domingo, março 15, 2009

Ciao!

Enquanto o LITERATURA DE MULHERZINHA aguarda que as resenhas sejam começadas (três em andamento) e finalizadas (nenhuma pronta de forma satisfatória), coloquei essa notícia por achá-la interessante. Eu, como criatura que sempre adorou uma biblioteca, gosto de qualquer iniciativa que atraia as pessoas - em especial, crianças e adolescentes - para este espaço. Harry Potter ou Crepúsculo podem abrir caminho para várias descobertas - falo por experiência própria, porque consegui muitos "achados" fuçando nas prateleiras (entre eles os quatro livros da parte mais conhecida da série Brumas de Avalon).

E, Lidy e amigos e amigas, comecei a escrever a resenha explicando por que Crepúsculo quase saiu voando da minha janela, como não gostei do que escrevi (ando com um bloqueio criativo horrível), não vou publicar agora.

Bacci

Beta

***

Fonte: UOL

09/03/2009 - 13h54
Governo de SP compra livros de "Harry Potter" para bibliotecas escolares
Da Redação*Em São Paulo

As bibliotecas e salas de leitura da rede estadual de educação de São Paulo vão receber exemplares das séries de "Harry Potter" e de "Crepúsculo", a partir do segundo semestre deste ano.Segundo a Secretaria Estadual da Educação, outros 220 títulos serão adquiridos para a leitura em 4.200 escolas de 5ª a 8ª série e de ensino médio - com um universo de 3,3 milhões de estudantes. A estimativa é adquirir 2 milhões de livros, com custo de R$ 19,3 milhões.

O novo acervo está dividido em três partes: auxílio ao currículo escolar, com obras que complementam o que é ensinado em sala de aula; gestão e avaliação, com clássicos da literatura mundial; despertar do interesse pela leitura, com os maiores sucessos para adolescentes.

Além das duas famosas séries literárias, as bibliotecas receberão livros como "Capitães de Areia", "O Mundo de Sofia", "O Pequeno Príncipe", "Crônicas de Uma Morte Anunciada"; "Ensaio sobre a Cegueira", "Os Cem Melhores Poemas Brasileiros do Século", "Melhores Crônicas de Manuel Bandeira" e "Nova Antologia Poética".

A seleção do novo acervo foi feita por educadores da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (Cenp). As 356 escolas que atendem somente alunos de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental irão receber juntas cerca de 80 mil exemplares. Já as 205 de ensino médio receberão um total de 56 mil livros. As escolas que atendem alunos de 5ª a 8ª e do Ensino Médio terão cerca de 1,8 milhão de livros. O restante será distribuído entre as 91 Diretorias de Ensino do Estado.Estudantes, professores e funcionários das escolas estaduais poderão retirar as obras do novo acervo, como empréstimo, não apenas para consulta na escola.

Novo modelo de sala de leitura

A pasta pretende mudar o conceito de salas de leitura das escolas estaduais. Estes ambientes devem ganhar um professor re-adaptado a cada oito horas diárias, garantindo a abertura em tempo integral aos alunos.A idéia é que já neste mês 500 escolas, de todo o Estado, estejam com suas salas de leitura modificadas e com os profissionais de "plantão", para abertura em abril.

Além do professor a promessa é que haja também um estagiário em cada sala de leitura.As novas salas de leitura devem ganhar também até dois computadores (dependendo do tamanho da sala), estantes específicas para livros, novo acervo de leitura, ventiladores, mesas de leitura e mesas de leitura para alunos com cadeiras de rodas. O projeto pretende atingir toda a rede até o fim de 2010.
* Com informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Educação
Reações:

Um comentário :

  1. "E, Lidy e amigos e amigas, comecei a escrever a resenha explicando por que Crepúsculo quase saiu voando da minha janela, como não gostei do que escrevi (ando com um bloqueio criativo horrível), não vou publicar agora."
    buááááááááá

    Beta, se você continuar nessa maldade, vou chamar minha mãe escorpiana para ter uma conversinha com você... snif

    E também tenho minhas teorias a respeito de Edward Cullen quase ter aprendido a voar. =D E envolve uma tal de Alice, sabe? hehehe

    ResponderExcluir