew Barrymore e Jimmy Fallon: o autor narra a própria história, do elo que criou com o pai vendo os jogos de futebol e, por isso, se tornou um torcedor fanático pelo Arsenal.

Tudo ia bem até que... - guardadas as devidas e óbvias diferenças (ele é um homem inglês fã do Arsenal e eu sou uma mulher brasileira fã do Botafogo), eu fiquei com uma terrível sensação de "já vi essa história antes". Por isso, dei um tempo.

E o futuro? - Está na mesma gaveta do Comer, Rezar, Amar pode ser retomado antes (porque também serve para o Mestrado).

4. Harry Potter, a saga - J.K. Rowling

O motivo - Uma matéria de jornal me chamou a atenção para o 2o. livro da série. Ganhei o 1o., comprei o 2o. e o 3o. e passei a sofrer aguardando os demais com uma disciplina militar para não cair na tentação de ler spoilers na internet. No final das contas, tenho os livros, os livros que explicam os livros, os livros que avaliam as explicações dos livros, os livros citados nos livros (só falta "Os Contos de Beedle, o Bardo") e todos os DVDs lançados até agora e vi todos os filmes lançados no cinema.

Tudo ia bem até que... - Eu me deparei com um impasse. O que eu poderia dizer que ainda não foi dito? Que não parecesse mais do mesmo? Que não fosse chilique de uma fã descarada que nem tem mais a desculpa da adolescência para usar...

E o futuro? - Quando resolver o impasse, as resenhas aparecerão aqui.

5. Família Fortune - autoras variadas

O motivo - Definitivamente, essa série não é um "carma", é a "assombração-mor" do LdM. Qualquer dia, vou sonhar com os livros me perseguindo, fazendo a coreografia de Thriller. Já começou destinada a encrencar, primeiro pela dificuldade em achar os livros, foi um custo até fechar os 12 primeiros (1/3 da série) porque eu só queria ler quando tivesse fechado a primeira parte da história.

Tudo ia bem até que... - bem, sendo sincera, tudo não ia tãããããããããããããããããããããããããooo bem assim, porque a série não me cativou. E vocês sabem como fico quando UM livro me estressa, imagina DOZE. Aí veio a novela-dramalhão do Mestrado no ano passado, eu me esqueci dos livros que tinha lido aos troncos e barrancos. Se quiser que algo apareça aqui no LdM, terei que reler todos os livros *lágrimas*

E o futuro? - Só Deus sabe quando isso acontecerá, mas uma coisa é certa: prevejo queima de fogos, confete e serpentina quando retorná-los para o sebo...

6. A saga de Camelot, Quinn Taylor Evans

O motivo - Eu gosto da história de Camelot. Não sou especialista, mas li todos os volumes de "As Brumas de Avalon" (numa grande façanha, li todos, na ordem correta, através do empréstimo na biblioteca pública). Portanto, uma série bem escrita chamaria a minha atenção como a linha "pizza quatro queijos" no cardápio.

Tudo ia bem até que... - Bem, de novo, não ia... A NC lançou a série fora da ordem (normal...) e, à medida que eu tentava ler, as coisas não faziam sentido porque um livro depende do outro e havia referências às histórias anteriores. Para piorar, eu não conseguia achar o "Filha do Fogo" de jeito nenhum (que ganhou uma vasta série de apelidos muito malcriados que, por educação, não atrevo a repetir aqui). Só neste ano, fechei toda a série.

E o futuro? - Como diz o ditado, "foi pra roça, perdeu a carroça". Os livros estão separados no armário, ainda fora da ordem cronológica, aguardando tempo/paciência/disposição para que eu leia e complete o que está aqui.

7. A menina que roubava livros, Markus Zusak

O motivo - Caso de amor à primeira vista que virou platonismo. Apaixonei pelo título, encantei pelo resumo e consegui emprestado com uma amiga no ano passado.

Tudo ia bem até que... - veio a saga do Mestrado e eu deixei o livro no local mais visível - a famosa pilha do computador - prometendo que seria lido quando tivesse o tempo que ele merecia. Um ano depois, cá estou eu, às voltas com outra saga do Mestrado, e ainda nem abri o livro!

E o futuro? - Já me desculpei com minha amiga, porque tive que ser cara de pau e prorrogar o empréstimo por tempo indeterminado.


E aí, o que acharam? Desta turma, qual que eu deveria priorizar assim que desafogar do Mestrado? De sua opinião. Estou planejando a "Post-Tona Jingle Bells Rock". Vai que exorcizo alguns destes "carmas" bons ou não lá?

Bacci!!!

Beta
Reações:

12 comentários :

  1. Senhor dos Anéis tb foi meu carma! Empaquei no começo do livro 1, emprestei, e só depois de muito tempo que a moça me devolveu resolvi pegar firme! Consegui ler todo e desde então já reli 2 vezes. Mas reconheço que Tolkien pode ser bem chatinho...

    A menina que roubava livros me deu um banho no começo sabe? Não simpatizei com o tom da narrativa, mas depois de insistir um pouquinho, voltar uns paragráfos, ler de novo algumas passagens, engrenei e li praticamente numa sentada! Vale a pena, principalmente quem gosta de histórias ambientadas na 2ª Guerra.

    Harry Potter tô guardando o último pra ler mais perto do lançamento do filme, mas os outros eu tinha que racionar as páginas pra não acabar muito rápido hehehe...

    ResponderExcluir
  2. Senhor dos Anéis eu nem tentei... Já a menina que roubava livros, nossa! É maravilhoso! Gosto muito de Nick Hornby, mas nunca li "fever pitch".
    Quem gosta muito de livros sempre se vê super empacada com alguns... tenho um monte de livros pra ler em casa e, sempre que termino um peno pra decidir qual o próximo a ser lido... enfim... fora os que a gente desiste no meio mas espera um dia reunir força de vontade pra terminar!

    Adoro seu blog mas é a primeira vez que comento.
    O nome que tá aí é bem estranho, mas... projetos de blog em grupo sempre dão uma pequena confusão hehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nunca tive interesse em ler Senhor do Aneis( pra mim os filmes já bastam)...Li só um livro de harry Potter, esse penúltimo e adoreeeei! Os filmes são bons, mas o livro..aff!!
    Meu pedido seria q vc terminasse A menina que roubava livros! Pq tb começei a ler e por motivos da facul, tb parei... Queira saber se vale a pena voltar a ler e ir até o final...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. A saga de Camelot, Quinn Taylor Evans

    Esta série de livros precisa ser lida com muuuuuuirta calma porque a autora faz uma verdadeira salada com a história. Mas vale a pena apesar de complicada.
    Continua vai ! Rei Arthur, Merlin e cenas quentes são uma combinação irresistível.
    Estou pensando em ler outra vez para postar no meu blog.
    Beijos de fada.
    Luka.

    ResponderExcluir
  5. Ai ai, conheço bem o que é tentar ler Senhor do Anéis... estava como vc, super emplogada, até o momento em que a extrema eficiência do sr.Tolkien me tirar a paciência com as descrições dele... desde então eu o leio intercalado com outros livros. Ja estou na quase no fim do livro 1!
    Ja A Menina que Roubava Livros tbm me encantou de cara, tanto pelo título como pela capa [liiinda], estranhei um pouco no início, mas é simplesmente apaixonantee! Vale muito a pena!
    Forçaaa pra vc se livrar logo dos seus carmas!!

    ResponderExcluir
  6. Faz tempo q quero ler "A menina que roubava livros", mas como tenho a minha saga, a do vestibular, tive q para de ler (ou pelo menos nao ler tanto quanto eu lia).
    o meu voto é o livro: "A menina que roubava livros".
    Leia por mim
    huahuahuahua

    ResponderExcluir
  7. ahshuhauhusa, estou APAIXONADA por esse post!!!
    aliás, quando li comer, rezar, amar também quase parei na índia. acho q autora escreve como se TODO MUNDO quisesse uma revelação espiritual ou chegar no nirvana, ignorando o fato de metade da população mundial (e por conseguencia, seus leitores) não acreditar nessa baboseira toda (me inclúi aí, com o maior prazer). mas respirei fundo, aguentei todas as zilhares de descrições de uma luz que entrava por ela (estupro celestial? sendo atingida por um raio?, minha mente gritava com sarcasmo pagã) e conseguir passar tudo isso! no final, compensa. aliás, vc faz italiano? MEU SONHOOO! (por isso q fiquei tão apaixonada por C,R,A; a gente ignora o q vem depois da itália, hehe)

    meu carma absoluto é Lolita, de nobokov. eu tenho uma relação de amor e ódio com esse livro, indo de paixão a repulsa ao mesmo tempo, dando uma paradinha para odiar a cada fase o protagonista do livro. porém, o amor a Lolita (junto com a pena, não vou mentir!) não me deixa simplesmente deixar o livro de lado e não pegar mais.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. opa, Nabokov*, tinha escrito errado :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Beta, assim como você tenho meus livros carmas. A cabana é um deles comprei mas não li. Outro foi as duas vidas de adrieene. Sobre os seus carmas li e amei "Comer, rezar e amar", talvez porque veio num momento especial da minha vida (separação assim como a autora)Ele me inspirou a ter o meu ano sabático onde só fiz o que gostava e foi aí que redescobri meus prazeres, principalmente a leitura. Adoro seu estilo de escrever.

    ResponderExcluir
  11. Tenho todos ds Harry Potter inclusive Os Contos de Beedle ,O Bardo.Eu chorei no final da serie,e ainda estou esperando outroo,não sei porque!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Olá Beta, eu sempre dou uma passadinha aqui pra conferir o teu blog. Esse post me rendeu bastante gargalhadas, principalmente a parte dos Senhor do Anéis. Meu namorado me emprestou o primeiro da série e durante um ano ou até mais que eu tive a cara de pau de ficar com o livro, só li uma página.

    Simplesmente, adorei!

    Um xero.

    ResponderExcluir