domingo, agosto 23, 2009

Ok, eu confesso!!! Estou numa fase terrivelmente de fraqueza por (alguns) espanhóis e algumas cidades. Apesar da Itália continuar liderando o ranking, com larga vantagem, ando muito curiosa. A culpa é do futebol. Meu elo com Madri é branco - e tem um português marrento a contragosto nele. E de uns tempos pra cá, 'garrei um amor por Valencia, culpa de pessoinha e passarinho fofos com nomes iguais. Ah, já que é para confessar, tenho amor também pela região de Andaluzia, em especial, Sevilha (sim, o motivo tem nome e sobrenome e joga bola). Aí quando vi um Bianca florzinha com este nome, não tive alternativa - comprei!

Romance em Sevilha - Rebecca Stratton - Bianca 179
(The Golden Spaniard - 1982 - Mills & Boon)
personagens: Kristie Roderigo e Manuel Montevio

Kristie queria se firmar como repórter e durante as férias encontrou uma chance única: entrevistar o famoso piloto espanhol, Manuel Montevio, que abandonou as pistas sem dar satisfação a ninguém. Ela o localizou vivendo com um nome falso. Tentou se aproximar disfarçada e teve que engolir a humilhação de ver seu plano falhar. Como castigo, "O Espanhol Dourado" a obrigou a trabalhar para ele, para aplicar-lhe uma lição que ele considerava que os jornalistas mereciam. No entanto, a proximidade vai revelar muito mais do que ele queria e os dois serão obrigados a se verem de verdade... E perceberem que da antipatia dele e da ambição dela, pode nascer algo diferente e profundo...

Comentários:

- Ok, confesso, comprei pelo título. Tenho que curar essa minha obsessão pela Andaluzia. Sério. Sou uma alma de Florença perdida nas Alterosas.

- Ah, também confesso, comprei porque percebi que a protagonista era jornalista. E, não posso deixar de fora das confissões, comprei porque o protagonista era um ex-piloto de Fórmula 1.

- Meu comentário: romance típico do início dos anos 80 - mocinha indefesa que quer provar que é independente, mete os pés pelas mãos, se vê em posição submissa ao herói e com medo de ceder à tentação e perder a honra e a virtude para ele. Herói machucado que quer preservar sua intimidade e não está disposto a sutilezas e meias palavras para se defender...

- Outro herói grosseiro com jornalista não dá. Pode ser da Andaluzia, do tororó, da esquina, do quiprocó, mais um que enche a boca para dizer que "odeia gente dessa laia" é um sério passo para que eu olhe torto para ele até a última página e depois de ler. Olho o livro e começo a rosnar. Não é bom sinal.

Bacci!

Beta
Reações:

4 comentários :

  1. Imagine se o mocinho souber que os repórteres que o incomodavam nem precisam ser formados para isso no Brasil. :(

    "tenho amor também pela região de Andaluzia, em especial, Sevilha (sim, o motivo tem nome e sobrenome e joga bola)"
    Sergio Ramos? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Parece que todas as mocinhas dos anos 70/80 comiam o pão, mas as dos Bianca sofriam mais.

    ResponderExcluir
  2. Imagine se o mocinho souber que os repórteres que o incomodavam nem precisam ser formados para isso no Brasil. :( (2)

    E realmente... TODOS os mocinhos odeiam os jornalistas... eu sempre fico passada com isso.

    Estou fazendo uma listinha dos livros com jornalista que já tenho, quando eu terminar passo para você.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Lidy

    Imagine se o mocinho souber que os repórteres que o incomodavam nem precisam ser formados para isso no Brasil. :( (3)
    Talvez ele goste porque será entrevistado por uma famosidade qualquer...

    "tenho amor também pela região de Andaluzia, em especial, Sevilha (sim, o motivo tem nome e sobrenome e joga bola)"
    Sergio Ramos? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    :P
    Há vantagens em ser do país do Kaká, agora vai ser um tal de emissora querer passar do jogo do Real Madrid... \o/ Vou ter overdose dos meus espanhóis favoritos, seja de Sevilla, do País Basco ou de Móstoles!!! <3

    Parece que todas as mocinhas dos anos 70/80 comiam o pão, mas as dos Bianca sofriam mais.
    * se a gente achar um Bianca, dos anos 70/80 escrito pela Michelle Reid ou pela Lynne Graham aí teremos a mais sofredora das heroínas... affe

    ResponderExcluir
  4. Carol!

    E realmente... TODOS os mocinhos odeiam os jornalistas... eu sempre fico passada com isso.
    * Ninguém odeia banqueiro, político, policial, texas ranger. Só os jornalistas são a escória da humanidade... *irada*

    Estou fazendo uma listinha dos livros com jornalista que já tenho, quando eu terminar passo para você.
    * Ô, valeu! eu já tenho um post só sobre jornalistas, bom que será reforçado! ;D

    ResponderExcluir